249_motocheckup_aimg_7704

Abraciclo traça o perfil do motociclista de Brasília

Durante o Maio Amarelo a Abraciclo – Associação Brasileira dos Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares – promoveu ações pela segurança no trânsito. Uma delas foi a 24ª edição do MotoCheck-Up, em Brasília (DF) e outra foi a blitz educativa para motociclistas e ciclistas que se repetiu em diversos pontos considerados críticos da cidade de São Paulo.

Abraciclo: saiba mais

Em Brasília, 1.112 motociclistas passaram pelo MotoCheck-Up e tiveram suas motos inspecionadas em 21 itens, receberam instruções sobre pilotagem defensiva, ganharam vales para troca de óleo e responderam à uma pesquisa bem abrangente feita pela Abraciclo. Veja a seguir as conclusões tiradas a partir desta amostra de 1.112 motociclistas de Brasília:

Uso da moto

  • 66,1% rodam mais de 100 km/dia
  • 36,7% rodam mais de 200 km/dia
  • 52,2% trabalham como motofretistas
  • 7,6% são funcionários públicos
  • 26% usam a moto 2 horas/dia
  • 16,5% usam a moto 8 horas/dia
  • 12,7% usam a moto 12 horas/dia
  • 84% usam a moto como meio de transporte para o trabalho
  • 15% usam a moto para lazer
  • 1% usam a moto para ir e voltar à escola ou faculdade
  • 50% não costuma levar garupa

    Os motociclistas que participam do MotoCheck-Up ganham a verificação (e eventual correção) de 21 ítens da sua moto

    Os motociclistas que participam do MotoCheck-Up ganham a verificação (e eventual correção) de 21 ítens da sua moto

Habilitação (CNH)

  • 51% pilota há menos de 10 anos
  • 22% pilota há mais de 20 anos
  • 75% são habilitados nas categorias A/B
  • 17,1% são habilitados nas categorias A/D

Perfil pessoal

  • 97% são homens
  • 38,2% tem entre 26 e 35 anos
  • 32,6% tem entre 36 e 45 anos
  • 51% concluíram o ensino médio
  • 23,6% concluíram o curso superior
  • 50,9% são solteiros
  • 43,2% são casados
  • 5,95 são divorciados
  • 30% não tem filhos
  • 26,4% tem dois filhos
  • 26,2% tem um filho

    Empresas associadas à Abraciclo oferecem palestras sobre segurança e pilotagem defensiva durante o MotoCheck-Up

    Empresas associadas à Abraciclo oferecem palestras sobre segurança e pilotagem defensiva durante o MotoCheck-Up

Segurança

  • 52% já sofreram acidentes
  • 56,7% usam jaqueta
  • 43,1% vestem luvas
  • 39,4% calçam botas
  • 4,7% se protegem com joelheiras
  • 100% usam capacete

As motos

  • 69% das motos tem motores de 51 a 163 cm³
  • 17,2% das motos tem motores de 161 a 450 cm³
  • 8,6% das motos tem motores de 451 a 800 cm³
  • 4,8% das motos tem motores maiores que 800 cm³
  • 6,8% das motos tinham o freio dianteiro desgastado
  • 5,9% das motos precisavam não tinham luz de freio
  • 5,3% das motos tinham o freio traseiro desgastado
  • 4,8% das motos tinham o sistema de transmissão e o pneu traseiro desgastados

Nas 24 edições do MotoCheck-Up realizadas de 2008 a 2019 pela Abraciclo, foram atendidos 50.931 motociclistas de várias cidades brasileiras. No levantamento acumulado das 24 edições, os cinco itens que apresentaram mais desgastes foram, pela ordem:

  1. Freio traseiro (28,4%)
  2. Freio dianteiro (23,4%)
  3. Sistema de transmissão (22,9%)
  4. Luz do freio (21,9%)
  5. Amortecedor traseiro (18,2%)

separadorabraciclo



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.