p90296105_highres_bmw-f-850-gs-03-2018

Chegaram as novas BMW F 750 GS e F 850 GS

As novas BMW F 750 GS e F 850 GS já estão nas lojas e trazem algumas mudanças importantes em relação às duas motos anteriores, F 800 GS e F 700 GS. As duas novas motos seguem com a mesma proposta de atender a um motociclista exigente e que deseja ter disponível uma moto com bom pacote de tecnologia, desempenho adequado para a cidade e na estrada e também para as aventuras mais ousadas por maus caminhos.

A produção das duas motos na fábrica da BMW Motorrad em Manaus (AM) começou em setembro e as primeiras unidades estão disponíveis para compra na rede de concessionárias autorizadas BMW Motorrad no país. O preço público sugerido de ambas as motos continua igual: a F 750 GS tem preço sugerido de R$40.950, enquanto a F 850 GS é oferecida a partir de R$50.950.

BMW F 850 GS: novo motor e menos potência

BMW F 850 GS: novo motor e menos potência

BMW F 850 GS: novo motor, menos potência?

Entre as mudanças importantes estão as que ocorreram no motor que é compartilhado pelas duas motos, mas com diferenças de torque e potência determinados pelo ajuste eletrônico de cada uma. Este novo novo motor tem capacidade cúbica de 853 cm³, dois cilindros, quatro tempos e oito válvulas. Na F 750 GS a potência é de 77 cv a 6.250 rpm e o torque chega a 8,8 kgf.m também a 6.250 rpm. Já na F 850 GS a potência vai a 80 cv a 6.250 rpm e o torque alcança 9,2 kgf.m a 6.250 rpm. Os números de potência, aliás, são objeto de alguma controvérsia, sobretudo o da potência declarada da BMW F 850 GS.

Note na tabela abaixo nesta reportagem que na F 750 GS a potência e torque são um pouco maiores em relação ao modelo anterior (F 700 GS), o que é normal, já que houve um pequeno acréscimo de volume no motor. No entanto, na F 850 GS a potência é muito inferior à antecessora (F 800 GS), além de ser também bem menor que o dado divulgado pela BMW na mesma moto apresentada na Europa. No comunicado oficial da BMW, a explicação limitou-se a esclarecer que “(…) a rotação do motor para alcançar a potência e o torque máximos nas duas motos é atingido à mesma rotação do motor – 6.250 rpm – para atender à legislação Brasileira de emissões de ruído e gases poluentes (…)”.

Apesar da BMW fazer um esforço para deixar claro que esse fator não exerce influência significativa no desempenho da moto, não é razoável acreditar que 15 cv não fazem diferença. Conversamos com um dos colaboradores de Motonline, Ricardo Kadota, que tem uma BMW F 800 GS e participou do test-ride para clientes que a BMW promoveu. Ricardo relatou que em conversa sobre esse e outros assuntos com os promotores que lá estavam, a BMW quer deixar bem claro aos consumidores que as duas motos tem um novo motor e que entrega mais em todos os regimes de rotação, sobretudo em retomadas e quando se busca a elasticidade do motor.

“Eu senti que a nova F 850 GS oferece mais torque, sobretudo em baixas rotações, mas a potência não senti muita diferença. Na palestra que fizeram antes de andar na moto explicaram que a nova moto vem sem o cavalete central por causa do aumento da coroa em 3 dentes” contou Ricardo. “O que realmente agregou muito na nova moto foi o pacote eletrônico mais completo e que é equiparável às motos concorrentes”, complementou.

Sobre a potência da F 850 GS, pedimos para conversar com alguém da área técnica da BMW Motorrad no Brasil, mas infelizmente não foi possível e a empresa limitou -se a enviar por email, através da assessoria de imprensa, a mesma informação que estava no comunicado oficial. Assim, ficamos sem a explicação técnica sobre essa significativa perda de potência da F 850 GS e também porque o mesmo não ocorreu na irmã “menor” F 750 GS. Veja na tabela a seguir as principais e mais importantes mudanças nas duas motos em relação às suas antecessoras e à moto apresentada na Europa, no caso da F 850 GS. Confira:

Principais mudanças nas novas BMW

Modelo

F 700 GS

 F 750 GS

F 800 GS

F 850 GS

Potência 75 cv 77 cv 85 cv 80 cv (95 cv na Europa)
Torque 7,7 kgf.m 8,6 kgf.m 8,3 kgf.m 9,4 kgf.m
Caster 64 graus 63 graus 64 graus 62 graus
Trail 95,3 mm 104,5 mm 117 mm 126 mm
Entre-eixos 1557 mm 1559 mm 1573 mm 1593 mm

BMW F 750 GS e F 850 GS: novo chassi

O chassi de aço recebeu pequenas melhorias para aumentar a rigidez e diminuir a torção, principalmente em uso mais intenso e com plena carga, algo plenamente justificado pois se tratam de motos aventureiras. Essas mudanças no chassi trouxeram alterações também nas medidas das duas motos, o que acabou por torná-las mais rápidas no manejo. O entre-eixos e o ângulo de caster aumentaram, mas o trail diminuiu, o que resultou em uma ciclística mais ajustada que melhora o equilíbrio e dá mais agilidade às motos.

Com o motor fazendo parte da estrutura, o chassi tem sua parte principal em tubos de aço de sessão retangular e um sub-chassi que suporta a parte traseira da moto, construído em uma combinação de tubos quadrados e redondos, reforçando a estrutura. Já o visual das duas motos recebeu atenção da marca germânica e foi reformulado, procurando dar o mesmo ar de modernidade, mas com detalhes que inspiram mais força e agressividade. A identidade das novas motos agora é dado pelo desenho do farol de LED na dianteira, reforçada pelos novos grafismos que trazem o nome da família bem clara estampada na parte frontal das motos.

Na F 750 GS a lista de equipamentos aumentou e agora inclui entre outros itens acelerador eletrônico (Ride-by-Wire), controle automático de estabilidade (ASC), ajustes de pré-carga e retorno do amortecedor traseiro, computador de bordo e o módulo que permite mudar os modos de pilotagem. Há pacotes de itens adicionais, como o pacote Premium, que acrescenta farol de LED, luz de posição diurna, manoplas aquecidas, luzes de direção de LED, banco “comfort” e protetores de mãos. Há ainda banco em posição mais baixa e kit de rebaixamento, recursos que não poderão ser incluídos caso a moto seja equipada com ajuste eletrônico de suspensão (Dynamic ESA).

Dependendo do pacote adquirido na BMW F 750 GS, a cor da moto muda. A F 750 GS Premium é oferecida apenas na cor cinza, enquanto as mais básicas podem ser ser adquiridas apenas nas cores amarelo ou branco. A principal diferença entre as duas motos está nas rodas de liga para a F 750 GS, com aro de 19 polegadas na dianteira, enquanto que a F 850 GS tem rodas raiadas e o aro dianteiro é de 21 polegadas. Claro, isso determina uma vocação mais off-road para a irmã maior, mas não impede que a menor também se aventure por alguns maus caminhos.

Já a BMW F 850 GS traz praticamente o mesmo pacote eletrônico da irmã menor e inclui controle de tração dinâmico (DTC), farol de LED, iluminação de posição diurna, modo de pilotagem Pro, manoplas aquecidas, protetores de mãos, luzes de direção (pisca) de LED, freios ABS Pro, banco mais baixo e kit de rebaixamento – estes últimos itens não poderão ser incluídos caso a moto seja equipada com ajuste eletrônico de suspensão (Dynamic ESA).

Já o pacote Premium + (Plus) adiciona ainda partida sem chave (Keyless Ride), monitoramento de pressão dos pneus, controle de velocidade de cruzeiro, suporte para malas laterais, bagageiro e painel TFT COM conectividade, DTC (Controle Dinâmico de Tração), computador de bordo com preparação para GPS, freios ABS Pro, RDC (Controle de Pressão de Pneus), Dynamic ESA (Controle Eletrônico da Suspensão Dinâmico), ASC desconectável (Controle Automático de Tração) e assistente de partida sem chave. A 850 GS é disponibilizada nas cores vermelha, branca e verde Pollux.

Ficha Técnica

BMW F 750 GS

BMW F 850 GS

Motor 2 cilindros em linha,arrefecido a líquido, 4 tempos, 4 válvulas por cilindro, DOHC
Capacidade cúbica 853 cm³
Diâmetro X Curso 84 x 77 mm
Taxa de compressão 12,7 : 1
Sistema de partida Elétrica
Bateria 12V – 10Ah
Sistema de Ignição Eletrônica
Tipo de combustível Gasolina
Capacidade do tanque de combustível 15 litros
Alimentação Injeção Eletrônica
Torque máximo 8.6 kgf.m a 6.250 rpm 9,4 kgf.m a 6.250 rpm
Potência máxima 77 cv a 6.250 rpm 80 cv a 6.250 rpm
Transmissão 6 velocidades
Embreagem Multidisco em banho de óleo, acionamento mecânico e função antideslizante
Transmissão final Corrente
Tipo de chassi Tubos de aço de seção retangular com o motor fazendo da estrutura e um sub-chassi de seção quadrada
Pneu dianteiro 110/80 R19 90/90 R21
Pneu traseiro 150/70 R17 150/70 R17
Roda dianteira Liga de alumínio 2.50 x 19″ Raiada 2.15 x 21″
Roda traseira Liga de alumínio 4.25 x 17″ Raiada 4,25 x 17″
Freio dianteiro Duplo disco de 305 mm, acionamento hidráulico com cáliper duplo flutuante e ABS que pode ser desligado
Freio traseiro Disco simples de 265 mm, acionamento hidráulico com cáliper simples flutuante e ABS que pode ser desligado
Comprimento total 2.255 mm 2.305 mm
Altura total (com retrovisores) 922 mm 922 mm
Altura do assento 815 mm 860 mm
Trail 104 mm 126 mm
Caster 63 graus 62 graus
Peso total admitido 440 kg 445 kg
Peso em ordem de marcha 224 kg 229 kg
Distância entre eixos 1.559 mm 1.593 mm
Suspensão dianteira Garfo telescópico com 41 mm de diâmetro e 151 mm de curso Garfo telescópico invertido com 43 mm de diâmetro e 204 mm de curso
Suspensão traseira Balança de alumínio com amortecedor único e ajuste na pré-carga da mola e 177 mm de curso Balança de alumínio com amortecedor único e ajuste eletrônico na pré-carga da mola e 219 mm de curso
Consumo (dados de fábrica) 4,1 litros / 100 km (24,3 km/litro)
Aceleração 0 – 100 km/h (dados de fábrica) 4,1 segundos 3,8 segundos
Velocidade máxima (dados de fábrica) 190 km/h acima de 200 km/h

separador_bmw



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.