superbike-brasil-equipe-double-f-categoria-escola-2

Equipe Double F conquista a Categoria Escola do SuperBike Brasil

Não só por reunir feras como o campeão Eric Granado e o ícone Alex Barros, o SuperBike Brasil tem ganho notoriedade ano a ano pelo seu papel no fomento à motovelocidade, possibilitando que novos pilotos se descubram na modalidade. Nesta missão, divisões como a Honda Junior Cup, Yamalube R3 Cup e Categoria Escola são peças fundamentais.

Fábio Pitta conquistou cinco vitórias na temporada 2018 e abocanhou o título na categoria Escola do SuperBike Brasil - Foto: NS Comunicação

Fábio Pitta conquistou cinco vitórias na temporada 2018 e abocanhou o título na categoria Escola do SuperBike Brasil – Foto: NS Comunicação

E as classes tiveram grandes momentos ao longo da temporada 2017 do SBK nacional, como quando a R3 brasileira bateu o recorde de número de motos no grid – com 40 Yamaha’s deslizando em Interlagos. Outro fato relevante veio ao final do calendário, com o título da equipe Double F Racing na Categoria Escola em seu ano de estreia.

Antes de entrarmos em pista, vamos às apresentações. A equipe é formada por dois Fábios (daí vem o nome), o Fábio Pitta (#126) e o Fábio Queiroz (#25). Eles são amigos há tempos e decidiram juntar sua paixão por motos e velocidade com a segurança e, por isso, montaram uma equipe para correr em autódromos – o único lugar em que se pode enrolar o cabo com tranquilidade. Ambos competem com a BMW S1000RR.

Fábio Queiroz e Fábio Pitta, os dois F's da equipe Double F Racing, - Foto: NS Comunicação

Fábio Queiroz e Fábio Pitta, os dois F’s da equipe Double F Racing, – Foto: NS Comunicação

Título na categoria Escola do SuperBike

O título foi conquistado por Fábio Pitta, de 39 anos, que fez uma temporada perfeita, com quatro pole positions, cinco pódios como p1 e abriu grande vantagem do segundo colocado na categoria. “Sinto que esse é apenas o começo de uma uma história vencedora para a equipe e para mim. Terminei a temporada com sensação de dever cumprido”, comentou o piloto, que também agradeceu a Deus, a sua família, aos patrocinadores a apoiadores pela parceria.

Em 2019, Pitta vai subir um degrau e correrá na categoria SBK Light, deixando para Fábio Queiroz a missão de manter o título da classe Escola com a equipe Double F Racing. “Com equipe tenho a oportunidade de me profissionalizar e no ano que vem meu foco será a conquista do título. Farei o possível para manter o título na equipe”, destacou.

Em 2018, pilotos correram com a BMW S1000RR - Foto: NS Comunicação

Em 2018, pilotos correram com a BMW S1000RR – Foto: NS Comunicação

No próximo ano, também, o time terá uma maior estrutura nos boxes, com mais espaço aos colaboradores e patrocinadores. “Queremos um time sólido e vencedor! E nos dedicaremos ao extremo para crescer e também gerar novas oportunidades para quem quer sair das ruas e se profissionalizar.”, finaliza Pitta.

SBK Brasil – Calendário 2019

1ª etapa – 24 de março (São Paulo)
2ª etapa – 14 de abril (São Paulo)
3ª etapa – 26 de maio (São Paulo)
4ª etapa – 16 de junho (São Paulo)
5ª etapa – 21 de julho (São Paulo)
6ª etapa – 18 de agosto (São Paulo)
7ª etapa – 22 de setembro (Goiânia)
8ª etapa – 20 de outubro (Curitiba)*
9ª etapa – 10 de novembro (Londrina)*
10ª etapa – 8 de dezembro (São Paulo)
*Datas confirmadas; praças sujeitas a alteração

separador_motovelocidade



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever