bmw_moto-autonoma_3

Moto autônoma da BMW é exibida em Las Vegas

Durante 2018 um dos temas mais debatidos no meio automobilístico foi o futuro da mobilidade e os veículos autônomos. Até uma moto autônoma foi apresentada pela BMW Motorrad. Contudo, um dos maiores prazeres que uma motocicleta proporciona é justamente permitir que o piloto realize manobras, percorra caminhos e visite lugares que por outro meio não seria possível. Então falar de uma moto autônoma (que se movimenta sozinha) parece um contra-senso e que não faz sentido para quem gosta de pilotar motos.

Moto autônoma: objetivo é desenvolver sistemas que possam assumir o comando da moto em situações extremas de perigo

Moto autônoma: objetivo é desenvolver sistemas que possam assumir o comando da moto em situações extremas de perigo

Mas a própria BMW se apressou em esclarecer que não é seu objetivo fazer uma moto completamente autônoma. A empresa utilizou toda sua tecnologia para desenvolver uma moto – nesse caso uma R 1200 GS, a bigtrail mais vendida do mundo – que é capaz de ligar, acelerar, fazer curvas, frear e parar sozinha. Segundo a BMW Motorrad, o desenvolvimento dessa moto-conceito tem o objetivo trazer novas soluções em termos de pilotagem e que envolvam situações de perigo e manobras de alta complexidade, já que a moto autônoma pode ajudar o piloto a aprimorar permanentemente as suas habilidades de pilotagem pois ela “sabe” realizar curvas perfeitas e encontrar sempre os momentos ideais de frenagem e aceleração.

Essa moto autônoma foi apresentada em setembro do ano passado durante o BMW Motorrad Techday 2018, no campo de testes do BMW Group em Miramas, sul da França, e agora a BMW exibiu a moto no Consumer Electronics Show (CES), que acontece em Las Vegas, nos Estados Unidos. Segundo a BMW Motorrad, a tecnologia criada a partir deste projeto deve servir como uma plataforma para o desenvolvimento de futuros sistemas para tornar a condução de uma motocicleta ainda mais segura e confortável, como por exemplo, a moto ser capaz de detectar precocemente situações perigosas e apoiar o piloto com sistemas auxiliares para evitar acidentes.

A moto autônoma acelera, faz curvas e freia sozinha

A moto autônoma acelera, faz curvas e freia sozinha

Algumas destas tecnologias que compõem a moto autônoma já existem em vários modelos, como o controle de tração, o acelerador eletrônico e o ABS. Esse componentes quando comandados pelo computador auxiliam o piloto em determinadas situações. A ideia da moto autônoma é aprofundar esta capacidade da moto de agir sozinha em casos bem específicos, sem tirar do piloto a sua própria autonomia de conduzir a moto como e por onde desejar.

separador_bmw



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.