rafael-paschoalin-mt-07-pikes-peak-acidente-ducati-6

Rafael Paschoalin e MT 07: conquista inédita em Pikes Peak

Rafael Paschoalin e sua valente Yamaha MT 07 nacional conquistaram neste domingo, 30 de junho, um feito histórico. O piloto é o primeiro brasileiro a faturar o título do Pikes Peak International Hill Climb, uma das provas de subida de montanha mais famosas e desafiadoras do mundo.

Rafael Paschoalin, pilotando sua valente Yamaha MT 07, é o primeiro brasileiro a conquistar o Pikes Peak International Hill Climb, uma das mais tradicionais subidas de montanha do mundo

Rafael Paschoalin, pilotando sua valente Yamaha MT 07, é o primeiro brasileiro a conquistar o Pikes Peak International Hill Climb, uma das mais tradicionais subidas de montanha do mundo

A conquista no Colorado, Estados Unidos, veio na categoria intermediária, a Middleweight. Rafael concluiu os 20 quilômetros e 156 curvas em 10min43seg880, com relativa folga para os segundo (Richard Kay, 11min20seg959) e terceiro (Jimi Heyder, 12min58seg629) colocados, respectivamente. O tempo foi suficiente para que o brasileiro conquistasse o oitavo lugar na classificação geral entre as motos.

Essa foi a quarta participação do piloto, que conquistou a segunda colocação em 2017 com uma MT 07 e o terceiro no ano seguinte, a bordo de uma Yamaha MT 09 – sempre participando da mesma classe. A moto usada por Paschoalin em 2019 é praticamente idêntica ao modelo vendido nas lojas, sendo que para faturar o título recebeu ajustes pontuais, como novo remapeamento da injeção eletrônica, retirada de itens plásticos para alívio de peso, pneus homologados e óleo mais viscoso, para deixar a suspensão dianteira mais rígida.

“Estou feliz e realizado com o resultado que conquistamos aqui. Ele é o fruto do trabalho de muita gente. Foram muitas as pessoas que contribuíram no projeto e que gostaria muito que estivessem comigo aqui no topo da montanha, segurando a bandeira no nosso país”, destacou o piloto, que também não poupou elogios à sua companheira de conquista. Para ele, a MT 07 fabricada em Manaus “sempre esteve perfeita”.

MT 07 e Rafael Paschoalin no Pikes Peak

Não é uma hipérbole dizer que o Pikes Peak International Hill Climb está entre as provas de montanha mais famosas do mundo. Afinal, o evento acontece há 103 anos, com exatas 97 edições realizadas. Não bastasse o número de curvas, a inclinação do local também é um dos temperos adicionais da disputa, afinal a largada acontece a 2.300 metros de altitude e a chegada, apenas 20 quilômetros a frente, a mais de 4.500 metros.

Acidente fatal com Ducati e piloto tetracampeão

Infelizmente, o domingo no Colorado não foi apenas de celebrações. O dia também foi marcado pela morte de Carlin Dunne, piloto da Ducati que conquistou a prova quatro vezes, em 2011, 2012, 2013 e 2018. O americano envolveu-se em um acidente no trecho final da prova enquanto pilotava sua Streetfighter V4, prestes de estabelecer um novo recorde para o traçado, e não resistiu aos ferimentos. A direção da prova e a Ducati lamentaram o fato.

Tetracampeão no Pikes Peak, americano Carlin Dunne não resistiu aos ferimentos após o acidente com sua Ducati Streetfighter V4 e acabou falecendo

Tetracampeão no Pikes Peak, americano Carlin Dunne não resistiu aos ferimentos após o acidente com sua Ducati Streetfighter V4 e acabou falecendo

Separador_textos



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever