Yamaha XTZ 250 Tenere

Yamaha XTZ 250 Tenere

96%

dos usuários recomendam esta moto

Satisfação Geral 4.4079
Visual 4.5
Conforto 4.1579
Performance 4.04605
Dirigibilidade 4.67105
Consumo 4.55265
Custo x Benefício 4.36185

Guidão mais alto com amortizadores. Assento em degrau amplo e confortável para piloto e garupa. Pára-brisas, menos cansaço e proteção.

Ficha Técnica


Cilindrada: 249.00 cc

Tipo de Motor: 4 tempos

Arrefecimento: Ar

Combustível: Gasolina

Potência Máxima: 21.00 cv a 8000 rpm

Torque Máximo: 2.10 kgf a 6500 rpm

Transmissão: 5 marchas

Injeção: Eletrônica

Partida: Elétrica

Chassi: Aço

Suspensão dianteira: Convencional

Ajuste da suspensão dianteira:

Suspensão traseira:

Ajuste da suspensão traseira:

Balança: Convencional
DIMENSÕES

Peso (seco): 137 kg

Peso em movimento: 155.00 kg (MVOM)

Comprimento: mm

Largura: 830 mm

Altura: 1370 mm

Altura do Banco: 865 mm

Distância entre Eixos: 1385 mm

Pneu Dianteiro: 80/90-21 MT90 A/T 48S

Pneu Traseiro: 120/80-18 MT90 A/T 62S

Capacidade do tanque:

Outras Versões

XTZ 250 Tenere

2017, 2016, 2015, 2014, 2013, 2012, 2011, 2010
(ver todas)

Principais avaliações

Recomendo!

Pros: Uma moto com uma excelente autonomia, devido ao tamanho do tanque, 16 litros, aliádo à um consumo de combustível muito bom, em média de 30km/l na cidade com garupa. Fácil de pilotar, muito ágil.
4.5
Jean Albuquerque - 17/04/2012

Recomendo!

Pros: Porte alto, posição de pilotagem super confortável, econômica, alta autonomia, é agil no transito pesado, na estrada e até na terra, moto que você não sente o peso dela de tão obediente e de facíl...
4.5
Monika Vogl - 14/09/2012

Recomendo!

Pros: Motor confiável e muito durável, além de econômico. Muito confortável! Com grande autonomia, quilômetros e quilômetros sem parar. Visual arrebatador, não tem pra concorrência. Ótimo acabamento. Sus...
5
Moisés Camargo - 20/10/2012

Recomendo!

Pros: Confortável para viagens curtas e médias. A altura traz uma sensação de prazer a parte. Bem econômica... média de 29km/l. Muito boa nas curvas também.
4.5
Wendell - 19/04/2012
Ver todas as avaliações


Veja motos deste modelo à venda (ver todas)

De R$ 9000 a R$ 16500 entre 74 ofertas disponíveis

Modelos similares a Yamaha XTZ 250 Tenere


Notícias sobre Yamaha XTZ 250 Tenere

    Teste Honda XRE 300: aventure-se

    Freios potentes, ciclística acertadíssima e ímpeto off Road fazem você ter vontade de se aventurar por aí com a XRE 300 Uma trail muito bem acertada. É assim que podemos definir em poucas palavras como é a XRE 300 2016. A vontade que a moto tem de encarar aventuras já é traduz... Leia mais...

    01-Jul-2016

    Passeio off road na Serra Santana do Riacho (MG)

    Neste vídeo os motonliners Júnior Almeida (Yamaha Ténéré 660) e Marcel Orc (Yamaha Ténéré 250) nos mostram as partes mais técnicas de um passeio off road em uma trilha de média complexidade, fazendo a travessia de Lapinha da Serra a Congonhas do Norte em Minas Gerais, ... Leia mais...

    22-Jun-2016

    Moto teste: Yamaha XTZ 250 Ténéré

    Se há um nome forte e que logo identifica o propósito de uma moto, esse nome é "Ténéré". Vinte e oito anos depois que a primeira Ténéré surgiu - a gigante XT 600 com seu tanque enorme e desproporcional - e deu origem a esta verdadeira dinastia de motocicletas, a caçula da família, X... Leia mais...

    23-Feb-2016

    Expedição Tripartito - Peru, Bolívia e Chile

    O marco Tripartito, na fronteira entre Bolívia, Chile e Peru, que inspirou a aventura e deu nome à expedição O marco, no meio do Altiplano, simples e interessante como um poste, mas vigiado por três países. Foi o que motivou o início do projeto de uma viagem espetacular... Leia mais...

    15-Feb-2016

    Três gerações de Ténéré na mesma aventura

    Rara foto de três gerações de Yamaha Ténéré (600 e 660) na mesma aventura - foto: André Luis Pereira Em setembro de 2012, três aventureiros realizaram uma grande aventura pela América do Sul, a qual batizaram de Expedição Tripartito, em alusão à Tríplice Fronteira, entr... Leia mais...

    14-Feb-2016

Outros Modelos Yamaha



Todas as avaliações desta moto

Avaliação de Jean Albuquerque em 17/04/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Moto muito boa. 12.000km rodados em 7 meses, e nenhum problema apresentado, aliás, só foram trocadas as flautas, problema resolvido na garantia. Hj, 02/2013, está com 27.000 km, e sem problema algum. Troca do pneu traseiro com 18.500km, o dianteiro ainda é o original, assim como a relação.
Pros:
Uma moto com uma excelente autonomia, devido ao tamanho do tanque, 16 litros, aliádo à um consumo de combustível muito bom, em média de 30km/l na cidade com garupa. Fácil de pilotar, muito ágil.
Contras:
O Banco merecia uma espuma de melhor qualidade, após 1 hora sobre a moto, já começa a incomodar. é uma moto que possui um motor, que gosta de trabalhar com giro alto. Na estrada, senti a falta de uma 6ª marcha

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
12000
Manutenção
Custo de Mantenção
Baixo
4.5
5
4
4.5
5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (49) Não (1)

Avaliação de Monika Vogl em 14/09/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Moto muito fácil de pilotar, obediente, ágil, leve e com altura perfeita para vc se sentir confortável sobre ela mesmo em viagens de 750 km sem ficar insegura com não alcançar o chão nas paradas (pilota mulher de 1,73). Como contra realmente sinto a falta da sexta marcha, espuma do banco um pouco dura e troca de marchas dura...mas nada demais que impeça você fazer uma viagem de final de semana de 780 km e chegar inteira querendo mais!
Pros:
Porte alto, posição de pilotagem super confortável, econômica, alta autonomia, é agil no transito pesado, na estrada e até na terra, moto que você não sente o peso dela de tão obediente e de facílima pilotagem. Na estrada passa muita segurança e a bolha é eficiente.
Contras:
Falta a sexta marcha na estrada, a troca de marchas é um pouco dura e a espuma do banco não é lá muito macia para viagens longas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
5000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (38) Não (0)

Avaliação de Moisés Camargo em 20/10/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Excelente companheira! Para todas as horas. Tinha uma Sahara antes (e continuo fã incondicional desta moto). Achei que fosse sentir saudade das 350cc. Contudo, os Saharamaníacos que me perdoem, mas o que perdi em potência ganhei em dose extra em dirigibilidade, dose tripla em economia e dose quadrupla em conforto. Antes de comprar pesquisei e encontrei histórias de Fazer´s - com quem compartilha o motor - com mais de 150.000 km, sem fumacear (procura uma 300 com mais de 100.00 que não fez o motor ainda, fora os apagões de motor, junta de cabeçote babado de óleo e aquele barulho de corrente batendo). Excelente moto! Todos os amigos que andaram exaltaram o conforto e a dirigibilidade. Sem contar que tem história: Descendente consanguínea da Família Ténéré, honra seu nome com todos os atributos de uma aventureira. Há mais de 30 anos existem Ténéré´s levadas ao limite nos desertos, estradas e trilhas. Faz muita curva! Adora uma serrinha (ainda mais se for descendo rsrsrs)! Moto pra viajar sozinho! (Assim como na XRE) Não dá pra fazer milagre com 21 cv e 2 "kg" de torque. Não que você não possa levar a esposa ou namorada pra um passeio, mas em viagens muito longas a falta de potência deixa o clima tenso (entendam viagem longa como mais de 500km, caso contrário recomendo! Faz bem pra alma, pro corpo e pro relacionamento). Recomendo os acessórios do Manivela, alforges da Gift, baú Givi 35l e mata-cachorro com pedaleira pra descanso: vira uma Goldwing rsrsrs. Outra moto só a irmã maior 660 ou a V-Strom 650 e sem vender a Tézinha.
Pros:
Motor confiável e muito durável, além de econômico. Muito confortável! Com grande autonomia, quilômetros e quilômetros sem parar. Visual arrebatador, não tem pra concorrência. Ótimo acabamento. Suspensões muito eficientes. Moto muito versátil. Você pode trabalhar com ela a semana toda, viajar e/ou fazer uma trilhazinha leve no sítio. Extremamente viciante! Faz muita curva, e excelente dirigibilidade.
Contras:
Alguns pecados como duas coifas (guarda-pó ou sanfona) da suspensão com Km 8.000, mangueira do óleo com 500 Km!!! Uma certa falta de ânimo no motor, que é compensada pela economia, durabilidade e confiabilidade.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
8500
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
3.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (36) Não (0)

Avaliação de Wendell em 19/04/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Eu vim de motos street. A grande vantagem da tenere comparada as streets é o conforto oferecido, principalmente nas estradas e em locais com buracos. A desvantagem que percebi (comparada as streets) foi a diferença de peso a mais e o fato de ser maior (mais larga) tornando-a menos prática em trânsito pesado.
Pros:
Confortável para viagens curtas e médias. A altura traz uma sensação de prazer a parte. Bem econômica... média de 29km/l. Muito boa nas curvas também.
Contras:
Trocas de marchas meio duras. Altura é um atrapalho para pessoas menores de 1,70. Achei a moto bem pesada também.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
14000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4
4.5
4
4.5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (31) Não (5)

Avaliação de Clayton Lima em 01/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Moto muito boa, gostosa na cidade, na estrada e principalmente na terra.
Contras:
Só vendi porque em menos de um mês fui roubado 2 vezes. Graças ao bloqueador recuperei. Quem tem faça um seguro ou coloque algum rastreador.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Utilitário
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
20000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4
4.5
4.5
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (31) Não (3)

Avaliação de Thiago Moreno em 26/06/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Conheço essa moto há pouco tempo, mas ela me surpreendeu positivamente. Muito confortável para o piloto e para o garupa graças ao banco largo e o para-brisa, ela anda muito bem na cidade e em pequenos trechos rodoviários. Faltou uma sexta marcha para manter 120 km/h, velocidade em que o motor já beira os 7.500 rpm e gera incômodo em longas distâncias. Com o tanque grande, é o jeito mais barato de brincar de Big Trail sem muito dinheiro. Por causa do visual e do porte, porém, muito frentista já me perguntou se era uma Tenere 600.
Pros:
Versatilidade Conforto Autonomia
Contras:
Desempenho em estrada

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
5
4
4.5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (28) Não (1)

Avaliação de Rock_SP em 24/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2010

Comentários:
Tenho a Tenebrosa a 2 anos e estou com felizes 87500 km rodados, foram muitas aventuras juntos, 2 idas ao Ceará (Jijoca de Jericoacoara), vários bate e volta de final de semana como para BH, Curitiba e Rio de Janeiro, mais os bate e voltas de um dia. A moto possui uma grande estabilidade na estrada, manutenção dentro com valor dentro do esperado (foram até agora 4 relações e 4 pneus traseiros e 3 dianteiros, mais as peças de desgaste normal), a moto nunca me deixou na mão, utilizo nela uma tomada 12V onde ligo meu GPS. Dentro das limitações de seu motor de 250 cilindradas essa pequena aventureira te leva a qualquer lugar que desejar ir, uma excelente motocicleta e com muitos pontos prós!!!!
Pros:
Moto muito ágil no transito, excelente para o dia dia, com ótima média de consumo de combustível, uma moto imponente, que encara qualquer desafio, um excelente farol, com desempenho que do meu ponto de vista surpreende dentro das limitações de uma motocicleta de 250 cilindradas. Uma moto robusta e que possui um lindo visual, um painel de fácil leitura e com todas as informações básicas, suspensão excelente, e uma ótima dinâmica no comportamento.
Contras:
A densidade da espuma do banco, os freios que poderiam ser mais potentes e ela deveria vir com um bagageiro de série.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
87500
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4.5
5
4
3.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (28) Não (0)

Avaliação de Darth Sidious em 15/09/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Pilotos de pernas curtas ou com menos de 1.70 de altura tem de ter atenção ao conduzir a moto. Uma boa companheira de viagem. Merece ser tratada com muito carinho e respeito e ser batizada com nome de mulher.
Pros:
A moto é muito gostosa de ser pilotada, a altura do chão é muito boa o consumo fica na casa dos 33km/l (mantendo velocidade máxima de 75km/h e trocando de marchas suavemente). O visual é arrebatador, os comandos são de fácil utilização, os faróis são sensacionais, boa para medias e longas viagens (sem pressa). Apesar da largura, enfrenta bem o trânsito. Muito estável
Contras:
O quadro exige atenção contra pontos de oxidação (eu aplico silicone em spray após cada lavagem como forma preventiva). A capa da corrente não impede que a roda traseira "lave" a corrente sob chuva. Uma capa mais fechada como a da xre talvez diminua essa caracteristica. O câmbio é um pouco duro e exige paciência e precisão do piloto nas trocas de marcha, mas nada que estrague o prazer da pilotagem. Por ter uma relação mais longa que a lander, não se mostra tão ágil quanto a lander para superar pisos com areia fofa. Para piso de terra ou lama leve encara sem problemas. Depois de algum tempo o banco em contato com a carenagem do tanque faz um barulho tipo "nheco nheco", resolvi colocando calços de feltro fob o apoio do banco e apertando a carenagem. A moto merecia um pneu mais largo e aros de aluminio de fábrica. Resolvi isso instalando aros D.I.D , os mesmos da xre. Os pneus ficarão para a troca. A bolha causa uma certa turbulência no capacete, mas depois de um tempo me acostumei. O peito fica bem protegido de chuva e vento ao se pilotar em rodovia. O compartimento para ferramentas não é protegido o suficiente. A moto poderia ter o mesmo sistema de remoção do banco da fazer, pois há um bom espaço para guardar as tranqueiras embaixo do banco. A yamaha poderia oferecer de fábrica o paralama dianteiro pintado de azul... tive de fazer isso a parte.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
8300
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4
4.5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (24) Não (2)

Avaliação de Robson Casali em 30/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Excelente moto
Pros:
Excelente autonomia, consumo de combustível muito bom, em média de 30km/l na cidade. Fácil de pilotar, muito ágil.
Contras:
Merecia uma 6ª marcha

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
17500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4.5
4
4
4
4.5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (22) Não (1)

Avaliação de Denis Carvalho em 22/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Com 1 ano e 1 mês de uso e 4200km a mangueira de óleo se rompeu. O custo dessa mangueira é de quase R$300,00 e não teve cobertura pela garantia.
Pros:
Postura de pilotagem muito confortável, muito econômica e forte.
Contras:
Banco muito duro, acessórios caríssimos

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
4800
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Alto
4.5
5
3.5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (21) Não (2)

Avaliação de Helio Diogenes em 09/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Moto confortavel e com bom motor. Altura excelente para andar em estradas de barro e areia.
Contras:
Nao gosto do visual, o motor é bom mas poderia ser mais potente para essa moto, pois devido a sua altura sua velocidade é muito inconstante na pista, principalmente com altos e baixos.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
4
3
4.5
4
4
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (18) Não (8)

Avaliação de Zizo Mendel em 16/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Amei a moto e estou bastante satisfeito com o investimento que fiz. Valeu a pena. Já estou sonhando com a Ténéré 660 Z... risos
Pros:
Tanque com capacidade para 16 litros; Consumo adequado para o tamanho da moto; Fácil de pilotar; Muito macia e confortável; Motorzão; Lindíssima.
Contras:
Banco duro e incomodo para viagens longas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
500
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4
4
5
3.5
3
Esta análise foi útil para você? Sim (17) Não (1)

Avaliação de Alexandre Antonio em 24/01/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Tenho descrito num blog minhas experiências como motoqueiro/motociclista, é mais um "diário" para meus filhos e netos saberem quem eu sou/fui. A quem interessar, o primeiro link está aqui: http://vo1cefa2la.wordpress.com/2012/11/29/motoqueiro/ :-)
Pros:
É linda (esperei seis meses até a Yamaha lançar ela branca com a faixa de competição vermelha na diagonal, foi adquirida dia 05/12/2012). Motor confiável, freios excelentes, autonomia excelente (16 litros de gasolina no tanque), partida elétrica e ignição eletrônica. Manobrabilidade excelente no trânsito. Preço de peças originais considerei "barato" e digo: capa do banco original, 78 reais (um dia após comprar a moto, ela no estacionamento onde trabalho, furaram o banco, ela contava com apenas 58 Km rodados), a capa já foi trocada. outro caso, caí parado na porta de casa, arranhou o manete do lado esquerdo, 12 reais para trocar o manete original na Autorizada Yamaha em Anápolis. Mais um ítem que terei que trocar mas será na sexta-feira dia 25/01/2012, um espelho retrovisor direito, preço: 52 reais. Outra coisa boa dessa moto é o farol aliás, OS faróis! Parecem o de um Mirage aqui da Base Aérea de tão densos! Não vou falar da buzina porque nem posso, por aqui anda chovendo pacas e qualquer buzina de moto fica com voz de pato por mais nova que seja Kkkkkkkk. Para quem tem intenção de comprar essa moto dou uma dica: ligue o motor, ele ficará entre 2.000 e 2.100 giros, espere um pouco, deixe os giros chegarem a 1.500 Rpm, dê umas aceleradas, confira a embreagem, abra o portão e, se mande! Não ande antes de o motor chegar aos 1.500 giros, é fria! Nos dois abastecimentos que fiz até os 600 Km ela está fazendo 25,8 Km/l ! Atualizando: dia 10/05/3013 saí de Anápolis-GO e fui a São Vicente-SP, passei o dia das mães com minha mãe e retornei ontem (13/05/2013). Saí (ontem) cinco horas da manhã, parei em Santa Rita do Passa Quatro-SP, Uberaba-MG, Catalão-GO e só! Fiz a viagem em 13 horas, cheguei na porta da minha casa em Anápolis exatamente às 17:50h! Por aí vocês podem sentir o que essa moto (que amanhã irá para a revisão dos 5.000 Km) é capaz de fazer! hehe!
Contras:
1 - Essa moto "pede" uma "sexta" marcha, a Yamaha bem que poderia oferecer uma relação mais condizente; 2- A "reserva" do tanque de gasolina "abre" no odômetro quando ela está com 8 (oito) litros gastos (meio tanque), justamente quando é mais perigoso, se você "deitar" um pouco a mais do ângulo do descanso lateral você "cai como uma jaca" e vou dar um exemplo: sábado passado estava num cruzamento debaixo de maior chuva, parei a moto e tentei colocar o pé direito no chão, havia um pequeno buraco onde enfiei o pé e, quando senti que iria cair, estiquei o braço, rompi os ligamentos do acrômio (ombro). Outro tombo que tomei com ela foi no dia que a comprei em Goiânia, cheguei em casa (Anápolis) debaixo de chuva, a lâmpada da rua queimada, coloquei a roda dianteira na calçada, a traseira na rua, baixei o descanso e, cadê o chão! Foi o primeiro tombo (besta). 3- Tenho 1,79 de altura, 50 anos, desde os 14 anos de idade sou motoqueiro, das sete moto que tive seis foram Yamaha (duas RS-125, uma RX-125, duas DT-180) e, digo prôceis: Essa Ténéré 250 é "arisca", não "bobêem", em estrada de chão é mais fácil de controlar que parada. 4- Não é uma moto feita pra andar com garupa. 5- Mina mulher quer que eu venda ela Kkkkkkkkkkkkk Tá com ciúme! Kkkkkkkkkkkkkk!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
600
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (17) Não (0)

Avaliação de Adenilson Tomé em 15/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Excelente moto!!! Recomendo 100%. O seguro dela é no minimo metade do valor de uma XRE 300 (concorrente direta). Pouquíssima manutenção.
Pros:
- Motor de alta durabilidade; - Econômica; - Preço; - Seguro + barato (comparado com honda); - Visual.
Contras:
- Banco duro para viagens longas; - Não possuir bagageiro de fábrica; - Os aros de ferro (tem que ser de alumínio!!); - O pneu dianteiro poderia ser 90x90x21 ao invés de 80x90x21.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
39000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4.5
4.5
4
4.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (15) Não (1)

Avaliação de Silvio em 19/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Comprei a moto pelos comentários dos amigos que tinham a moto. Gostei muito de andar com ela na cidade, muito ágil e de boa resposta, consumo excelente fiz 30 km/l na cidade e na estrada fiz 33 km/l. Na estrada achei que faltava velocidade final e sofria muito nas ultrapassagens, como ela é leve sofre um pouco com o vento lateral. O banco é muito ruim para estrada, principalmente após uma hora, depois da primeira vez na estrada troquei o banco da Gilberto Bancos, valeu cada centavo. Rodei direto 2:30 e sem incomodo algum. Como estava acostumado com a posição guidão da moto custom que é mais para traz, coloquei um rizer que melhorou muito minha posição na moto e deixou minha coluna em uma posição mais confortável. Tenho 170 cm e fico na ponta dos pés na moto, já vi um adaptador que abaixa uns 5 cm, mas ainda acho que não vale apena para mim, mas para quem tem entre 160 e 165 cm deve ajudar muito. Coloquei o suporte para bauleto lateral, mas para proteção em caso de queda. Não sei se vou colocar o bauleto, pois o ideal para moto é o E 21 da GIVI que custa em media R$520,00 o par, mas para uma viagem seria de bom tamanho o E-41 da GIVI que custa apenas R$ 1.800,00 e que não seria proporcional a moto 250 e sim uma TENERE 660, tanto em tamanho como em peso na moto. Foi estalado um reforço de chassis na moto para não correr risco do peso do Bauleto Traseiro trincar o chassis da moto. Instalei um sistema de fitas de LED no bauleto Traseiro GIVI E-45 para ter iluminação traseira, break light e sistema de setas. Para aumentar a segurança ao andar a noite.
Pros:
Consumo Dirigibilidade Passa tranquilo no corredor Excelente na cidade e media na estrada
Contras:
Banco ruim após uma hora sentado doe todo o corpo. Apesar de ser uma 250 cc esperava que mantivesse os 130 km/h tranquilo, mas precisa forçar o motor para isto. Talvez por que estava acostumado com a MIRAGE 250 que chegava fácil. Talvez una 6 ª marcha ajudasse. freios pouco borrachudo Para que tem abaixo de 165 cm sofre muito quando para no semáforo.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
1400
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (15) Não (0)

Avaliação de Damião Paz em 19/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Até agora a moto só tem me surpreendido. Muito boa.
Pros:
Ótima moto, anda bem na cidade e passa segurança na estrada. Ótimo consumo, tem muita 150 que não consome mais do que ela.
Contras:
O preço ainda está um pouco salgado.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
2800
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
5
5
4.5
4.5
3.5
Esta análise foi útil para você? Sim (14) Não (2)

Avaliação de Moisés Camargo em 22/02/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Volto com uma opinião mais amadurecida, racional e menos emocional, mas não menos apaixonado. Passou aquela febre de moto nova, mas as boas sensações continuam. Ela me leva pra todo lugar: padaria, mercado, trabalho, passeio de fim de semana, longas jornadas, campo, praia, sítio, e tudo a um custo muito justo. Revisões baratas, a cada 5 mil Km, o que se traduz em baixo custo operacional e menos moto parada. Faz uns 23 a 29 Km/l, depende da pressa e do piloto, mas nunca consegui passar dos 30 Km/l como alguns relatam. Pra efeito de comparação, minha CG fazia de 22 a 30 Km/l de média, ou seja bebe pouco mesmo! É uma moto que apaixona quem vê, quem anda e até quem não gosta. Recomendo com louvor. Motor confiável, resistente e muito econômico. Nem senti a alta da gasolina. Na cidade te traz o conforto de motos maiores, como bancos largos, postura ereta, joelhos pouco flexionados, suspensões macias sem prejudicar a ciclística e consumo e custo de moto pequena. Na estrada anda bem, gasta pouco, faz muita curva. Tem ciclística de moto grande, não fosse a diferença de potência andaria junto com as F 800 e V-Strom na reta e na curva. Tem boa autonomia, tanque grande e gasta pouco. Posição de dirigir muito boa, permite horas de viagem sem muito cansaço. Só castiga um pouco a poupança. Mas nossa tolerância aumenta com o tempo. Se tivesse que descrever a Ténéré com uma única palavra, seria VERSÁTIL
Pros:
Motor confiável, consumo, visual arrebatador, ciclística. O motor é indestrutível, econômico e muito eficaz. O visual é muito subjetivo, mas é a moto de 250 cc mais bonita do mercado, os proprietários das concorrentes podem até falar que não, mas acho que se derretem por ela. Seu comportamento na cidade é muito bom, tem conforto de moto grande e consumo de moto pequena. Alguns desavisados até perguntam se é "de cardã" ou se é 1000 rsrsrs. Na estada não é um canhão ou usina de força. Se quiser correr compre uma Ninja, não uma trail. Vai de 100 a 120 Km/h sem problemas. Faz muita curva e passa muita segurança. Farol, além de lindo, muito bom, painel completo, posição de pilotagem muito boa.
Contras:
Banco duro e material do guarda-pó (sanfona da bengala) bem ruinzinho. O banco é meio desconfortável na estrada, principalmente depois de umas duas ou três horas rodando. Precisava falar para os projetistas da Yamaha que nosso traseiro não é de ferro!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
13000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
5
4.5
4
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (13) Não (0)

Avaliação de Sidney Carvalho em 02/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Amaciando o motor e muito satisfeito com a moto
Pros:
Conforto, economia, dirigibilidade, visual
Contras:
preço

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Pista
Quilometragem
509
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (11) Não (2)

Avaliação de Edson Castro em 26/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Depois de 11 mese de uso, até hoje 26/07/2012, nenhum problema amanhã to levando para revisão dos 20.000 km uso para ir ao trabalho e pequenas viagens no fim de semana
Pros:
Excelente dirigibilidade, otima pra superar obstaculos, boa autonomia, motor elastico ( gosta de ser exigido), e é linda.
Contras:
O banco maltrata o piloto, após 1 hora de pilotagem fica dificil, mas existe banco opcional no mercado + ou - $ 500,00 as autorizadas aqui em Belem Pa arracam o olho em peças como patilha de freio $120,00

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
20000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
2.5
4
5
3.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (10) Não (0)

Avaliação de Jean Carlos Silva em 22/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Uso diariamente no transito e a agilidade dela é ideal para a cidade... Fins de semana as vezes rola uns passeios e ela se sai muito bem na estrada e é estável em qualquer velocidade!
Pros:
Encara qualquer terreno Mantém boa velocidade na estrada Grande autonomia Estabilidade em velocidades até 140 km/h
Contras:
Freio dianteiro borrachudo

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
9400
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4.5
5
4.5
4.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (9) Não (0)

Avaliação de Fábio "Sapão" Pires em 02/10/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
A Ténéré é uma excelente moto, possui um motor altamente confiável e, em minha opinião, é muito bonita! Fiz algumas alterações, que a deixaram com algumas características aprimoradas... troquei "guidão, alongador de guidão, pedaleiras, retrovisores, vela, cabo de vela, protetor de mãos e escapamento". Isso me conferiu uma excepcional dirigibilidade e respostas mais rápidas do motor... as pedaleiras mais largas e o guidão esportivo trouxeram mais conforto e dirigibilidade... e o escapamento aumentou minha segurança em 300%, pois agora sou notado no trânsito. É uma "Grande Pequena Moto"! Mal posso esperar para ter uma maior...
Pros:
Dirigibilidade, segurança, conforto, agilidade, consumo... possui um ótimo motor é uma excelente moto.
Contras:
Infelizmente, na minha região, o pós venda da Yamaha é sofrível e não é de confiança. Fora isso, há dificuldade de encontrar peças de reposição, bem como existe uma demora enorme para encomendas de peças novas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
2400
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
5
4
5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (9) Não (1)

Avaliação de Alvaro Guatura em 27/06/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2010

Pros:
Economica, confiavel, painel moderno, farol excelente, conforto para piloto e garupa, excelente para viagens, grande autonomia, rede de assistencia
Contras:
Nao vem com bagageiro, sanfona que cobre a bengala

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
14900
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4
4
4.5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (7) Não (0)

Avaliação de Marcelo Borges Furin em 31/07/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Estou com a moto a pouco tempo e por enquanto estou encantado por ela. Ótima na estrada e em trajeto urbano, por ficar acima dos retrovisores. O consumo é muito bom para uma moto de 250 cilindradas. Senti falta de uma 6º Marcha ma estrada, mas compensa com a 5º marcha longa.
Pros:
Consumo, Posição pilotagem, frenagem, retomada, faróis e aceleração.
Contras:
Pneu dianteiro muito fino, tanque pequeno poderia ser maior (muita carenagem) e falta 6º marcha.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
1200
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4
4.5
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (7) Não (5)

Avaliação de Jeder Gloria em 22/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Boa autonomia (beira os 500Km), visual de moto grande e potente, boa altura e posição de pilotagem, painel completo, e bolha que reduz o vento no condutor!
Contras:
banco meio duro, incomoda apos 1h de pilotagem, medidor marca reserva quando ainda restam 5lts no tanque. apresentou pequeno vazamento de óleo no o'ring do radiador com apenas 500km, foi consertado na garantia

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
2500
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
4
4
5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (7) Não (0)

Avaliação de Adelmo em 03/10/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Ainda não aferi o consumo. Estou ainda no primeiro abastecimento.
Pros:
Excelente altura que aumenta o campo de visão, facilitando ver sobre os carros e aumentando a segurança. Banco confortável e não é tão duro como dizem. A carenagem impressiona e faz a moto ser bem maior e proporciona proteção contra o vento. Os freios não são tão ruins como dizem e conseguem parar a moto com eficiência. Não achei o câmbio tão impreciso como costumam relatar. Tenho cambiado as marchas sem dificuldade. E uma coisa que não vi ninguém comentar: O manual recomenda usar só gasolina aditivada.
Contras:
Falta do bagageiro. O banco tem um revestimento muito fino e o meu já furou com menos de duas semanas de uso. O painel vibra e faz barulho e o retrovisor esquerdo sai da posição. Vou pedir para verificar na primeira revisão.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
200
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
5
4
5
0
4
Esta análise foi útil para você? Sim (7) Não (1)

Avaliação de FRANCISCO GOMES em 19/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
SEGURO BARATO, TIVE UMA FAZER QUE TINHA UM SEGURO IMPRATICÁVEL NO RIO.
Pros:
CONFORTO, MUITO CONFORTO, MOTO ABSORVE A IRREGULARIDADES DO PISO DE FORMA IMPRESSIONANTE, A BOLHA DÁ UM P**A CONFORTO, SUPER ECONÕMICA!
Contras:
SINCERAMENTE, ESTOU PROCURANDO ATÉ AGORA E NÃO ACHEI, DE REPENTE SE TIVESSE AMA SEXTA MARCHA.....ACHEI UM DEFEITO: A TROCA DE MARCHA PODERIA SER SER MAIS MACIO....É DURO PACAS E AS VEZES TE COMPLICA.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra
Quilometragem
5000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
5
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (7) Não (0)

Avaliação de Ueslei Camelo Barbosa em 14/09/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
No geral é uma boa moto, me surpreendeu positivamente, talvez porque eu tenha vindo de uma moto street e estava morrendo de saudades de uma moto de suspensão elevada.
Pros:
- Visual moderno; - Suspensão excelente q proporciona muito conforto na condução; - Acabamento (percebe-se q a marca caprichou no cuidado); - Preço justo, comparado com o da sua concorrente direta (XRE).
Contras:
- O banco, já foi dito aqui por outros Motonliners e eu ratifico, a espuma é extremamente rígida e ela destoa do conjunto; - O motor trabalha em alta rotação, daí seu consumo é relativamente alto (faz 27km/l); - Ela não é o tipo de moto pra correr e nem viajar, pq seu motor é muito fraco de torque e de velocidade final (passa dos 120km c/ dificuldades), que exige uma tocada mais forte, com aceleração bem acentuada.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra
Quilometragem
780
Manutenção
Custo de Mantenção
3.5
4
4
2.5
4.5
3.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (6) Não (6)

Avaliação de Rodrigo B Ribeiro em 28/01/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Depois de 27 Mil km rodados, em 9 meses aproximadamente, quase 100% deste km em rodovias, creio que o prós da moto são: - o banco é largo, dá um bom conforto. Fiz pelo menos 4 viagens de 450 Km, e há um espaço bom para se movimentar no banco, para aliviar o cansaço; -o farol ilumina muito bem, além de ser bonito, é bastante funcional; - o painel é bonito e completo; - o visual da moto é demais, chama a atenção mesmo; - Consumo: Andando entre 90-100 Km/h, faz mais de 30 km/l (rodoviário)
Contras:
- Achei que as peças são caras! Uma carenagem dianteira lateral, custa R$ 240,00, fora o adesivo que custa R$40,00; O protetor de escapamento, que é um plástico até que pequeno, custa mais de R$ 100,00! Detalhe, no dia em que entrei na concessionária pela primeira vez, o vendedor disse-me que uma das vantagens da tenere era justamente o fato de ter as carenagens por fora do tanque, dizendo" é preferivel trocar uma carenagem que custa 100 reais do que um tanque que custa 300"; - Falta motor em situações mais extremas, numa subida forte por exemplo; - o motor grita demais... mas é mais barulho doque potencia. Parece faltar uma 6ª marcha..... Na minha troquei a coroa para reduzir esse efeito - Na revisão da concessionária, uma troca de óleo gasta aproximadamente 1,3 Litros, mas cobra-se os 2 L, que custa em média R$ 40,00 (somente o óleo).

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Estrada
Quilometragem
27500
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
5
3
4
4.5
3.5
Esta análise foi útil para você? Sim (6) Não (0)

Avaliação de Iôgo Teixeira em 13/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2010

Comentários:
Não tenho o que reclamar da moto. Jah fiz todos os testes possíveis e ela passou com louvor. Jah encarou passeios em rodovias, praias, lama, alagado, riacho só falta neve agora. Sem contar que a manutenção é relativamente barata. Resumindo, é uma moto topa tudo, pau pra toda obra. E faz presença onde chega (aparenta ter mais cc).
Pros:
Moto valente; Confortável; Econômica; Visual old school e moderno ao mesmo tempo;
Contras:
Banco original duro; Aros de aço aliado ao pneu dianteiro fino amassam com facilidade; A moto original é "pelada", não tem nem um bagageiro; Pouco torque e potência para estrada (um pouquinho a mais não fazia mal); Apenas 5 marchas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
27000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Baixo
5
5
5
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (5) Não (0)

Avaliação de Hérico Rechi em 24/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Recomendo a moto. Muito boa.
Pros:
Anda bem, é bonita e confortável.
Contras:
A regulagem da altura, mesmo no mínimo, ainda é alta.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4
4.5
5
5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (0)

Avaliação de Eric Walty em 18/09/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Consumo de 29,6 km/l dentro da cidade! Guidao alto ajuda a driblar no transito parado.
Contras:
Banco duro, principalmente para quem não tem muito recheio na retaguarda!! Vou trocar a espuma para melhorar.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
3000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
3
4
4.5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (1)

Avaliação de Thiago Lorencini em 02/10/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
É uma moto muito confortavel para piloto e garupa, apresenta bom rendimento de gasolina quando viaja em velocidade de cruzeiro, muito boa em acelerações e curvas. Apesar de ser uma moto alta, ela é muito ágil para o trânsito do dia-a-dia. Faz uma média 32km/l com ela na estrada e 22km/l na cidade.
Pros:
Confortavel para longas viagens, muito boa de curva, moto para todos os terrenos.
Contras:
Só é economica quando viaja em velocidade de cruzeiro de 80 a 110 no maximo. Na cidade não é tão economica

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
3500
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
5
4.5
5
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (0)

Avaliação de Lucas Marin Cypriano em 26/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Tenho 1,75 e a altura dela foi tranquilo de se adaptar.
Pros:
Suspensão confortável pra absorver as imperfeições do asfalto. Consumo dentro da cidade rodando 60km diários por volta de 27~28km/l rodando em alguns a 100km/h, outros no corredor com o trânsito um pouco ruim e acelerando um pouco o acelerador, passando de marcha nos 7k rpm. Muito boa em chuvas e terrenos alagados, já passei por trechos alagados com a água no nível de aproximadamente uns 40cm sem muitas dificuldades. O porte da Tenere impõe respeito com os carros, noto que respeitam mais em comparação de quando estou numa 125cc.
Contras:
O motor é limitado em ultrapassagens em viagens, alguns cavalos a mais faz bastante falta, mantendo 100km/h ele está tranquilo, daí pra cima é na fé e o consumo vai pro ralo. Apenas um farol fica aceso, gostaria de ter os dois acesos, seja no baixo e no alto. O visual eu estranhei logo de começo, hoje acho ela uma moto muito bonita.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
10100
Manutenção
Custo de Mantenção
4
4
4.5
3.5
4.5
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (0)

Avaliação de Joel Realino em 20/12/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Nao consegui alterar o ano. A moto é 2012/2013
Pros:
Macia para pequenos trajetos. Farol excelente.
Contras:
Esse barulho do motor me incomoda demais. Estou com uma moto com 500km rodados, mas parece que está com 250.000. Com o motor quase fundindo. Por isso não tenho confiança pra fazer uma viagem longa. Apesar de muito prós, vou vender a moto justamente por causa desse barulho irritante.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Pista
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
2.5
0
4
3
3.5
4
3.5
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (49)

Avaliação de Diogo Ogro em 23/03/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Moto sem frescura, encara qualquer desafio urbano ou fora de estrada com muito conforto, economia e autonomia (+ de 400km). Tem porte e moto maior, parece muito com a irmã mais cara de 1200cc. A Yamaha poderia usar o motor de 350cc do quadriciclo dela YFM 350, porte a Tenerezinha tem! A minha maior reclamação são a balança e rodas de aço (a maior concorrente usa a excelentes rodas de DID de alumínio e balança idem) a mangueira do freio traseiro passando por baixo da balança (mais fácil de danificar) e a facilidade de oxidação de alguns parafusos, molas mas isso deve ser porque moro em Natal/RN e muito próximo da praia, maresia aqui castiga muito, por isso não passo mais de que duas semanas sem lavar a Smurfette (Tenere) sempre com vaselina.
Pros:
-Consumo -Autonomia -Conforto -Visual
Contras:
-Baixo torque -Poderia usar balança e rodas de alumínio, como a principal concorrente -A mangueira de freio traseiro passando por baixo da balança, num uso mais off road fica mais fácil danificar. (Esses dois últimos contras que mencionei, a Yamaha poderia ter resolvido no lançamento da Tenere 250, pois era reclamação comum dos usuários e de revistas especializadas, com sua irmã mais magra e mais antiga, Lander)

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
4
5
5
4
4
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (4) Não (0)

Avaliação de Olavo Rodrigues Xaves em 19/08/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Modelo 2011, ruim. Espero que as 2012 não sejam assim.
Pros:
Distancia do solo. Você pode pular até nas saliências mais altas, não tem pra ninguém.
Contras:
Pós venda ruim, tenho duas 2011 e ninguém quer saber de arrumar os problemas delas. Velocidade final péssima, torque ruim. Consome o mesmo tanto que a COMET GT250R e não passa de 130 km/h.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
12000
Manutenção
Difícil de encontrar
Custo de Mantenção
Alto
0.5
0.5
2
0.5
2
2.5
1.5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (76)

Avaliação de André Ribeiro Gomes em 01/09/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Moto alta, passa fácil pelos retrovisores no corredor, boa arrancada, ágil, visual imponente.
Contras:
Achei o consumo um pouco elevado. A minha tá fazendo 31Km/l. Achei que por ser injetada e não carburada o consumo fosse melhor.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
700
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4
4.5
5
5
3.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (8)

Avaliação de Ricardo Borsato em 13/10/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Aparência robusta e atraente. Até o momento (3.000 km) apenas revisão na cc. Boa no trânsito urbano, com torque mais que suficiente. Preço em conta, pelo conjunto que oferece.
Contras:
Não espere um bom desempenho na estrada em velocidade acima de 120 km. Também sinto a espuma do banco dura depois de pilotar por mais de 1 hora no trânsito pesado.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
3000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
4
4
4
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (0)

Avaliação de HENRIQUE em 17/02/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2010

Comentários:
MOTO FANTÁSTICA... ÓTIMA...
Pros:
ECONÔMICA... DÓCIL E FORTE.... TRABALHA MUITO BEM EM BAIXA... CICLÍSTICA FANTÁSTICA... ÓTIMA POSIÇÃO DE PILOTAGEM... UM MOTOR FANTÁSTICO COM 2 VÁLVULAS OQ EU CURTO MUITO... SOU FÃ DOS MOTORES COM 2 VÁLVULAS...
Contras:
AROS EM AÇO... (FACILMENTE TROCÁVEL)...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
12000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (3) Não (0)

Avaliação de Filipe Donato em 21/11/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Perfeita!
Contras:
Merecia uma traseira mais bem acertada, aros de aluminio e motor flex.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (2) Não (2)

Avaliação de weltonhr em 15/12/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
ótima moto para viagens de curta e média distância. Excelente consumo e conforto
Pros:
Baixo consumo Design Conforto ótimo comportamento urbano e rodoviário
Contras:
Câmbio de marcha muito duro.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (1) Não (0)

Avaliação de Mauricio Vieira em 06/01/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Sai de uma XRE300 que era defeito direto para uma Tenere e uma FAZER 250. E a Tenere nao perde nada para a XRE.
Pros:
Confortável Visual Chamativo Suspensão bem macia
Contras:
RECOMENDO A TODOS A DAR UMA OLHADA NO PARALAMA DIANTEIRO. Pois ja vi varias com o pneu raspando nele. Principalmente usando calibragem para 2 pessoas. Péssima com vento lateral Alavanca de cambio podia ser maior Bolha joga o vendo direto no olho uns 5cm maior seria perfeito. (Tenho 1,80) Cambio impreciso da 1ª para a 2ª.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
4500
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4
4
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (1) Não (3)

Avaliação de Cláudio Fernandes Lage em 29/11/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Recomendo com ressalvas.
Pros:
Embora eu seja baixo (1,68) a altura dá muita segurança, farol muito bom, boa posição de pilotagem para piloto e garupa, câmbio macio, consumo excelente.
Contras:
O conforto como um todo é ruim, pois não se trata somente da posição de pilotagem e bancos. A excessiva vibração no guidão incomoda muito na estrada assim como a bolha é péssima, o que compromete de mode significativo o conforto. A Bolha mais atrapalha que ajuda fazendo uma turbulência que cansa muito o pescoço, além do barulho dentro do capacete por causa da corrente de vento. Acho que se eu fosse mais alto não sentiria isso, mas vou tentar uma bolha mais alta. A vibração abaixo dos 3500 rpms é assustadora, igual ou maior que a XT660. Acima dos 6000 rpms a vibração volta a incomodar. Já fiz um trajeto de 100 km e cheguei com as mão formigando. Confesso que esperava mais da moto, principalmente no conforto. Se não conseguir atenuar os problemas eu volto para a Fazer.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
2.5
4.5
1
3
3.5
5
3
Esta análise foi útil para você? Sim (1) Não (0)

Avaliação de Anderson Borges em 15/12/2012

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Moto muito macia, não tem terreno que não passe tranquilo com ela, confortável, fica-se em uma boa postura para conduzi-la, tem um torque que achei muito bom, consumo parece ser excelente...
Contras:
um barulho esquito... traseira podia ser um pouco melhor...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
4
4.5
4.5
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Edgar Campos em 20/02/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Para quem já possuiu uma Lander 0 Km e rodou quase 50.000 Km, vendeu e o 3º comprador ainda esta satisfeito, a Teneré vem para satisfazer ainda mais. Sou um Yamahaníaco Satisfeito.
Pros:
Todo conjunto frontal Tanque Banco
Contras:
Freios Câmbio duro, herança da Lander.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
14000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
4
4
4.5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de marcelo em 22/02/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Moto polivalente para o dia a dia, e encara viagens longas sem cansar o piloto.
Pros:
farol suspensão macia tanque posição de pilotagem painel econômica aceita andar em qualquer terreno
Contras:
banco duro traseira feia

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
3000
Manutenção
Custo de Mantenção
5
4.5
4.5
4.5
4.5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Paulo Mello em 20/03/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Melhor motocicleta que já tive até hoje! Mas penso numa XT660r ou GS660 no futuro!
Pros:
Visual diferenciado, boa autonomia, fácil pilotagem.
Contras:
Preço um pouco salgado já que usa muito da mecânica da Lander. Poderia ser 300 ou 400 cc para o porte dela.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
800000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4.5
4.5
4
4.5
5
4.5
3.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Rinaldo Lara Peixoto em 08/04/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
A relação custo benefício é positiva. Recomendo comprar.
Pros:
Para quem não pode comprar uma big trail, pode começar brincando com a Ténéré 250cc. Moto muito boa, aparência, dirigibilidade, consumo e desempenho. Ainda não rodei longas distâncias (acima de 700 km) porém, com as experiências que tive (viagens a Prado/BA e Macaé/RJ, saindo de Guarapari/ES) tive muito boa impressão da moto. Sempre ando com minha esposa na garupa, o que meço algo em torno de 27km/litro uso urbano. Nas viagens que fiz, com baú de 45 litros + alforjes laterais (carregados) + garupa apresentou bom consumo 25 km/litro. Velocidade de cruzeiro: 110 km/H, RPM a 7.500 / 8.000. Curiosidade: já me perguntaram várias vezes se era uma 600, aí eu brinco: estou comprando as outras 350 cc... rsrs
Contras:
- Banco (acima de uma hora de uso da motocicleta) já torna-se incômodo; - Falta de 6 marcha (para diminuir rpm em estradas); - Pós venda da CC (não existe); - Paguei R$60,00 em um par de borrachas para o estribo do piloto e ainda tive que comprar parafusos para fixação em uma loja ao lado da CC. Um absurdo. Ítem como este deveriam vir de fábrica; - Fácil oxidação de peças; - Não possui pisca alerta.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Pista
Quilometragem
5000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4.5
4.5
4
4
5
4
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Denis Gregorio em 26/04/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
A moto é excelente...bom torque, muito confortável, passa bem diante das irregularidades desse asfalto emburacado de sp, muito versatil, agil no transito, consegui fazer em media 28/29 Km/l... a moto , por ser alta, dava a impressão d ser moto d porte maior...a dirigibilidade dessa moto é das melhores q ja pilotei...antes da minha compra, tinha interesse em adquirir uma xre 300...depois d muita pesquisa, e ver vários usuários relatando diversos defeitos encontrados, mudei o foco para a tenere...e com sucesso!!!excelente moto
Contras:
Tive um pequeno acidente com a minha tenere 250...e, ao realizar um orçamento das peças avariadas, nas cc e moto-peças, tive um susto...AS PEÇAS, PRINCIPALMENTE CARENAGENS, SÃO EXTREMAMENTE CARAS PARA ESSA MOTO!!!por só existirem, na maior parte ainda, peças originais, as cc enfiam a faca no valor das peças para essa moto!!!Tenho duvidas q, c fosse comprar as peças separadas, para montar uma moto dessas, uma por uma, gastaria, quase o dobro de uma ja montada...isso acho q é algo para c levar em conta na hora da compra dessa moto... ninguém compra algo visando quedas ou acidentes, mais, na hora q acontece, a gente c lamenta, e muito, do pq ser tão exorbitantes esses valores...Fica a dica...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem
3200
Manutenção
Difícil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
3.5
4.5
5
2.5
4.5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Sadi Schuler em 28/04/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
fora disso e uma exelente motocicleta , recomendo
Pros:
muito bom pra quem pega muita estrada de chao , ale de ser muito maçia
Contras:
achei q dava mais velocidade final , em linha reta so deu 137 km/h , e outra q o velocimetro e fixo central , ate se acostumar ; poderia ter 6 marchas ];

Condições do Teste

Tempo de Uso
Dei umas voltas
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
3.5
4
4.5
4.5
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Marcelo Pereira em 28/04/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
Ótima oportunidade dos consumidores passarem informações reais sobre os produtos.
Pros:
Consumo, ciclistica, farol excelente, autonomia, valor
Contras:
O cambio, algumas vezes a moto "trava no ponto morto" e não entra nenhuma marcha até você movimenta-la com os pés, se você for alto, a bolha e o banco em nível será incomodo, falta uma 6 marcha, os freios são borrachudos e o pós venda da Yamaha é péssimo de fato. Nunca leve sua moto na Viamar Yamaha, nas revisões eles te cobrarão um kit revisão que não existe, e ainda por cima é bem capaz de falarem que a revisão foi feita e na verdade nada foi feito na sua moto, então muito cuidado.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
1600
Manutenção
Custo de Mantenção
3.5
4
3
3.5
4
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Mauricio Sordi em 30/04/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Comprei ela usada com 25mil km, a moto estava perfeita sem nenhum detalhe, o antigo proprietário comprou ela para viajar, por isso ela foi adquirida com alguns acessórios. A moto mesmo com essa quilometragem parece zero. ela chega facil aos 120 km/h sendo que a velocidade maxima conseguida foi de 145km/h no painel, claro que a velocidade real é uns 8% a menos. Na primeira viagem com ela percebi a dureza do banco e a falta de alguns cm a mais na bolha. A iluminação dela é perfeita, superior as motos que estavam me acompanhando: Falcon, Gsx 650f, Z750. Um dos grandes problemas dela foi na hora de fazer curva perto do litoral,ou área abertas qualquer vento batendo no lado desestabiliza. Apesar de ser uma 250 ela anda bem, mantem facil os 120 km/h. O problema é que com essa velocidade ela mostrou um consumo de 23km/h,semelhante a de meus companheiros, com motos de maior cilindradas. O cambio dela não é preciso, chega a ser um pouco dura as trocas de marcha, andei na falcon e na z750 e não tem nem comparação quanto ao cambio de ambas.
Pros:
A moto é muito boa para andar na cidade e para pequenas viagem, ela é minha primeira moto trail, então em relação a varios aspectos não sei relatar. Já andei em algumas motos, e posso dizer que ela é boa de pilotagem, a suspensão absorve muito bem as imperfeições do piso. O seu farol é extremamente bom, tem carros que não iluminam tão bem quanto ela. A vibração dela nem se compara com outras monocilidricas você mal sente a vibração.
Contras:
O banco dela é muito duro, se a espuma tivesse uma densidade mais macia seria perfeito. A bolha não desvia por completo o ar, para viajar sem que o barulho do vento incomode o piloto devesse colocar uma maior. O cambio é um pouco duro. Por ser alta, qualquer vento lateral desestabiliza a moto.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
26000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
3.5
4.5
4.5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Vado Costa em 04/05/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Sai de uma Suzuki Yes para Tenere A diferença é gritante, mas não foi tão dificil adaptação. Para quem esta pensando migrar, seja feliz e troque... Muito mais segura para pilotar e confortável ( sem comparação ) Recomendo instalar o bauleto grande, pois eu uso no dia a dia... Ajuda muito....
Pros:
Confortável, ótima ciclistica, muito prática no transito, mas requer adaptação para quem vem de uma 125cc pequena... Como é alta, passa com mais facilidade entre os carros.... Cuidado apenas com as pickup's, SUV e utilitario em geral, pois pega o retrovisor. A minha faz tranquilamente 30km/l.... Não achei tão sofrido manter a media de 120km/h em rodovias.... Mas com certeza, uma sexta marcha acredito que daria mais conforto Chama atenção e aparenta ter cilindrada maior, pelo tamanho do tanque.... Seguro não é tao caro, ja que moro numa regiao de risco de SP e trabalho todo dia com ela, alegando por na rua, ficou em torno R$1.200,00 ( Porto Seguro ) Ótima compra. Recomendo...
Contras:
Devido a altura, dificulta o montar para pessoas baixas..... Precisa ficar atento aos momentos de paradas, pois se pegar algum terreno irregurar pode tombar parada rsrs. Aconteceu comigo no começo Do ponto morto para primeira marcha às vezes não vai... tem que apertar e soltar a embreagem... Pode ser que isso suma com o tempo....

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Utilitário
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
7000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Lenimar Lima em 09/08/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Pros:
A Ténéré250 possui um conjunto espetacular! Fui por muito tempo usuário de moto esportiva e procurava uma Trail que me atendesse tanto na cidade quanto fora da cidade em aventuras leves e a Ténéré se encaixou perfeitamente.
Contras:
Somente um ponto de atenção quando o tanque de combustível está cheio. Até hoje não tive problemas, mas li alguns artigos que alertam para o cuidado em curvas quando o tanque está cheio. Mas para este caso é só tocar com atenção nas curvas que é só alegria.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
200
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
5
4.5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Renan Demétrio em 25/09/2013

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Uma excelente moto para quem procura potência para o dia dia e um lazer aos finais de semana. Tive que trocar as sanfonas da bengala, pois as que vieram racharam. Uma simples troca por uma de tamanho maior - de 25 para 32 dentes - (em torno de R$ 60,00) resolveu o problema. Troquei o pneu traseiro com 13000 km, porém ele poderia rodar um pouco mais. Como uso a moto com frequência, resolvi não abusar. Fiz uma revisão preventiva com 10000 km, não precisando trocar nada, e farei uma nova com 20000 km. Troco o óleo sempre que completa 1000 km e o filtro do óleo a cada 2000 km. Boa sorte a todos!
Pros:
Após 8500 km rodados, posso dizer que é uma moto ágil e confortável. Se comporta muito bem no dia dia. Tem bom consumo médio, em torno de 26 km/l. É bastante confortável principalmente para os mais altos. Eu, que sai de uma suzuky yes 125 cc, senti uma diferença enorme. Antes, parecia que eu andava em uma bicicleta, e assim que peguei a Tenere, comecei a sentir realmente o que é pilotar uma moto de verdade. Tem um guidão bem largo, que facilita bastante nas manobras e na posição de pilotagem. Banco macio tanto para piloto quanto para garupa.
Contras:
Poderia ter uma 6ª marcha para melhor desenvolver a velocidade após os 120 km/h. Alguns cavalos a mais ajudariam bastante seu desempenho nas retomadas em estrada quando está com garupa. Protetor de mão poderia ser item de série, para ser um diferencial da sua concorrente XRE.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Pista
Quilometragem
14500
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4
5
4
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Silvio Rezende M M em 17/02/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Pros:
Moto muito bonita, chama a atenção pelo porte passa facilmente por moto de maior cilindrada, bom torque, macia e economica para categoria.
Contras:
Pneu dianteiro péssimo trepida demais inseguro (vou trocar), cambio duro engate da 3 marcha impreciso, motor bem ruidoso, relação muito curta merece 6 ou relação mais longa (vou colocar piao 14)

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Utilitário
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
1000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4
4
4.5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Marcelo Spezani em 19/02/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Excelente custo x beneficio. Moto de fácil pilotagem e baixo consumo. Serve tanto para uso urbano, estradas de terra, e longas viagens. O banco poderia ser macio como o da Tenere 660 para ser perfeita no conforto. O parabrisa gera um desconforto aerodinâmico muito grande, pois a turbulência de ar que se forma atrás dele gera muito barulho no capacete. (solução encontrada cortar a bolha rente ao suporte e incliná-la para trás) A pior moto que ja tive com relação a freios. Péssimos. Não adianta colocar aeroquip, pastílhas, dot5, etc... nada resolve. A única solução é colocar disco de freio de maior diâmetro.
Pros:
ótima autonomia suspensão baixo consumo ótimos farois conforto
Contras:
Freios muito ruins Aerodinâmica

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
11000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4.5
5
4.5
5
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Marcelo Spezani em 26/02/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
ótima moto em qualquer terreno. Excelente farol. Peca nos freios que são extremamente ruins. Não adianta trocar o fluido, pastilhas ou colocar aeroquip. A solução é instalar um disco de maior diâmetro. A bolha causa muita turbulência de ar, ocasionando muito barulho.
Pros:
Farol consumo autonomia suspensão painel pneus
Contras:
freios parabrisa

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
14000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
4.5
4.5
4.5
5
5
4.5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de vanderci jose de sousa em 08/07/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
Para quem gosta de viajar até uns 100km/h. Pode até pedir a mesma em casamento kkkkk
Pros:
Autonomia: O tanque da Ténéré são de 16 litros. Andando a 100km/h com garupa e bagagem, ela faz uma média de 29km/l. Então nesta velocidade a autonomia é de 464km, ou seja , excelente. Dirigibilidade: Faz curva como ninguém. Muito maleável enquanto se está andando nela. Esterçamento do guidom: A Ténéré é fantástica neste quesito. o guidom gira muito. Imponência: Todos os que não fazem parte do mundo de duas rodas e até mesmo alguns deste mundo confundem a Ténéré com uma moto de 600cc. O motoristas tem mais respeito por ela. Já perdi as contas de quantas pessoas me perguntaram se ela são 600cc. Punhos: Os da Ténéré são excelentes. A borracha é macia ao ponto ao meu ver. Suspensão traseira: Pelo menos a da minha atual 2013 é excelente, ao contrário da outra 2012 que tive, pois achei bem durinha. Farol: Excelente. Ilumina muito bem. Pneus: Os originais da Pirelli são excelentes. Deixam a mesma super estável. Posição de pilotar: Excelente, coisa de cinema. A posição é tão boa que te leva ao um grau de relaxamento grande ao pilotá-la. Altura do assento: Para mim que tenho 1,77 é boa, mas mesmo assim, vacilou é chão. Para os que tem menos de 1,70 é melhor rebaixá-la, porque se não, vai ser chão a cada volta. O para-brisa da Ténéré causa turbulência, mas você se acostuma. Com a minha altura ele tira o vento do peito e joga na viseira. Eu só piloto com protetor auricular, portanto, a turbulência me afeta pouco. Freios: Eu que vim de uma Fazer, achei bem ruins no início, pois o seu funcionamento é bem diferente dos da Fazer. Mas agora já acostumei com o seu funcionamento e os acho muito bons. Retrovisores: Em virtude do guidom ser largo, consequentemente os retrovisores ficam bem para os lados e te dão excelente visão na retaguarda. Banco: A espuma é bem durinha, mas o tamanho é muito bom. É só para quem viaja colocar uma almofada de gel em cima do mesmo e o problema está resolvido. Resistência: Dificilmente quebra, pois tem muito dna, É UMA YAMAHA. Consumo urbano: Comigo 25km/l na cidade andando meio termo( Tiosão e V Rossi).
Contras:
Rodas: De péssima qualidade. Enferrujam fácil. Vibração: Vibra mais que a minha antiga Fazer, mas você se acostuma. Mas também não acho muito. Troca de marchas: A Tete exige mais as trocas(na reduções), se não ela trepida mais do que vara verde. E também tem que esticar bem as marchas antes de passá-las, se não é trepidação também. Manobrabilidade com a moto parada: a Tete é muito pesada, parece uma moto de 1000CC.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
9900
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
4.5
4.5
4.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Peterson em 13/11/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
Minha moto é 2014 modelo 2015, mas no site não aceita ano de fabricação 2014
Pros:
Muito confortável, ela é robusta pela cilindrada, estou vindo de uma xre 300, nem se compara a conforto, ciclística e consumo, muito melhor e mais gostosa para curvas, me passa mais segurança que a xre. Outro ponto forte é consumo muito melhor que a Xre pois perde um pouco de arrancada em relação a xre mais depois de 4000 rmp não fica para traz não. Sinto muito mais conforto na estrada pois a bolha dela faz bastante diferença. No geral estou muito contente com a aquisição Agora tenho seguro e consumo menor que na moto anterior.
Contras:
Uma coisa que não me agradou nela foi a sua traseira que parece que esqueceram de fazer acabamento, isso resolvi colocando a bagageiro da scam de liga leve melhorando muito o designer da moto. Sinto falta da sexta marcha na estrada.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
0
Manutenção
Custo de Mantenção
5
5
4.5
4.5
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Kleber em 13/11/2014

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
Primeiras revisões são gratuitas, intermediárias razoável e revisão completa achei caro.
Pros:
Olá a todos, Yamaha Ténéré 250cc a motoca que os mecânicos falam mal, por quê ? A robustez do produto faz que a moto não apresente defeitos. Tenho uma laranja com 9000 km não posso falar pela minha moto esta pouco rodada, mas conheço dois prestadores de serviço que utilizam a moto e estão com seus 300.000 km e o motor nunca foi mexido, podem acreditar!!!!!. Esta provado que o revestimento de cerâmica nos pistões e o material forjado utilizado pela Yamaha é superior a todos os produtos disponibilizados no BRASIL, isso sem contar o restante do conjunto que torna a moto ainda mais diferenciada: faróis, banco, altura, conforto, tanque, economia, dirigibilidade, etc ... Realmente o melhor custo benefício entre as motos trail de baixa cilindrada. Enfim 3 fatores que podem mudar sua opinião na compra de uma trail: valor do seguro, consumo e durabilidade do produto isso tudo a Ténéré tem de sobra. Espero ter ajudado com o relato abcs a todos.
Contras:
Bom, impossível qualquer produto agradar 100% portanto vou relatar meus pontos negativos na Ténéré. - Barulho do motor a 4500 giros é muito feio fica estourando e a impressão é que as válvulas vão pular, detalhe em outras rotações não ocorre; - Traseira da moto ficou muito pobre, falta um melhoria na carenagem e um bagageiro de peso; - Em uma tocada mais agressiva na estrada o pneu dianteiro perde aderência é preciso conhecer a moto e os limites; - Em viagens longas a vibração do motor incomoda um pouco pois o único pistão proporciona esse estado de tremor nos braços e pernas; - O número de concessionárias é escasso em algumas regiões, isso faz perder muito tempo com o leva e trás do moto.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
9900
Manutenção
Difícil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
4
4
4.5
3.5
4
4.5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Alexandre Langner em 05/02/2015

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Comentários:
Com a moto beirando os 18.ooo km, sinto-me confiante para escrever sobre a mesma e a recomendo, mas com ressalvas, explico: Quando escolhi esta moto me baseei em comentários encontrados em diversos sites, inclusive o Motonline, infelizmente isso me deu uma expectativa inflada sobre a Ténéré, não que os outros comentários não reflitam a realidade de cada um, longe disto, mas prefiro um texto mais objetivo e livre da paixão que nós motociclistas tanto sentimos por nossos brinquedos de gente grande. Diversas características da Tézinha me agradam como, por exemplo: o consumo, a autonomia, a proteção proporcionada pela bolha, o conforto das suspensões e sua aparência. Mas há outras características que me desagradaram, e muito. A insegurança que sua suspensão e freios passam, aliados ao fraco desempenho que ela apresenta em alta me ceifaram um prazer, o de sair com minha garota pelas rodovias paulistas. Pode ser exagerado, eu sei, mas é verdade, tanto é que no último ano rodei com ela apenas 1/3 do que andei com minha antiga Twister em igual período, fato constatado com certo espanto de minha parte. A baixa qualidade construtiva da mesma também me decepcionou, onde a Yamaha utilizou materiais baratos ao invés de investir em balanças e aros de alumínio, ou simplesmente uma pintura que protegesse as peças da corrosão. Como disse, para meu uso e minhas preferências esta moto ficou aquém do necessário, não sinto nem de longe a satisfação que sentia com minha Twister/08, mesmo a antiga sendo beberrona e com vazamentos no cabeçote. A Ténéré foi a moto que me fez decidir comprar um carro. Yamaha tem muito a melhorar, não é a toa que a Honda vende absurdos em terras tupiniquins.
Pros:
A Tézinha é muito econômica (28km/l em média na cidade), o que aliado a seu tanque de 16l garante autonomia para muitos quilômetros. O torque "em baixa" é muito bom, arranca com facilidade mesmo em subidas. Sua carenagem e bolha protegem o piloto de maneira muito satisfatória, impedindo o vento e a chuva com competência. A suspensão é bem macia e confortável, mas tem seu porém que explicarei nos "contras". Farol muito eficiente. Visual chama atenção tanto pela beleza quanto pelo porte de moto grande, dificilmente o motorista do carro à frente não te vê. Anda bem em estradas de terra batida, encara com competência uma trilha leve. Não teve manutenção pesada até o momento.
Contras:
---Características: *A moto é feita com matérias-prima de péssima qualidade que associadas a uma pintura ruim, culmina em inúmeros pontos de ferrugem. Tem na balança, no aro, nas hastes dos retrovisores, não sei quantos anos a moto aguentará sem derreter por completo. (não moro no litoral e nunca fui pra lá com ela). *Freios ineficazes, não confie neles, são borrachudos e de baixa potência. Em especial o dianteiro, o traseiro não é tão ruim. *Barulho estranho do motor, parece que está quebrado ou com algo solto lá dentro. *Banco impossível, se usar em viagens, prepare 500 Dilmas para trocar por um banco de verdade. *Aros de aço empenam facilmente. ---Agora os dois principais motivos da minha decepção: *Desempenho: muito fraquinha em altas quando se está com garupa, chega a ser perigoso nas rodovias paulistas onde o limite é de 120km/h, não tive coragem de colocar minha garota na garupa e pegar a estrada, o que fazia sem pensar quando tinha uma Twister. *Suspensão: embora muito macia e confortável, a traseira cede vergonhosamente quando se está com garupa, o guidom chega a perder o contato com o solo em uma arrancada ou troca de marcha em subidas, por exemplo, perigosíssimo. Isso que ela pesa uns 60 kg (ahh se ela me vê escrevendo isso, kkk). ---Problemas apresentados: *As sanfonas da suspensão rasgaram com cerca de 14mil km, problema que é facilmente resolvido substituindo por uma "Circuit" por cerca de R$ 80 Dilmas. *Vazamentos de óleo em uma junta do motor e na tampa do filtro.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
18000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
3.5
4.5
3.5
3.5
4.5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Leandro Daneluz em 09/05/2015

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2013

Comentários:
A moto me surpreendeu ficando acima de minhas expectativas, a todo momento quero sair de casa para anda com ela, muito divertida de pilotar. Recomento a compra.
Pros:
- Moto com estilo único e imponente, tratando-se 250cc; - Posição de direção muito confortável; - Altura da moto possibilita passar em qualquer obstaculo; - O guidão fica acima dos retrovisores dos carros; - Iluminação muito boa; - Ronco do motor agradável; - Consumo satisfatório 25km/litro; - Autonomia de 400 Km; - Atinge uma velocidade máxima de 140 Km/h; - Mantêm, sem reduzir marcha, 120 Km sem garupa e 110 Km com garupa com facilidade; - Tenho 1,70 m e coloco metade do pé no chão e com o garupa fica mais fácil, e coloco o pé inteiro no Chão; - Marcador de hora; - Dois tacômetros para fazer as médias de consumo; - Toda vez que fui a concessionária/Francisco Beltrão/PR, fui sempre bem atendido;
Contras:
- Banco muito duro para longas viagens; - Banco do garupa força as costas para longas viagens; - Marcador do combustível muito impreciso; - Quando está com garupa a luz da moto fica mais alta; O que eu já sabia; - Poderia ter 6 marcha; - Poderia ter marcador de marcha; - Tem que trocar muito as marchas devido ser 1 pistão, se ficar com rotação baixa em 3 marcha a moto apaga por exemplo;

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
1000
Manutenção
Custo de Mantenção
4.5
5
3.5
4.5
5
4.5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Thiago Tavares Campos em 04/06/2015

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Comentários:
Comprei a moto a exatos 1 ano e 2 meses, a moto estava com 1050km rodados basicamente zero ano 12/13. Já veio com aros de alumínio instalados, e o dono me entregou os originais, que ja estavam muito enferrujados achei que era devido a forma como foi guardada, mas participando de um fórum especializado descobri que é um problema cronico no modelo. Alguns acessórios úteis para a moto são: protetor de mão, reforço do quadro, protetor de motor e uma bolha mais alta, senti falta de um pisca alerta na moto, mas nada que não possa ser instalado em alguns minutos. A moto atende muito bem as minhas necessidades de transporte, ida e volta ao trabalho perímetro urbano de SP, e alguns trechos de rodovias e pista de fluxo mais rápido como Dutra, e marginais, ela veio para substituir minha Twister que já tinha mais de 10 anos de uso. Tem baixo consumo de combustível, atualmente trabalho perto (80km dia) então estou abastecendo somente uma vez por semana com média global de consumo até hoje de 29,5km por litro, o período de troca de óleo a cada 5 mil, também gera uma boa economia, sem abusar da moto o óleo ainda sai bom nas trocas, na moto anterior em trocas com 2 ou 3 mil o óleo saia em um estado muito pior. Atualmente o custo KM da moto está em R$ 0,290 centavos, esse custo eu considero todos os gastos que ja tive com a moto dividido pela KM (seguros, documentos, combustível, óleo, manutenção, acessórios, e ferramentas compradas somente para ela como a engraxadeira), como os acessórios são comprados uma vez só o valor do KM irá diminuir pois esse valor vai se diluindo conforme rodo com a moto, tono inicio de ano, tem um aumento no custo do KM devido a documentos e seguro, mas que também se dilui no decorrer do ano. O valor KM considerando somente combustível está em em RS 0,102, se considerar óleo e filtro que devem ser trocados a cada 5k esse valor sobe para RS 0,106. Um ponto importante é que eu consigo manter um baixo custo pois eu mesmo faço todas as manutenções, desde a mais simples como troca de pastilhas e fluidos, até as mais complexa como abrir motor para troca de anéis, retifica e etc, mesmo se considerar esses serviços o custo de uso da moto se altera pouco pois os períodos são longos, e com a manutenção em dia a moto ira rodar muito até ser necessário algum serviço mais pesado, no fórum da Tenere tem relatos de motos com mais de 100.000km que ainda não precisou de nenhum serviço além dos básicos como, fluidos, relação, embreagem, pneus e freios. É uma boa moto para iniciantes por ser bem dócil e fácil de pilotar, porem não recomendo para pessoas de baixa estatura pois a moto pode tombar algumas vezes até se acostumar com a ciclística, também não aconselho como moto para viagens apesar muitos usarem para esse fim, com garupa e bagagem ela tem dificuldade em manter a velocidade das estradas (120), ja aconteceu de eu ser ultrapassado por caminhão estando a 110 por hora em uma via de 5 faixas onde eu estava na terceira delas, o vento me jogou para o acostamento no momento (o arrasto vez eu passar por duas faixas até conseguir segurar a moto), se for andar por estradas secundárias de velocidade menor, pode ser uma boa opção, com a vantagem de não recusar terreno não pavimentado.
Pros:
- Moto econômica - Fácil manutenção, você pode fazer quase tudo em casa com um kit de ferramentas simples - Peças de manutenção básica são baratas. - Boa postura - Passa pelas ruas ruins de São Paulo com facilidade
Contras:
- Falta um pouco de potencia, em alta, poderia ter mais uma marcha ou uma relação pouca coisa mais longa, para manter a velocidade das estradas com segurança (120) - A roda original de ferro enferruja muito fácil, e pode apresentar trincas com pouco tempo de uso. - O banco é muito duro obrigando quem faz viagens longas a comprar um personalizado mais confortável. - a bolha é mto baixa e joga todo o vento direto no capacete. - baixa capacidade de carga, existem reforços para o quadro vendidos separadamente para quem pretende colocar baús e alforjes, algumas motos apresentaram trincas no quadro.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
20500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
4
4.5
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Savio Tonel em 15/12/2015

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Excelente moto, tenho desde 2011 e nunca tive problema algum, consumo médio fica em torno de 30km/l, ótima dirigibilidade e segurança.
Contras:
Tenho 3 pontos negativos a falar sobre a Tenere 250: - as rodas enferrujaram muito rápido, tenho duvidas sobre a qualidade do material. A solução que encontrei foi pinta-las de preto fosco, o que deixou o visual mais legal que a original. - a bolha é pequena pelo tamanho da moto, também fiz uma interferência e coloquei uma bolha maior, ficou perfeito, o vento agora passa acima do capacete. - o banco não é muito confortável para viagens um pouco mais longas, e não precisa ser muito longa não cerca de 100-150 km já incomoda, mas para isso também pode-se fazer um investimento e trocar o assento.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano
Quilometragem
18500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
5
4
3
5
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Bruno Lui de Aguiar em 22/01/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2015

Pros:
Moto com boa ergonomia. Confortável para pessoas altas. Ótimo consumo. Robusta. Ágil. Baixo custo de manutenção.
Contras:
Motor deixa a desejar para viagens. Banco não muito confortável para viagens com mais de uma hora. Muito pontos de ferrugem nos raios das rodas e outras partes metálicas.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem
5500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
4
4
3
4
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de hernane em 25/01/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
sou motociclista ha 21 anos, ja tive varios tipos de motos e a tenerezinha me surpreendeu... muito estavel, confortavel, robusta, confiavel (não quebra de jeito nenhum), economica (nunca fiz menos de 30km/l, e ando quase sempre com garupa), motor suave e forte (o melhor motor 250 que eu ja vi, tenho tambem uma cbr 250 e essa msm tendo um motor mais evoluido ainda perde pro motor yamaha), ciclistica perfeita, farol muito forte, posição de pilotagem excelente, prazer em pilotar (coisa rara em motos pequenas), suspensoes quase perfeitas (explico nos contras), enfim, a moto é pau-pra-toda-obra, faz jus ao nome ténéré que leva no tanque
Contras:
as unicas queixas que tenho da TN250 é relativa a suspensão dianteira que apesar de ter muito bom funcionamento sempre faz um barulho quando passa por algum buraco, um TOC, defeito esse que parece que muitas yamahas tem (tive uma virago que tbem tinha isso, uma DT 200 que tbem tinha) mas parece que as 2012 em diante isso foi resolvido. Parece que era problema na flauta. Já a suspensão traseira, tbem apesar de ter funcionamento impecavel, ela afunda um pouco alem da conta quando se leva garupa. As sanfonas originais rasgam facilmente, coloquei a da circuit e acabou o problema. Pinhão se desgasta muito rapido, defeito tbem relacinado a quase todas as XTs. Acho que por ele ser muito pequeno (13 dentes) somado ao alto torque. Apesar destes pequenos detalhes a moto é surpreendente, vale muito a pena...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
35
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
4
5
4
5
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Isaias Florencio em 05/03/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Moto robusta, confiável, econômica e condizente com a proposta. Manutenção, só a preventiva, por enquanto.
Contras:
Motor poderia ter mais força. Vibração acima de 120 km/h. Consumo de combustível acima de 120 km/h (~24km/L)

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
26500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
5
4
3
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Luis Alberto Martins de Oliveira em 07/03/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2014

Pros:
Excelente custo beneficio,muito economica ,otima dirigibilidade.
Contras:
Aros e base dos retrovisores enferrujam.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
17000
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Baixo
5
5
4
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Julio Cesar Barel Alves em 23/03/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2015

Pros:
Entre todas as qualidades, eu destacaria a autonomia, economia, motor econômico e durável, conforto, excelente farol, posição de dirigir... etc, etc, etc!!!
Contras:
Acho que a Yamaha não valoriza a Ténéré 250! São pequenos detalhes que a deixariam perfeita! Não considero defeitos, mas melhoraria se: Motor um pouco mais forte! Pelo menos uns 30 cv, sem perder a durabilidade e economia!! Na estrada, uma sexta marcha ajudaria! Pneu 90/90-21 na frente! Moto com dois faróis tem que ter alta e baixa nas duas lentes!! Indicador de marcha!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
4750
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
5
5
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Guilherme Morbey em 10/04/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Muito versátil na cidade e baixo custo de manutenção
Contras:
Pra uma 250 aquele calor do radiador podia ser melhor distribuído

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
0
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
5
5
4
4
5
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Carlos José Batista d'Almeida em 16/04/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2014

Pros:
Moto agil na estrada e off road leve, na rua sempre larga na frente. Boa de curvas e retomadas. Recomendo.
Contras:
Banco ruim.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Lazer
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
17000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
5
4
2
5
5
5
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Erick em 21/07/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2015

Pros:
uma ótima opção para o dia dia , Visual , conforto ,consumo , iluminação do farol ...
Contras:
Junta do motor , banco que vem de fabrica não é bom para viagens mais longas...

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Utilitário
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
38
Manutenção
Dentro do esperado
Custo de Mantenção
Normal
4
4
4
3
5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Ricardo Ortiz Galante em 12/08/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2012

Pros:
Moto excelente, nunca deu problemas.
Contras:
O banco é duro, que atrapalha em viagens um pouco mais longas; Algumas peças (por exemplo o Kit relação) são muito caras para uma moto 250.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
41000
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
4
5
3
4
5
4
4
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de F1 Multimarcas em 13/08/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
Moto excelente, graças ao seu custo benefício eu ouso dizer que é a melhor de todas as motos abaixo de 500 cc. Não dá problemas à toa e não possui nenhum problema crônico; Mecânica 100% confiável que não deixa ninguém na mão (claro, isso se a moto for abastecida sempre com gasolina aditivada e tiver as revisões feitas na hora certa); Design muito bonito e imponente, além de ser bem diferenciado; Manutenção barata; Consumo EXCELENTE de 30 km/litro NA CIDADE! Na estrada a 90 km/h e na quinta marcha o consumo pode passar facilmente de 36 km/litro! É muito econômica para uma 250 cc. Recomendo a todos!
Contras:
Banco original meio duro, ausência de sexta marcha e falta de torque abaixo de 4000 rpm (a partir da terceira marcha). Nas curvas (principalmente com piso molhado) é melhor não abusar da velocidade e nem confiar muito no atrito dos pneus. Fora isso, a moto é perfeita!

Condições do Teste

Tempo de Uso
Menos de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem
31500
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Normal
5
5
4
3
4
5
5
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)

Avaliação de Paulo em 02/12/2016

Avaliou moto Yamaha XTZ 250 Tenere 2011

Pros:
É uma moto muito bonita, muito econômica, fazendo 30 km/litro na cidade e em média 33 na estrada, manutenção barata.
Contras:
Moto mais fraca que a minha avó, na estrada até que anda, ainda que estando sujeita a muita turbulência, o que a deixa bastante instável. Mas na cidade toma pau de CG com esse torque ridículo (ela precisa estar a pelo menos 4500 giros pra andar direito). Se você pensa em andar em estrada de terra com ela, esqueça. A suspensão dela é dura. E ela exige muito cuidado nessas condições: A minha, teve uma vez que ela escorregou DO NADA e caiu, em uma estradinha que tinha poucas pedras e um pouco de areia. Sorte que eu estava a apenas 30 km/h... No asfalto você deve tomar cuidado nas curvas. Enfim, a quem pretende comprar essa moto, sugiro que compre uma XRE 300, mas escolha as que foram fabricadas de 2013 em diante, pois essas tem muito menos chances de dar aquele famoso problema no cabeçote. Ou então compre uma falcon.

Condições do Teste

Tempo de Uso
Mais de um ano
Tipo de Uso
Transporte
Terreno Testado
Urbano, Estrada
Quilometragem
33200
Manutenção
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção
Baixo
3
5
3
1
3
5
3
Esta análise foi útil para você? Sim (0) Não (0)