dovizioso-marquez_motogp

Dovizioso vence em Motegi e adiciona emoção na MotoGP

Sob chuva no circuito de Motegi, no Japão, Andrea Dovizioso (Ducati) e Marc Marquez (Honda) travaram um dos duelos mais emocionantes da temporada 2017 da MotoGP™, deixando tudo para a última volta. Apesar dos melhores esforços do atual campeão, foi Andrea Dovizioso quem levou a melhor e conquistou sua quinta vitória na temporada (a sétimo de sua carreira).

Com o resultado, o italiano diminui para apenas 11 pontos a diferença para o líder do campeonato, Márc Márquez, que nesta prova conquistou seu 100º pódio na carreira. O terceiro colocado foi Danilo Petrucci (Ducati) completando o pódio. Faltando apenas 3 provas para o fim do campeonato (Austrália, Malásia e Valência), a Ducati definitivamente entra na briga.

Metade da corrida Dovizioso e Márquez foram trocando de posição

Metade da corrida Dovizioso e Márquez foram trocando de posição

MotoGP: emoção do início ao fim

Márquez largou na frente, com Jorge Lorenzo (Ducati) colado na sua moto para logo assumir a primeira posição. Marquez foi seguido por Petrucci e Johann Zarco (Yamaha), com Dovizioso  apenas observando o início de prova para estabelecer sua melhor estratégia. Não demorou muito para Márquez superar Lorenzo, o que fez também Petrucci e Dovizioso.

Lorenzo na liderança: cena comum nos inicio de corridas, mas o espanhol não consegue manter o ritmo

Lorenzo na liderança: cena comum nos inicio de corridas, mas o espanhol não consegue manter o ritmo

Com a chuva, a prudência era a melhor conselheira e os dois que lutavam pelo título permitiram a Petrucci algumas voltas de liderança. Mas com 12 voltas para terminar, Márquez fez seu primeiro ataque e até parecia que iria abrir frente para liderar fácil até o final, mas “DesmoDovi”, como ficou conhecido Andrea Dovizioso veio junto. Ambos imprimiram ritmo mais forte e definiram como seria a briga no final, deixando tudo para a última volta.

Mas antes ambos já haviam dados um sinal de que a disputa seria quente, apesar da chuva, e trocaram “farpas” com ultrapassagens espetaculares, trocando de posição, como se fosse um ensaio para aquela última volta. A última volta trazia Márquez com meio segundo de vantagem para Dovizioso, mas a Ducati estava impossível de segurar no final das retas e Dovizioso assumiu a ponta faltando meia volta, mas Márquez ainda tentou dar o troco na última curva, sem sucesso e ambos entraram na reta de chegada colados e a Ducati de Dovizioso cruzou na frente.

Team Ducati: quinta vitória nesta temporada

Team Ducati: quinta vitória nesta temporada

O quarto colocado foi Andrea Iannone (Suzuki) com seu companheiro de equipe Alex Rins na quinta posição, seguidos de Jorge Lorenzo, Aleix Espargaro (Aprilia), Johann Zarco (Yamaha), Maverick Viñales (Yamaha), Loris Baz (Ducati). Valentino Rossi (Yamaha) sofreu um queda sem maiores consequências e parece ter dado adeus à luta pelo campeonato. A próxima etapa da MotoGP será e Phillip Island, na Austrália, no dia 22 de outubro.

Fotos: Ducati Corse (press area)

Separador_MotoGP



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.