imagem_release_1106420

Kawasaki está imbatível no Mundial de SuperBike

A Kawasaki Racing Team está dominando por completo o Mundial de SuperBike em sua temporada 2017. Depois do piloto Jonathan Rea conquistar o título (faturando seu tricampeonato) e a KRT faturar a vitória por equipes, agora a marca também conquistou o título entre as marcas. A marca japonesa alcançou 549 pontos e comemorou o resultado neste final de semana, na penúltima etapa do WSBK, disputado no tradicional circuito de Jerez.

Vitória de  Jonathan Rea e título para a Kawasaki Racing Team. Tudo normal no Mundial de SuperBike 2017 em sua penúltima etapa, disputada em Jerez

Vitória de Jonathan Rea e título para a Kawasaki Racing Team. Tudo normal no Mundial de SuperBike 2017 em sua penúltima etapa, disputada em Jerez

O campeão antecipado, Jonathan Rea (#1), venceu as duas baterias sem grandes dificuldades para alcançar a sua 14ª vitória na temporada e dominar a etapa. A maior disputa ocorreu na primeira bateria realizada no sábado quando o norte-irlandês, que largou em segundo, tomou a dianteira na volta inicial, porém, não conseguiu abrir vantagem para o então vice-líder, Marco Melandri (#33), da Ducati. Os dois pilotos brigaram pela liderança ao longo de quase toda a prova e revezaram a ponta. Entretanto, o italiano teve problemas mecânicos nas voltas finais e abandonou a corrida. Com isso, Rea reassumiu a primeira posição e recebeu a bandeirada em primeiro – mais uma vez. O colega de equipe, Tom Sykes (#66), comemorou o centésimo pódio da carreira mas perdeu a vice-liderança do campeonato e agora ocupa a terceira posição, empatado em número de pontos com Chaz Davies (#7), da Ducati.

Os ótimos resultados protagonizados por Jonathan Rea e Tom Sykes garantiram à Kawasaki os títulos entre as marcas, o de melhor equipe e também, claro, o terceiro troféu para Rea

Os ótimos resultados protagonizados por Jonathan Rea e Tom Sykes garantiram à Kawasaki os títulos entre as marcas, o de melhor equipe e também, claro, o terceiro troféu para Rea

“A Kawasaki ganhou o campeonato de construtores hoje [domingo] e o mérito não foi apenas da moto, do piloto, da gestão ou do chefe de equipe. Foi de cada pessoa dentro do time e no departamento de corrida no Japão. Todos participaram desse resultado e eu estou muito orgulhoso de fazer parte disso. Na corrida, tive uma largada muito boa. Meus mecânicos estavam me incentivando logo antes de sair para o grid. A vitória veio do meu chefe de equipe, Pere Riba, que me pediu para confiar nele com algumas mudanças de geometria e no pneu dianteiro. O resultado foi fantástico”, comentou Rea sobre o desempenho imbatível da Kawasaki no WSBK.

Agora o Mundial de SuperBike vai para sua última etapa com todos os resultados definidos, e ela ocorre no Qatar, no Circuito de Losail, nos dias 2, 3 e 4 de novembro. Representada pelos pilotos Chaz Davies e Marco Melandri, a Ducati soma 363 pontos e o único título com chances de obter é o vice-campeonato, o que estragaria a concretização de -mais uma- dobradinha da Kawasaki com Rea e Sykes.

Separador_motosFonte: VGCOM



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.