motogp-misano-marquez-e-quartararo-3

MotoGP: sangue frio dá vitória à Marc Márquez em Misano

Marc Márquez (93, Repsol Honda Team) deu mais uma aula de talento e estratégia na manhã deste domingo, quando a MotoGP realizou a 13ª etapa do calendário. Em Misano, o atual campeão fez uma prova de sangue frio, perseguindo o líder Fabio Quartararo (20, Petronas Yamaha SRT) por mais de 20 voltas até encontrar a hora perfeita para o bote, na última volta. Quartararo ficou com o segundo posto e o pole position Maverick Viñales (12, Monster Energy Yamaha MotoGP) fechou o pódio.

Última volta fantástica em Misano, com Quartararo e Márquez disputando a liderança. Marc pode ser declarado campeão antecipado na próxima corrida, 22 de setembro, correndo em casa

Última volta fantástica em Misano, com Quartararo e Márquez disputando a liderança. Marc pode ser declarado campeão antecipado na próxima corrida, 22 de setembro, correndo em casa

Aliás, que prova sensacional do novato francês. Em sua primeira temporada na classe rainha (foram duas na Moto3 e outras duas na Moto2) foram quatro pódios e três poles, com uma moto satélite – que se provou visivelmente limitada nas retas de Misano. Assim, Quartararo segurou o heptacampeão Marc Márquez, defendendo-se em diferentes pontos do traçado, em uma briga pelo primeiro lugar que foi a parte do restante da corrida.

Os dois pilotos deixaram o melhor para o final. Após um longo período analisando o líder e ensaiando ultrapassagens, Márquez passou Quartararo nos metros inicias da última volta. Logo após o francês retomou o posto mas acabou sofrendo nova ultrapassagem. A última prova valeu toda a corrida.

Luzes na KTM

Se das 15 primeiras motos a cruzarem a linha de chegada apenas duas eram Honda (e uma era o Jorge Lorenzo, em 14º), três eram KTM. Pol Espargaro largou da segunda posição e, apesar da má largada, se manteve entre os primeiros durante todo o tempo até concluir a corrida com o sétimo lugar. Johann Zarco foi o 11º e Hafizh Syahrin chegou em 15º.

A lenda viva Giacomo Agostini (o maior campeão da história do Mundial, com 15 títulos e 122 vitórias) observando Marc Márquez vencer mais uma. O que ele estaria pensando?

A lenda viva Giacomo Agostini (o maior campeão da história do Mundial, com 15 títulos e 122 vitórias) observando Marc Márquez vencer mais uma. O que ele estaria pensando?

Marc Márquez, o próximo campeão da MotoGP

Falta pouco para Marc Márquez sagrar-se campeão antecipado da MotoGP 2019. O piloto lidera com 93 pontos de diferença sobre o segundo colocado Andrea Dovizioso, e restam apenas seis etapas pela frente. Marc tem 275 pontos, contra 182 de Dovi, 151 de Danilo Petrucci, 149 de Alex Rins e 134 de Maverick Vinales, que fecha o top5.

vinheta-instagram_9



Guilherme Augusto

@obomguiaugusto >> Amante de motos em todas suas formas e sons (se for de 2T, melhor). Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever