Maverick Viñales e Valentino Rossi

MotoGP: Yamaha, Honda, Ducati e Suzuki mostram suas armas

A temporada 2019 da MotoGP faz sua estreia apenas no dia 10 de março, com o Grande Prêmio do Catar, no Circuito de Losail. Porém, nesta semana ocorrem os primeiros testes oficiais do ano, na Malásia (autódromo de Sepang), e as equipes aproveitam a época para apresentar seus protótipos que têm a missão de obter os melhores resultados nas 19 etapas que compõe a temporada que está por vir. Honda, Yamaha, Ducati e Suzuki já mostraram suas armas.

Para mostrar a nova RC213V, a Honda leva 14 títulos da MotoGP e 500cc ao palco: Doohan, Márquez, Lorenzo e Criville

Para mostrar a nova RC213V, a Honda leva 14 títulos da MotoGP e 500cc ao palco: Doohan, Márquez, Lorenzo e Criville

Em 2019 a HONDA celebra 25 anos de parceria com a Repsol e, naturalmente, a RC213V vem tingida em laranja, branco e vermelho, praticamente idêntica ao modelo do ano passado. É com ela que Marc Márquez vai em busca do sexto título na categoria principal (relembre o último aqui) e Jorge Lorenzo, estreante na equipe, do quarto. Os veteranos (e campeões) Mick Doohan e Alex Criville participaram da apresentação da moto, em Madri, Espanha.

Já a YAMAHA se veste de preto para a temporada. Com as cores da nova patrocinadora Monster (no lugar da Movistar) predominando, a nova YZR-M1s tem a missão de superar os inúmeros problemas do calendário passado (quando venceu apenas uma corrida em 19 provas), especialmente de eletrônica, e contribuir para o primeiro título de Maverick Viñales ou o sétimo (na categoria principal) de Valentino Rossi. A apresentação ocorreu em Jacarta, Indonésia.

A nova SUZUKI GSX-RR foi apresentada através de um vídeo ao vivo, transmitido pelo YouTube. O protótipo mantém as mesmas cores da temporada passada – talvez na expectativa de repetir os bons resultados, quando conquistou nove pódios -, mas com detalhes em branco e amarelo. A carenagem dianteira também mudou. A moto será pilotada por Álex Rins e o estreante Joan Mir, que foi campeão na Moto3 em 2017 e obteve o sexto lugar na única temporada em que correu pela Moto2, ano passado.

A DUCATI apresentou a GP19, na Suíça, que será conduzida pelo experiente Andrea Dovizioso e por Danilo Petrucci, que estreia na equipe de fábrica. No melhor estilo ‘all italian’ o protótipo abandona a escala de cores dos outros anos e veste apenas vermelho, com um grande logo da patrocinadora Mission Winnow na carenagem. O logo da Audi, proprietária da Ducati, também está ali – pela primeira vez, aliás. Até hoje a Ducati conquistou apenas um título no Mundial, em 2007, com Cassey Stoner.

Mesmo sendo uma equipe satélite, a SIC também está atraindo olhares. O time privado da Yamaha estreia na temporada 2019 (ocupando o lugar da Tech3, que migrou para a KTM) e correrá com duas M1 diferentes, uma modelo 2018 que será conduzida pelo estreante Fabio Quartararo, e outra 2019, supostamente idêntica a de Rossi e Vñales, que estará nas mãos de Franco Morbidelli. A equipe marca a entrada da gigante Petronas na MotoGP.

MotoGP 2019 – pilotos e equipes

DUCATI TEAM
Andrea Dovizioso #04
Danilo Petrucci #9

KTM Tech3 RACING (KTM)
Hafizh Syahrin #55
Miguel Oliveira #88 (ex-Moto2)

RED BULL KTM FACTORY RACING
Johann Zarco #5
Pol Espargaro #44

REPSOL HONDA TEAM
Marc Márquez #93
Jorge Lorenzo #99

TEAM SUZUKI ECSTAR
Joan Mir #36 (ex-Moto2)
Álex Rins #42

YAMAHA FACTORY RACING
Maverick Viñales #12
Valentino Rossi #46

Apostando em agressividade, Yamaha quer deixar no passado a má fase

Apostando em agressividade, Yamaha quer deixar no passado a má fase

Equipes satélite

Francesco (ou Beco) Bagnaia faz sua estreia na MotoGP depois de ser campeão na Moto2 com 12 pódios em 19 provas - sendo 8 vitórias

Francesco (ou Beco) Bagnaia faz sua estreia na MotoGP depois de ser campeão na Moto2 com 12 pódios em 19 provas – sendo 8 vitórias

ALMA RACING PRAMAC (Ducati)
Jack Muller #43
Francesco Bagnaia #63 (ex-Moto2)

APRILIA RACING TEAM GRESINI
Andrea Iannone #29
Aleix Espargaro #41

LCR HONDA
Takkai Nakagami #30
Cal Crutchlow #35

PETRONAS YAMAHA SRT (SIC)
Franco Morbidelli #21
Fabio Quartararo #20 (ex-Moto2)

REALE AVINTIA RACING (Ducati)
Karel Abraham #17
Tito Rabat #53

Separador_MotoGP



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.