93-marc-marquez-destaque

Sachsenring vê predomínio dos irmãos Márquez

Marc Márquez (Honda #93) precisou apenas de 3 voltas para abrir vantagem segura sobre Maverik Viñales (Yamaha #12) e correr tranquilo para a 10ª vitória seguida no circuito alemão de Sachsenring. A prova deste domingo marca o início das férias de um mês do circo da MotoGP e este ano marcou também a estreia das motos elétricas nas pistas, com o primeiro campeonato mundial de MotoE, na qual o brasileiro Eric Granado (#51) terminou na 8ª posição após uma prova de recuperação.

Márquez soma a décima vitória seguida em Sachsenring

Márquez soma a décima vitória seguida em Sachsenring

Apesar da forte pressão sofrida na largada e nas primeiras 3 voltas, o campeão Márquez manteve a primeira posição na prova sem ser incomodado. Viñales, Alex Rins (Suzuki #42) e Fabio Quartararo (Yamaha #20) foram os que mais perto estiveram de causar algum problema para Márquez, mas demonstrando cada vez mais amadurecimento, o espanhol logo deixou claro que naquela pista ele reina soberano e foi assim até a bandeirada final. A monotonia só foi quebrada pelo ímpeto de Cal Crutchlow (Honda #35) para tentar tomar a 2ª posição de Viñales, mas não foi possível, terminando a prova assim, com o inglês no terceiro degrau do pódio.

Outra disputa que trouxe alguma emoção para quem assistiu a prova de Sachsenring se deu pela 4ª posição, onde estiveram envolvidas cinco motos ao longo de boa parte da prova com a troca constante de posições. No final, três Ducati de Danilo Petrucci (#9), Andrea Dovizioso (#4) e Jack Miller (#43) terminaram nesta ordem seguidas por Joan Mir (Suzuki #36) e Valentino Rossi (Yamaha #46), que segue seu jejum de bons resultados, como sempre foi o seu costume. Com a vitória, Márquez soma 185 pontos na liderança do campeonato, contra 127 de Dovizioso, que agora vê seu companheiro de equipe – Petrucci – encostar na classificação com 121 pontos.

Viñales conseguiu segurar a segunda colocação, mesmo com a pressão de Cal Crutchlow

Viñales conseguiu segurar a segunda colocação, mesmo com a pressão de Cal Crutchlow

Moto2 e Moto3 em Sachsenring

Na Moto2 o “irmão” Alex Márquez (Kalex #73) também teve um domingo de passeio. É verdade que não foi assim tão tranquilo, mas igualmente ele largou na pole-position, sofreu alguma pressão no início, mas soube levar sua moto para a bandeirada final com muita folga. Brad Binder (KTM #41) foi o segundo, com o alemão Marcel Schrotter (Kalex #23) em terceiro seguido de Fabio Di Giannantonio (Speed Up #21) e Thomas Luthi (Kalex #12) na quinta posição. Já na Moto3 a tradição foi mantida numa prova com grande disputa todo o tempo e que poderia ter terminado de várias outras maneiras. Mas a equipe Leopard fez dobradinha vitoriosa trazendo Lorenzo Dalla Porta (Honda #48) em primeiro e Marcos Ramirez (Honda #42) na segunda posição, seguidos de Aron Canet (KTM #44) em terceiro, Romano Fenati (Honda #55) em quarto e Raul Fernandez colocando outra KTM (#25) na quinta posição.

O irmão Alex Márquez seguiu o script e também fez uma prova irretocável

O irmão Alex Márquez seguiu o script e também fez uma prova irretocável

Agora pilotos e equipes da MotoGP, Moto2 e Moto3 entram em ferias de verão (na Europa) e voltam para a 10ª etapa do Campeonato Mundial de Motovelocidade no dia 4 de agosto na pista de Brno, na República Checa.

Separador_MotoGP



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.