Olhando assim de longe, difícil identificar

Vídeo: XRE 300 ou Lander 250?

As duas motos que aparecem neste vídeo comparativo estão num segmento dos mais importantes do mercado brasileiro e representam, juntas, quase 4% das vendas de motos no Brasil. Ambas estão no degrau natural para quem sai da base do mercado (motos até 160 cm³) e busca mais versatilidade para uso urbano, viagens e até para encarar alguma aventura off-road.

vinheta-instagram_5Colocamos as duas motos para percorrerem juntas um circuito misto e por diferentes pilotos e registramos tudo em vários pequenos vídeos, que juntamos aqui. Até procuramos grandes diferenças, mas foram tantas semelhanças nos resultados de desempenho e na opinião dos pilotos sobre cada uma que ficamos surpresos. Até o consumo ficou muito parecido no comparativo e pode ser considerado bom para as duas motos. Cada uma delas tem algum destaque, como o conjunto de suspensões e o conforto da Honda XRE 300. Já a Lander 250 se destaca pela agilidade do conjunto ciclístico. No entanto, o excesso de vibração na Yamaha e a exigência de mais giro no motor para manter a XRE 300 esperta mostram onde as duas motos podem melhorar ainda mais.

Confira também o vídeo do teste da Royal Enfield Himalayan

Como se percebe claramente no vídeo comparativo, há vários detalhes positivos e outros tantos negativos em cada uma das duas motos, mas consideramos todos tão pouco decisivos que ousamos concluir que, apesar das diferenças entre elas, as duas motos entregam desempenho praticamente igual. Até as diferenças mais importantes não são tão sensíveis no uso prático do dia-a-dia e a própria ficha técnica de ambas mostra muitos dados técnicos que se equivalem, colocando-as como duas ótimas opções, apesar da diferença de R$1.000,00 no preço. Portanto, para quem está buscando uma moto versátil para todos os dias e até para algumas incursões no off-road, Honda XRE 300 e Yamaha Lander 250 são ótimas escolhas.

Separador_motos



Sidney Levy

Motociclista e jornalista paulistano, une na atividade profissional a paixão pelo mundo das motos e a larga experiência na indústria e na imprensa. Acredita que a moto é a cura para muitos males da sociedade moderna.