brasileiro-de-enduro-fim-4

Yamaha vence no BR de Enduro com piloto francês

Você se lembra de Romain Dumontier, o piloto que a Yamaha chamou para fortalecer seu elenco off road em 2019? Deu certo. O francês venceu a segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Enduro FIM, realizada nesse final de semana, em Nova Bréscia (RS). Com o resultado, o piloto lidera o certame nas classes Enduro GP e E2, a bordo de sua YZ250X.

Romain Dumontier chegou para reforçar o elenco da Yamaha no off road. E o fez. Francês venceu a segunda etapa do Brasileiro de Enduro  FIM - Foto: Janjão Santiago / Yamaha

Romain Dumontier chegou para reforçar o elenco da Yamaha no off road. E o fez. Francês venceu a segunda etapa do Brasileiro de Enduro FIM – Foto: Janjão Santiago / Yamaha

Não bastasse o traçado técnico, a chuva incessante foi um ingrediente que adicionou ainda mais adrenalina à prova, disputada então em solo extremamente escorregadio. Nessas condições Romain venceu a prova no sábado e garantiu o segundo lugar no domingo, sendo assim o piloto mais rápido em pista.

A competição em solo gaúcho também marcou o retorno – em grande estilo – do atual campeão na E1 Bruno Crivillin. O capixaba se recupera de uma cirurgia no joelho e estava há cinco meses sem competir. “Entrei com a cabeça bem tranquila. Apesar do médico ter me liberado para correr, o tempo ainda não é o suficiente para voltar 100%. O objetivo principal era marcar pontos e me manter na briga pelo campeonato. Vou voltar ainda mais forte para a próxima”, comentou o piloto da Honda Racing.

Bruno Crivilin voltou em grande estilo. Piloto, que se recupera de cirurgia e foi o mais rápido na E1, defende o título na categoria - Foto: Rogério Leite / Mundo Press

Bruno Crivilin voltou em grande estilo. Piloto, que se recupera de cirurgia e foi o mais rápido na E1, defende o título na categoria – Foto: Rogério Leite / Mundo Press

Agora o Campeonato Brasileiro de Enduro FIM entra num pequeno recesso e volta em seis semanas. A terceira etapa está prevista para os dias 25 e 26 de maio, em Campos do Jordão (SP).

Campeonato Brasileiro de Enduro FIM

Resultados 2ª etapa – Nova Bréscia (RS)
Romain Dumontier lidera nas categorias Enduro GP e E2 - Foto: Rogério Leite/Mundo Press

Romain Dumontier lidera nas categorias Enduro GP e E2 – Foto: Rogério Leite/Mundo Press

Categoria ​Enduro GP
1 – Romain Dumontier – 47 pontos
2 – Bruno Crivilin – 45 pontos
3 – Júlio Ferreira – 42 pontos

Categoria E1
1 – Bruno Crivilin – 50 pontos
2 – Júlio Ferreira – 40 pontos
3 – Loandro Anton – 38 pontos

Categoria E2
1 – Romain Dumontier – 50 pontos
2 – Gabriel Soares – 44 pontos
3 – Diego Colett – 40 pontos

Categoria E3
1 – Gustavo Pellin – 50 pontos
2 – Crispy Arriegada – 44 pontos
3 – Vinicius Calafati – 38 pontos

Categoria EJ
1 – Patrik Capila – 50 pontos
2 – Washington Murillo – 42 pontos
3 – Augusto Benvenutti – 38 pontos

Categoria E4 Pró
1 – Anderson da Luz – 47 pontos
2 – Judi Brescansin – 47 pontos
3 – Vitor Borges – 40 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 50 pontos
2 – Pablo Zanchet – 44 pontos
3 – Anderson Vieira – 38 pontos

Categoria E40
1 – Erasmo Klering – 47 pontos
2 – José Mário da Fonseca – 47 pontos
3 – Fernando Mauri Splinder – 38 pontos

Categoria E45
1 – Fábio Bizarria – 45 pontos
2 – Frederico Garcia – 44 pontos
3 – Orlei Brazaca – 41 pontos

Categoria E50
1 – Roges Viccari – 43 pontos
2 – José Antônio Cadima – 40 pontos
3 – Washington da Silva – 38 pontos

Categoria E4 230
1 – Fernando Pereira – 50 pontos
2 – Agenor Varela – 42 pontos
3 – Flávio Volpi – 42 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 47 pontos
2 – Felipe Schwantz – 40 pontos
3 – Bruno Zanchet – 37 pontos

Classificação do Campeonato Brasileiro após duas provas

Categoria Enduro GP
1 – Romain Dumontier – 87 pontos
2 – Gabriel Soares – 82 pontos
3 – Gustavo Pellin – 81 pontos

Rômulo Bottrel, segundo colocado na categoria E1 - Foto: Janjão Santiago / Yamaha

Rômulo Bottrel, segundo colocado na categoria E1 – Foto: Janjão Santiago / Yamaha

Categoria E1
1 – Júlio Ferreira – 87 pontos
2 – Rômulo Bottrel – 83 pontos
3 – Loandro Anton – 81 pontos

Categoria E2
1 – Romain Dumontier – 97 pontos
2 – Gabriel Soares – 91 pontos
3 – Diego Colett – 80 pontos

Categoria E3
1 – Gustavo Pellin – 100 pontos
2 – Crispy Arriegada – 82 pontos
3 – Nicolas Rodriguez – 80 pontos

Categoria EJ
1 – Patrik Capila – 97 pontos
2 – Washington Murillo – 84 pontos
3 – Augusto Benvenutti – 74 pontos

Categoria E4 Pró
1 – Anderson da Luz – 47 pontos
2 – Judi Brescansin – 47 pontos
3 – Vitor Borges – 40 pontos

Categoria E35
1 – Nielsen Bueno – 100 pontos
2 – Anderson Vieira – 80 pontos
3 – André Urso – 74 pontos

Categoria E40
1 – José Mário da Fonseca – 97 pontos
2 – Cassiano Tebaldi – 82 pontos
3 – Adriano de Ávila – 70 pontos

Categoria E45
1 – Frederico Garcia – 88 pontos
2 – Maurício Fernandes – 86 pontos
3 – Fábio Bizarria – 81 pontos

Categoria E50
1 – Daniel dos Reis – 77 pontos
2 – Washington da Silva – 70 pontos
3 – Marcos Benvenutti – 67 pontos

Categoria E4 230
1 – Fernando Pereira – 97 pontos
2 – Flávio Volpi – 89 pontos
3 – Agenor Varela – 42 pontos

Categoria EA
1 – Juliano Wilgen – 97 pontos
2 – Felipe Schwantz – 82 pontos
3 – Diego Schneider – 40 pontos

EFeminina
1 – Bárbara Neves – 50 pontos
2 – Tainá Aguiar – 42 pontos
3 – Beatriz Miozzo – 22 pontos

Categoria Youth
1 – Leonardo Kauffmann – 50 pontos
2 – Vinicius aguilar – 42 pontos
3 – Bruno Massa – 37 pontos

separador_enduro



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de viagens, competições, do Hugh Jackman e de praias. Viciado em café desde quando comecei a escrever