Notícias e Conteúdo
Rally Dakar

Dakar 2022: GasGas lidera à frente da Yamaha e KTM

04/01/2022 - por

O Dakar 2022, o maior rali do mundo, já começou largada! Assim que o novo ano nasceu, os competidores no primeiro dia largaram para nada menos que 614 km deslocamentos e 19 km de trechos cronometrados, nas areias da Arábia Saudita. Até o momento, as motos são lideradas pela fabricante espanhola GasGas, marca comandada recentemente pela austríaca KTM.

Mas a competição ainda promete uma disputa intensa com a atual campeã Honda e a rival Yamaha, além de demais fabricantes das duas rodas. Ao todo são 144 motos competindo. É a categoria mais recheada do rali, que conta com 409 veículos participando no total.

Publicidade

Benavides deixou a Honda e agora estampa o número 1 na KTM!

Dakar 2022disputa nas motos

Daniel Sanders abriu as trilhas em 2022 com a moto da GasGas, à frente de Pablo Quintanilla – que trocou o time da Husqvarna pela Honda. A Yamaha fechou os três primeiros com Ross Branch colocando a fabricante japonesa na final da fase 1A, abertura do rali.

Publicidade

O argentino atual campeão Kevin Benavides deixou a Honda e agora compete pela KTM. De moto nova, ele fechou a abertura em quarto lugar. No segundo dia de provas, a fase 2B, Sanders e Quintanilla mantiveram as posições. A novidade foi a KTM de Matthias Walkner em terceiro.

Publicidade

Já na segunda-feira, durante a etapa 2, a situação mudou de figura. O líder da noite Sanders perdeu tempo para os rivais, após um erro de navegação. Foi a vez do veterano espanhol Joan Barreda com a Honda liderar para a vitória. O dia teve Sam Sunderland da GasGas em segundo e Benavides em terceiro lugar.

Danilo Petrucci da MotoGP para o Dakar

O ex-piloto da MotoGP Danilo Petrucci fez uma corrida impressionante, chegando em 13º na primeira etapa de domingo. No entanto, na segunda etapa, problemas mecânicos não deram chance de reparos para KTM do italiano. Assim ele chamou o suporte dos organizadores, decretando o abandono oficial.

Dakar 2022 mostrou seu lado desafiador para Petrucci

Mas o Dakar 2022 de Petrucci não acaba por ai. Graças a uma nova regra introduzida neste ano, ele vai poder retomar ao rali. Isso porque o evento também vale agora como primeira etapa do novo Campeonato Mundial de Rali Cross-Country da FIA. Apesar disso, a chance de vitória na prova na geral já se foi…

Publicidade

Top5: ranking geral das Motos após 2 etapas

1º #3 (Gbr) Sam Sunderland – GasGas Factory Racing (08h 31′ 29”)
2º #42 (Fra) Adrien Van Beveren – Monster Energy Yamaha Rally Team (08h 34′ 20”) + 00h 02′ 51”
3º #52 (Aut) Matthias Walkner – Red Bull KTM Factory Racing (08h 35′ 37”) + 00h 04′ 08”
4º #5 (Usa) Skyler Howes – Husqvarna Factory Racing (08h 41′ 28”) + 00h 09′ 59”
5º #15 (Esp) Lorenzo Santolino – Sherco Tvs Rally Factory (08h 42′ 24”) + 00h 10′ 55”

Sunderland lidera a classe das motos até o momento

Veja também:

Roteiro Dakar 2022

1 de janeiro / Etapa 1A – Jidá / Ha’il (19 km cronometrados + 636 km de ligações)
2 de janeiro / Etapa 1B  – Ha’il / Ha’il (334 km cronometrados + 546 km de ligações)
3 de janeiro / Etapa 2 – Ha’il / Al Artawiyah (339 km cronometrados + 584 km de ligações) – Maratona
4 de janeiro / Etapa 3 – Al Artawiyah / Al Qaisumah (368 km cronometrados + 554 km de ligações)
5 de janeiro / Etapa 4 – Al Qaisumah / Riade (465 km cronometrados + 707 km de ligações)
6 de janeiro / Etapa 5 – Riade / Riade (348 km cronometrados + 563 km de ligações)
7 de janeiro / Etapa 6 – Riade / Riade (421 km cronometrados + 635 km de ligações)
8 de janeiro / Dia de descanso em Riade
9 de janeiro / Etapa 7 – Riade / Al Dawadimi (401 km cronometrados + 700 km de ligações)
10 de janeiro / Etapa 8 – Al Dawadimi / Wadi Ad-Dawasir (394 km cronometrados + 828 km de ligações)
11 de janeiro / Etapa 9 – Wadi Ad-Dawasir / Wadi Ad-Dawasir (287 km cronometrados + 490 km de ligações)
12 de janeiro / Etapa 10 – Wadi Ad-Dawasir / Bisha (374 km cronometrados + 757 km de ligações)
13 de janeiro / Etapa 11– Bisha / Bisha (345 km cronometrados + 500 km de ligações)
14 de janeiro / Etapa 12 – Bisha / Jidá (163 km cronometrados + 676 km de ligações)

Brasileiros no Dakar 2022

Publicidade

Temos brasileiros apenas nos UTVs e carros no Dakar 2022, sem nenhum piloto acelerando motocicletas. Na categoria T3, que reúne modelos protótipos, estão Jorge Wagenfuhr e Filipe Bianchini. Na principal, a T4, a novidade é a participação de Rodrigo Luppi e Maykel Justo, que estão em segundo na geral.

A última dupla citada compete diretamente com o brasileiro Gustavo Gugelmin, mais uma vez sendo o navegador do norte-americano Austin Jones, atuais lideres gerais na classe.

Publicidade

Na categoria dos carros, Marcelo Gastaldi voltou a competição ao lado de Cadu Sachs. Enquanto isso, Marcelo Medeiros briga entre os quadriciclos, a bordo do Yamaha Raptor 700, figurando em nono na geral.

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
© 1999 a 2015. WEBTRENDS NEGOCIOS DE INTERNET LTDA.