dakar-2019-6-dia-motos

Rally Dakar 2019: Honda e KTM disputam a liderança

A 41ª edição do Rally Dakar está sendo de novidades. É a primeira vez que o maior rali do mundo acontece apenas em um país (o Peru) e, também, a KTM, vencedora das últimas 17 edições, não está na liderança das motos. Mas por pouco. Depois de cinco etapas, a Honda de Ricky Brabec lidera a categoria com (apenas) 59 segundos de vantagem para a KTM de Sam Sunderland (campeão 2017). O Dakar 2019 segue até o dia 17 de janeiro, totalizando mais de 5 mil quilômetros, em 10 estágios.

Ricky Brabec coloca a Honda no topo do Dakar 2019, seguido de perto pela KTM de Sam Sunderland, campeão de 2017. Ainda há cinco etapas pela frente - Foto: Dakar/DPPI

Ricky Brabec coloca a Honda no topo do Dakar 2019, seguido de perto pela KTM de Sam Sunderland, campeão de 2017. Ainda há cinco etapas pela frente – Foto: Dakar/DPPI

A quinta etapa ocorreu na sexta-feira e marcou o segundo (e último) dia da maratona, quando os pilotos correm sem qualquer auxílio das equipes ou pilotos. A prova percorreu 345 km cronometrados (776 ao todo) entre Moquegua e Arequipa. Sunderland venceu a etapa com o tempo de 04h11’48”, seguido por Jose Ignacio Cornejo Florimo (Honda) e Xavier de Soultrant (Yamaha). Depois, chegaram Lorenzo Santolino (Sherco) e Adrien Van Bavern (Yamaha). Rick Brabec foi o 12º.

* Releia, também *
Saiba tudo sobre o Dakar 2019
Dia1: Honda vence abertura
Dia2: KTM no topo do pódio
Dia3: Yamaha é a terceira marca a vencer no Dakar
Dia4: Ricky Brabec e a Honda na liderança

Sim, aquele ponto é um piloto desafiando a imensidão do deserto peruano com uma motocicleta - Foto: Dakar/DPPI

Sim, aquele ponto é um piloto desafiando a imensidão do deserto peruano com uma motocicleta – Foto: Dakar/DPPI

Motos e UTVs- classificação geral

Com o resultado, Rick se mantém na liderança com 16h51’34”, seguido de perto por Sam Sunderlan, com 16h52’33”. Pablo Quintanilla (Husqvarna, 16h54’26”), o campeão de 2016 Toby Price (KTM, 16h54’55”) e Adrien Van Bavern (Yamaha, 16h58’10”) fecham o top5. O brasileiro Antonio Lincoln Berrocal, de 60 anos e estreante na prova, é o 103º. Seu melhor resultado foi na primeira etapa, quando obteve o 95º lugar – de 135 participantes.

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelman estão firmes em busca do bicampeonato nos UTVs - Foto: Dakar/DPPI

Reinaldo Varela e Gustavo Gugelman estão firmes em busca do bicampeonato nos UTVs – Foto: Dakar/DPPI

Nos UTVs, os brasileiros e Reinaldo Varela e Gustavo Gugelman seguem com ótimos resultados. A dupla campeã de 2018 está em segundo lugar na classificação geral, apenas um minuto e meio atrás dos líderes, os chilenos Rodrigo Piazzoli e Jorge Diaz.

Rally Dakar – 6º etapa

Após os dois dias de maratona, o sábado foi de descanso para os competidores. Hoje eles fazem a sexta etapa, onde as motos e quadriciclos percorrem 839 km (317 cronometrados) e carros, caminhões e UTVs fazem 810 km (291 cronometrados) entre Arequipa e San Juan de Marcona. Das 135 motos que iniciaram a prova, apenas 105 permanecem em disputa.

O Dakar 2019 ocorre de 06 a 17 de janeiro, dividido em 10 etapas, com 70% disputado sobre areia, com início e chegada na capital Lima. Serão percorridos cinco mil quilômetros nesta que é a primeira edição a acontecer apenas em um país, o Peru.

separador_enduro



Jornalista gaúcho convicto de que um passeio de moto em um dia de sol é a cura para praticamente todos os males da vida. Fã de motoaventurismo, competições de moto, café, praia e de rock n roll.