Kawasaki Versys 650

Kawasaki Versys 650
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Kawasaki Versys 650
A Kawasaki Versys 650 também se destaca pela versatilidade e conforto. Para isso, conta com uma ciclística equilibrada, suspensões com curso alongado, completo painel e também para-brisa ajustável, entre outros mimos. Para aperfeiçoar o desempenho na condução diária, um cuidado especial foi dedicado à maximização do torque em baixas e médias rotações. Ao acelerar, o piloto perceberá que os engenheiros conseguiram criar um motor extremamente macio e potente, que oferece um alto nível de controle nas mudanças repentinas de aceleração, com uma vigorosa resposta em baixas rotações.

Ficha Técnica

Cilindrada: 649
Tipo de Motor: 4 tempos, 2 cilindros paralelos, refrigeração líquida, DOHC, 8 válvulas
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 69 cv a 8000 rpm
Torque Máximo: 6.50 kgf.m a 7.000 rpm
Transmissão: 6 marchas
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Garfo telescópico invertido de 41 mm com retorno e pré-carga da mola ajustáveis, 150 mm de curso
Partida: Elétrica
Chassi: Diamond em aço de alta elasticidade
Suspensão traseira: Monoamortecedor com retorno ajustável em 13 níveis e pré-carga da mola ajustável em 7 níveis, 145 mm de curso
Peso em movimento: 216 (MVOM)
Comprimento: 2165
Largura: 840
Altura: 1400
Altura do Banco: 840
Distância entre Eixos: 1415
Pneu Dianteiro: 120/70ZR17M/C
Pneu Traseiro: 160/60ZR17M/C
Capacidade do tanque: 21
Balança: Convencional

Outras Versões

Versys 650:   2020 / 2018 / 2017 / 2016 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010
Versys 650 (ABS):   2021 / 2020 / 2018 / 2017 / 2016 / 2015 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010
Versys 650 Tourer:   2020 / 2019 / 2018 / 2017 / 2013 / 2012
Versys City:   2012 / 2011
Versys Tourer:   2013 / 2012 / 2011
mais opções

Todas as Avaliações da Kawasaki Versys 650

Recomendo
Classificação
Comentários:
A Versys é uma boa pedida no seguimento da médias cilindradas, não é trail e nem street, mas reúne o melhor dos dois estilos. motor com tocada esportiva e suspensões e posição trail.
Na estrada não faz feio, pode -se manter 150/160 de boa, mas não é uma maravilha em termos de performance.
Suspensões ótimas com várias possibilidade de regulagens.
O consumo é alto porque o motor trabalha sempre cheio, não é um motor dócil, como o da Vstrom
Essa questão das peças serem caras não é obstáculo, pois hoje vc pode importar praticamente tudo pela metade do preço que se paga em concessionária.

Prós:
posição de dirigir boa, entreeixos curto, permitindo tocadas esportivas, vai muito bem na cidade e nos corredores
Contras:
cambio duro (parece que é característica) mas não impreciso, o motor trabalha em rotação alta, poderia vir com uma relação secundária mais longa, com um dente a menos na coroa. Fica a sensação de que falta uma marcha overdrive na estrada.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
1000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 23/12/2022
SIM
Esta análise foi útil para você?
30 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
A moto é surpreendente! Me lembra um pouco a RD 350R (obvio que sem a explosão do YPVS), abaixo de 3000 rpm é para rodar na cidade, curtir um passeio. Mas acima de 4000 RPM ela se transforma (faixa vermelha começa em 10500 RPM), o ronco do escapamento original muda e a mão coça para acelerar mais. Nada como um pouco de juízo nessa hora. Torque generoso desde cedo não traz dificuldades na estrada e transmite bastante segurança nas ultrapassagens. Vibra um pouco nas viagens mas nada que incomode. Minha última moto que viajei foi uma Husqvarna SM 610....comparar conforto é até covardia! Com a regulagem certa da suspensão ela faz muita curva, muito segura e confiável. Uma moto para ser feliz!
Prós:
Acho que é a melhor moto na categoria 600cc. Não é uma moto visada, bom torque, confortável e anda muito bem, mesmo com garupatroa e bagagem. A suspensão merece destaque. Única da categoria com regulagem de compressão e retorno na dianteira e traseira (a balança é belíssima!!!). No uso diário com as ruas esburacadas é possível obter o máximo de conforto e, nas viagens, é só mudar a regulagem para ter uma moto estável e segura.
Contras:
Preço das peças e extensão da rede de concessionárias. Na minha cidade não tem revendedor Kawasaki mas nada que um mecânico de confiança não resolva. Troquei os retentores da bengala com 12000 km (normal para o asfalto daqui). O ABS da roda traseira atua muito cedo e acho que aqui merece uma revisão por parte da Kawasaki. Dificulta bastante incursões off-road mas nada impossível: rodei um trecho da Estrada Real (Diamantina - Milho Verde) c/ garupatroa e bagagem sem problemas. Quando carregada, o facho do farou sobe demais...um sistema mais prático para essa regulagem seria muito bem vindo. Acelerador pouco progressivo em baixo RPM.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
15000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 11/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
42 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Fica uma dica, procurem lubrificar a corrente a cada 1000km com um óleo de boa marca, utilizo o Motul C4 Chain Lube FL. Fazendo isto a relação da Versys vai durar muito.
Prós:
Show de moto, anda muito, freia muito bem (ABS), Consumo normal para a categoria, muito boa no trânsito, passa nos corredores com tranquilidade, na estrada viajando a 130km praticamente velocidade de cruzeiro, acabamento muito bem feito, já tive várias motos (custom, trail, naked) mas nenhuma me deixou tão feliz com esta maquina da Kawasaki.
Contras:
Somente os pneus originais da marca Dunlop, que ao meu ver são muito ruins, gastam rapidamente, media de 9000km a 12000km, eu troquei pelos Michelin PR2, muito mais macios, sempre utilizei pneus desta marca e em todas as motos que tive durou bem mais que os originais.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
8000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 07/02/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
2 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
O prazer de se pilotar essa moto é indescritível. O motor acelera com vigor e dá para manter velocidades compatíveis com quaisquer estradas brasileiras e ainda sobrando muito motor para qualquer eventualidade (ultrapassagens principalmente). Seu custo benefício é outro fator muito importante, e bom, pois das Mid Trail existentes no mercado ela é a mais barata e uma das que mais oferece recursos e equipamentos de série para seu comprador.
Estou muito feliz com a Versys. Vale muito a pena!

Hoje (23 Fev 13) estou atualizando este post. As qualidades perduram até hoje. Depois de se ajustar as suspensões ao seu gosto, priorizando suas preferências, a moto fica maravilhosa, muito gostosa de se pilotar.
No quesito acessórios, melhorou muito de uns tempos para cá (já existem vários fabricantes produzindo acessórios para ela), apesar da existência de um modelo que já vem pronto (equipado) de fábrica.
O consumo vai depender muito da mão direita de seu condutor. Quanto mais andar, mais vai gastar, mas quase nunca baixando dos 17 Km/l na estrada.
Os pneus originais, principalmente o traseiro, apresenta desgaste já por volta dos 8.000 Km pedindo sua substituição. A coisa boa é que se consegue bons preços nos seus substitutos bem como qualidade superior aos originais.
Depois desses 12.000 Km a bordo da Versys só tenho uma coisa a dizer: o prazer de dirigí-la continua indescritível. Eu recomendo com louvor.

10 Abr 14 - Hoje, com mais ou menos 27 mil km rodados, só tenho uma coisa a falar dessa moto: FANTÁSTICA.
Fiz uma viagem de 12 mil km com ela. Levei uns 60 kg de bagagem dividida em 2 alforjes grandes, um bauleto traseiro e uma mala no banco da garupa. Após prepara-la adequadamente, substituindo muitas peças que "poderiam" dar problemas na viagem, rodei por vários tipos de terreno e clima e, incrível, nada de ruim a relatar, apenas que tive que efetuar uns apertos em alguns parafusos e a motoca está pronta para outra. Coloquei um descanso para os pés, acoplados ao protetor de motor que mandei fazer, o que ajudou bastante na longa viagem que realizei, inclusive aumentando muito o conforto a bordo. Mantive médias de 110 a 120 Km/h e a moto sempre andou dentro dos conformes e consumindo pouco, inclusive (levei um galão de 10 litros que, em nenhum momento, teve necessidade de ser utilizado). Não reclamou nada durante os 31 dias de viagem. Tive apenas que trocar o pneu traseiro (que estava previsto) e, como estava num lugar onde não tinha pneu da medida prevista para a moto, coloquei um 150/70 17 na traseira e ficou show de bola (além de ser mais barato e estar durando muito mais que o original). Quando tiver que trocá-lo farei pelo mesmo que está na moto no momento.
Essa moto é pau pra toda obra. Tem motor mais que suficiente para enfrentar todos os tipos de estrada, o tanque é bem satisfatório (aliado ao baixo consumo de combustível) e te proporciona uma ótima autonomia, o conforto é muito bom (e se vc colocar um descanso de pés na frete, para longas viagens, fica nota 10) e o visual continua agradando, mesmo depois de 3 anos com ela.
Vale cada centavo investido.
Prós:
Conforto, boa autonomia/consumo baixo (na casa dos 20 km/l), motor maravilhoso e com excelente torque/potência, proteção aerodinâmica espetacular (apesar da bolha "parecer" ser pequena), ciclística formidável (tanto solo quanto com garupa), inúmeros ajustes nas suspensões traseira/dianteira, garfo dianteiro invertido, escapamento que não atrapalha o garupa e bagagens e visual descolado, dentre tantas outras qualidades.
Contras:
Pneus "On Road" (apesar de poder se colocar pneus "On/Off") e um pouco de dificuldade para se achar acessórios para ela - ainda.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
27000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 07/02/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Prós:
A moto é mista entre estradeira e terreno mais esburacados por causa da sua altura e posição de pilotagem. O motor de 2 cilindros da conta para andar nas rodovias tranquilamente e seu consumo é satisfatório, porém poderia ser melhor. Da pouca manutenção e o valor das semi novas estão muito atrativo se comparado com outras motos.
Contras:
Valor das peças é muito caro.
Estator e retificador queimou com 34.000 km rodados.
O consumo poderia ser melhor.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Quilometragem:
38000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 23/06/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
0 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Prós:
Facilidade de contorno de curvas, aceleração , retomada e freios
Contras:
Pequena vibração que chega ao guidão e pedaleiras
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
60000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 28/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
72 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Dê ADEUS ás concessionárias, confiabilidade, motor indestrutível, ótimo custo-benefício. Tanto na estrada como na cidade... é a moto.
Contras:
Consumo é aquilo: depende na mão do dono.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
25000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 10/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
43 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Essa eu rodei,está com 32000 km fiz São Paulo-Uruguai-Argentina ,São Paulo-Santa Catarina fora outras viagens mais curtas. Mecânica super confiável , na categoria de 1 e 2 cilindros posso chutar alto que é a mais forte (já andei na BM 650 ,na V-Strom, já tive a XT660 e não vem junto ). Faz muita curva com a suspensão bem regulada para seu peso.A bengala invertida passa firmeza na pilotagem.Cheguei a rodar 1000 km num dia só entre Uruguai e Argentina portanto conforto é nota dez,fora suavidade desse motor que é muito dez. Aguenta estrada de chão e praia (aquele trecho entre praia de cananéia e Ilha Comprida coisa linda) mas lama e areia solta nem pensar ,já andei tbm para testar.Apesar de tomar um prejuízo por pagar ágio(época da nacionalização dela) eu recomendo. No meu caso o calcanhar foi a relação , não sei o preço hoje mas no ano passado era 1300 reais e caso for fazer por conta é de difícil instalação pois a corrente passa no meio da balança ,é um pé.... Autonomia é a média ,se tiver um punho pesado ela faz 16km .A bolha ajuda bastante contra vento no peito mas sua regulagem de altura é chatinha de mecher (pode ate ser preciosismo meu).Farol ilumina muito bem,cumpre seu papel. Abraços
Prós:
Painel fantástico, ciclística perfeita pois conta com regulagens de retorno e compressão na dianteira e traseira,tecnologia de ponta,o banco "veste" o piloto, motor liso a moto quase não trepida,escapamento não "ferve" o garupa e não deixa fedendo,torque excepcional para não dizer ignorante para uma 650cc e velocidade final razoável.
Contras:
Preço de peças nas concessionárias (relação custa mais de 1000 reais---hoje custa 700 na concessionária e 450 no paralelo) e é complicado de trocar,câmbio duro,alguns plásticos da carenagem tendem a vibrar causando um ruído, pneus ON,e os originais não duram muito (Dunlop), o traseiro foi com 8500 km já o michelin foi com 25 mil mais ou menos,portanto já estou no segundo michelin.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
32000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Adquiri minha VERSYS em ABRIL deste ano e estou muito satisfeito com a moto.
Recomento a todos os amigos e amantes de motos.
Prós:
Banco e posição de pilotagem super confortáveis, muito torque, fácil de pilotar,muito segura nas frenagens e um design perfeito.
Contras:
Um pouco alta,mas acho que o problema é a MINHA ALTURA mesmo(KKKKK).
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
4673
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Recomendo a moto , mas não espere uma moto " delicada " , a rotação dela pra brincar é acima de 6000 rpm . Use e abuse em curvas , é boa demais mesmo ,
Prós:
É uma moto com jeito de esportiva , mas é uma Big trail , ou vice-versa . Anda muito , faz curva praticamente sozinha . Boa pra a garupa , esta não sendo muito alta , pois
o banco na parte traseira já é bem alto . Mecanica fácil e tem um monte de acessórios no Ebay a preço de banana .
Bate 200 km/h bem rápidinho quando é necessário .. rss
Moto que não incomoda ... e tem boa automonia .
Contras:
Câmbio é um pouco duro , pilotei de tênis algumas vêzes , e fico com a ponta do dedo roxa na parte de cima do dedo .
Consumo é de esportiva .
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
13500
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
mais opções

Outras motos Kawasaki à venda

De R$ 43.900,00 a R$ 43.900,00 entre 15 ofertas
Kawasaki Versys 650
R$ 43.900,00
Kawasaki Versys 650
Kawasaki Versys 650
R$ 54.000,00
Kawasaki Versys 650
Kawasaki Versys 650
R$ 45.000,00
Kawasaki Versys 650
Kawasaki Versys 650
R$ 40.000,00
Kawasaki Versys 650
Kawasaki Versys 650
R$ 45.000,00
Kawasaki Versys 650

Guias de motos Kawasaki

foto moto kawasaki/vulcan-800 Kawasaki Vulcan 800
Kawasaki Vulcan 800
foto moto kawasaki/ninja-300 Kawasaki Ninja 300
Kawasaki Ninja 300
foto moto kawasaki/vulcan-500 Kawasaki Vulcan 500
Kawasaki Vulcan 500
foto moto kawasaki/er-6n Kawasaki ER 6N
Kawasaki ER 6N
foto moto kawasaki/ninja-zx-7 Kawasaki Ninja ZX 7
Kawasaki Ninja ZX 7

Notícias sobre motos da Kawasaki

capa noticia Kawasaki Versys 650 2022: o que vai mudar no modelo
Kawasaki Versys 650 2022: o que vai mudar no modelo
Kawasaki Versys 650 2022: o que vai mudar no modelo
capa noticia Kawasaki Versys 650 2018 tem novas cores
Kawasaki Versys 650 2018 tem novas cores
Kawasaki Versys 650 2018 tem novas cores
capa noticia Teste Kawasaki Versys 650 - 2016
Teste Kawasaki Versys 650 - 2016
Teste Kawasaki Versys 650 - 2016
capa noticia Kawasaki Versys 650 2015 está à venda na Europa
Kawasaki Versys 650 2015 está à venda na Europa
Kawasaki Versys 650 2015 está à venda na Europa
capa noticia Kawasaki Versys 650 - Análise prós e contras
Kawasaki Versys 650 - Análise prós e contras
Kawasaki Versys 650 - Análise prós e contras