Yamaha YBR 125 Factor

Yamaha YBR 125 Factor
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Yamaha YBR 125 Factor
Após oito anos do lançamento da YBR 125 a Yamaha preparou uma reforma ampla e adotou o sobrenome Factor para o ano-modelo 2009. Entre as novidades o tanque recebeu abas salientes, tampa lateral na cor grafite, lanterna traseira côncava e piscas dobráveis (para evitar quebra). O escapamento passava a ter acabamento em preto fosco e protetor anti-queimadura de plástico. Além disso, os pneus passavam a ser da marca Metzeler, sem câmara de ar na versão ED. Tudo isso enquanto o aguardado motor 150 não chegava.

Ficha Técnica

Cilindrada: 125
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Ar
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 10,2 cv a 7.800rpm
Torque Máximo: 1,13 kgf.m a 6.000 rpm
Transmissão: 5 velocidades
Injeção: Carburador BS 25 Mikuni (segundo estágio a vácuo)
Suspensão dianteira: Telescópica
Partida: Elétrica
Chassi: Aço
Suspensão traseira: Braço oscilante, 2 amortecedores, mola helicoidal
Peso (seco): 110
Comprimento: 1980
Largura: 760
Altura: 1080
Altura do Banco: 780
Distância entre Eixos: 1290
Pneu Dianteiro: 2,75 - 18 42P Metzeler ME 22
Pneu Traseiro: 90/90 - 18 57P Metzeler ME 22
Capacidade do tanque: 13
Ajuste da suspensão traseira: 5 regulagens de carga
Balança: Convencional

Outras Versões

YBR 125 Factor Black Edition:   2014 / 2013 / 2012
YBR 125 Factor E:   2016 / 2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009
YBR 125 Factor E Pro:   2014
YBR 125 Factor ED:   2016 / 2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009
YBR 125 Factor ED Corinthians:   2010
YBR 125 Factor K:   2016 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009
YBR 125 Factor K1:   2016 / 2015 / 2014 / 2011
YBR 125 Factor K1 Pro:   2014
YBR 125 Factor Racing Blue ED:   2013
YBR 125 Factor Racing Blue K:   2013
mais opções

Todas as Avaliações da Yamaha YBR 125 Factor

Recomendo
Classificação
Comentários:
Excelente moto para se usar no dia a dia, produto de muita qualidade, não dá defeito. Até hoje, precisei trocar apenas peças de desgaste como pastilha do freio à disco, lona do freio traseiro, relação, as bengalas da suspensão dianteira e os retentores que se desgastaram, a bateria e o estator que estragou com a moto desligada. Excelente consumo, muito econômica, já consegui média de 50 km/l... Mas normalmente, faço entre 40 e 42 km/l. Ótima estabilidade na rodovia, e depois que coloquei um pneu 100/90 na roda traseira, melhorou ainda mais nas curvas. Se bem amaciada como a minha, consegue-se manter velocidades superiores a 100 km/h tranquilamente, na maior parte do tempo, mantém-se velocidade de 110 a 120 km/h. Em boas descidas, atinge facilmente a velocidade máxima de 140 km/h (lembrando que existe a margem de erro do velocímetro que é em torno de 8% a menos conforme matéria de aferição feita por um especialista), e em alguns casos até ultrapassou essa velocidade. Neste caso o consumo aumenta muito, ela passa a fazer média de 29 a 32 km/l. Motor muito resistente, já está com quase 60 mil km rodados, e ainda encontra-se perfeito, como novo. Faço a troca de óleo a cada 3 mil km como recomendado, e nunca tive problemas, quase não baixa óleo, muito pouco, dentro do normal... Não desregula facilmente, está sempre no ponto. Mesmo com a falta do conta-giros, é a moto mais completa da categoria, a mais confortável, e a mais econômica. Recomendo pra todos aqueles que querem um produto superior, com qualidade e durabilidade.
Prós:
Conforto...
Consumo na média de 40/42 km/l... Já consegui fazer 50 km/l com ela...
Super resistente, não dá defeito nunca...
Visual moderno e de ótimo acabamento...
Materiais de muita qualidade...
Pneus radiais, sem câmara...
Contras:
Falta um pouco de potência, mas nada que assuste...
Deveria vir com um pneu 100/90 na roda traseira...
Banco muito macio, em viagens longas cansa um pouco, mas nada que incomode...
Deveria ter um freio a disco na roda traseira...
Escapamento com problema crônico, o catalisador se solta... Já foi trocado 3 na garantia, e o problema persistiu...
Revenda difícil pela cultura do brasileiro de preferir a marca da asa de frango...
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
58300
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 13/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
36 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Moto para uso na cidade. Ótimo Custo Benefício. Pouca dor de cabeça. em 18k rodados foi necessário apenas trocar peças de desgaste natural. (Vela, pastilha de freio e lona, farol).

anda bem no corredor. Para quem precisa pegar estrada a velocidade máxima é de 115km/h no velocímetro, então talvez seja necessário uma moto mais potente.
Prós:
Consumo
Custo Benefício
Beleza (Comparando com outras Streets)
Conforto
Contras:
Baixa Potência (uso pra cidades apenas)
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
19000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 23/09/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Comentários:
em relaçao à outras motos q tive,titan,fan,suzuki,strada e xl,essa foi à melhor.
Prós:
tirei ok da loja e vendi c/99000km sem fazer nenhuma revisao,nada,nem carburaçao foi feita,apenas o basico,relaçao,pneus e freios,e super economica +ou - 40km p/litro.
Contras:
cabo de embreagem troquei 3x,e os raios da roda trazeira q quebravam c/frequencia.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
99000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 17/09/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Comentários:
Melhor moto na faixa de cc que se encontra.
Possível andar em estradas sem nenhum problema, mesmo em longos percursos, pois, a moto é muito confortável, tanto para o piloto quanto para o garupa.
Bem econômica.
A Yamaha só ficou devendo no painel, falta um conta giros nele e o custo ainda é alto para uma 125cc, mesmo problema das concorrentes.
Prós:
Conforto, Consumo, ciclística, visual
Contras:
custo x benefício
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
7800
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 17/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
28 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
- conforto e ergonomia
- ótima suspensão para a categoria
- excelente estabilidade e dirigibilidade
- motor robusto e econômico média 41 km/l
- bons freios, mesmo sendo a tambor
Contras:
Este modelo não vem com cavalete central. Precisei instalar.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
23000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 13/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
43 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
A moto é bem confortável, a suspensão aceita bem as irregularidades e unida ao banco macio se torna bem agradável ao rodar.
O motor de 125cc tem um funcionamento suave e os pouco mais de 10 cv unidos ao baixo peso dão conta de empurrar a moto legal, anda igual cg150 e consome menos.
Peças baratas e mecânica confiável e caso algo inesperado aconteça o conserto é simples.
Pneus duram bastante, o antigo dono informou que rodou 20000 com os originais (mérito do baixo peso da moto e seu uso quase que exclusivamente urbano).
Consumo é bom, comparando com andar de 2.0 todo dia fazendo 6km/l é absurda a diferença, mas se compararmos com uma fazer 250 por exemplo que faz 24km/l e tem um desempenho bem superior, poderia ser um pouco melhor (média cidade/estrada que tenho feito andando com pressa 31km/l). Creio que se andar igual louco faça uns 27km/l e se andar só na boinha na estrada em 80km/h faz uns 40km/l...
Vi alguns relatos de que o farol é fraco, bem, não sei se a 2009 ed é diferente, mas acho bem direcionado e suficiente o farol, destaque ao lampejador que não é comum em motos desse porte.
A moto apesar de leve, suspensão macia e pneus finos se mostra bem estável no seu limite de velocidade (cerca de 130km/h).
O tanque de 13 litros aliados ao consumo baixo faz com que a moto tenha uma boa autonomia, se não abusar muito do acelerador creio que se consiga rodar próximo dos 500km com o tanque cheio.
Os freios são bons, o dianteiro a disco é bastante preciso e sensível, o traseiro a tambor cumpre bem seu papel.
O design da moto é bem legal, tem linhas finas e com certo apelo "descolado" digamos assim, com as rodas em liga leve deixam uma harmonia interessante, de longe aparenta ser uma moto maior.

Contras:
Não chega a ser um contra, mas como a minha apresentou irei relatar: A suspensão dianteira faz um barulhinho chato (fóoop) ao passar de vez em uma irregularidade mais contundente (quebra-molas por exemplo), ouvi dizer que é comum nas ybr, irei trocar o óleo por um mais grosso em uns dias pra ver se muda algo, do mais é só silencio, moto macia.
Não vejo nenhum outro problema na moto, muito boa e barata dentro da sua proposta, fazendo a manutenção preventiva regularmente é provável que não terá dor de cabeça com a motoca.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
27000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 15/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
44 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Moto com um conjunto chassi suspeção motor muito bem ajustado, muito confortavel, é a 125 mais confortavel que tem no mercado. o consumo de combustivel e baixo, dependendo das condiçoes e da mao ela passa facil dos 40 km por litro. manutençao basica e simples e barata.
Contras:
Como ainda existe a cultura de que moto é honda (o que é uma grande bobagem), o valor de revenda dela costuma ser um pouco inferior se comparado a cg. Mas como eu comprei a moto pensando no meu uso e não em quem vai comprar ela na minha mao fiquei com ela pelo seu custo beneficio.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Pista
Quilometragem:
27000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 22/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
50 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Vou comentar mas sobre as avaliações solicitada acima.. Então, na minha opnião a Yamaha pecou no visual por não lançar ela com pneu trazeiro 100/90. Fiz essa troca, e não tive ou não notei nem um tipo de perda de potencia nem almento de consumo.

Para cidade, melhor do que esta, apenas lançando uma 150cc com injeção eletronica (e não um carburador eletrico)! O bom disso, é que a eletrica sempre vai esta 100% caso não esteja, a luz laranja acenderá.

Sobre a dirigibilidade, basicamente a mesma coisa que já falei, com 1.90 de altura encina de uma moto baixa, nunca vai ser 100% mas o que fiz. Com pneus maiores (100/90 trazeiro e 90/90 na dianteira) a moto ganhou altura, mais rigidez nas molas(nivel 5), pronto. Pra min, ficou melhor! E pra me dar um ar de esportividade, tbm coloquei um guidão mas baixo. Muitos diceram que me traria desconforto maior, pelo contrario, eu recomendo a todos(altos e baixos).

A 3 anos com a moto, vcs podem imagina que já fiz de tudo na moto, ou ao menos pesquisei. Isso mesmo, de todas as peças a unica que não encontrei no mercado paralelo foi as 'buchas da balança'. Feita em cobre! No mais, tudo EU encontro, com preços super baixos.

Eu tbm não poderia deixar de falar sobre a suspenção dianteira! Não sei que diabos ela tem, em 3 anos de uso, NUNCA consegui visualizar e sanar o problema. Já pensei na substituição, mas ai se por uma igual nova, o tec-tec tbm vai ocorrer. Creio que só instalando de uma concorrente nela, que nao tenha esse problema cronico. Mas mesmo sabendo disso tudo agora, eu compraria outra 0km sem medo. Mas sabemos que todo motociclista, quer é evoluir. Então minha proxima, vai ser uma de maior cilindrada.

Duvida: Entre a FAZER 2012 e a XRE300 Std
Prós:
Iguala-se a uma 150cc, e não trocaria por nem uma outra de sua categoria.
Contras:
1-Problema cronico da suspenção dianteira(tec-tec) inevitavel.
2-baixo valor de revenda.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
100000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Moto boa, tranquila. Recomendo para os futuros compradores a troca do pneu traseiro para 100/90. Embora seja cara para a categoria, para aqueles que buscam conforto e economia é uma ótima escolha.
Prós:
Consumo sensacional (ate 85km/h, sozinho da pra fazer uns 42 km/l, com garupa cai pra 37/38km/l);
Pra categoria 125 cc e ate comparada a algumas 150 cc é a que oferece maior conforto;
Motor bem acertado e macio;
Visual bom pra categoria;
Moto com grande capacidade de carga (198 kg )
Ótima para meio urbano e pequenos trajetos
Contras:
Revisão cara comparada com as concorrentes de mesma categoria (Claro isso pra quem não abre mão da concessionaria );
Pneu traseiro 90/90 (muito fino);
Relativa instabilidade em frenagens de emergência (nada muito assustador);
Preço alto para uma motocicleta ainda sem injeção eletrônica;
Preço relativamente baixo de revenda (embora com um ano de uso vendi a minha por 76% do valor de mercado de uma nova);
Farol muito fraco 35W ( não recomendo pilotar de noite na estrada )
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
15000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
Recomendo
Classificação
Comentários:
Foi a melhor 125cc que eu já tive, antes da Factor eu tinha uma fan 125, e quando peguei ela, senti na hora a diferença, o conforto superior, o desempenho também, só o que não me agradou foi o consumo, ela não passava de 35km/L, já a fan 125 fazia 43km/L. É uma moto boa, mas na minha opinião, é melhor comprar uma semi nova, pois uma nova na época custava 7300 reais, e ela desvaloriza muito rápido por ser uma Yamaha.
Prós:
-Conforto (bando muito confortável, posição de pilotagem não da fadiga)
-Visual
-Acabamento de primeira
-Consumo moderado
Contras:
-Carburada
-Muito sensível a gasolina ruim (moto morre com facilidade, perde potência) creio eu que se fosse injetada, teria menos esses problemas
-Difícil de achar peças paralelas
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Pista
Quilometragem:
10250
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
mais opções

Outras motos Yamaha à venda

De R$ 7.500,00 a R$ 7.500,00 entre 6 ofertas
Yamaha YBR 125 Factor
R$ 7.500,00
Yamaha YBR 125 Factor
Yamaha YBR 125 Factor
R$ 7.500,00
Yamaha YBR 125 Factor
Yamaha YBR 125 Factor
R$ 6.000,00
Yamaha YBR 125 Factor
Yamaha YBR 125 Factor
R$ 12.500,00
Yamaha YBR 125 Factor
Yamaha YBR 125 Factor
R$ 8.000,00
Yamaha YBR 125 Factor

Guias de motos Yamaha

foto moto yamaha/xmax Yamaha XMax
Yamaha XMax
foto moto yamaha/trx-850 Yamaha TRX 850
Yamaha TRX 850
foto moto yamaha/factor-150 Yamaha Factor 150
Yamaha Factor 150
foto moto yamaha/xj6-n Yamaha XJ6 N
Yamaha XJ6 N
foto moto yamaha/ybr-125 Yamaha YBR 125
Yamaha YBR 125

Notícias sobre motos da Yamaha

capa noticia Teste Yamaha YBR 125 Factor
Teste Yamaha YBR 125 Factor
Teste Yamaha YBR 125 Factor
capa noticia COMPARATIVO CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED
COMPARATIVO CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED
COMPARATIVO CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED
capa noticia Duelo de campeãs - CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED(1))
Duelo de campeãs - CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED(1))
Duelo de campeãs - CG TITAN 150 ESD X YAMAHA YBR 125 FACTOR ED(1))
capa noticia Primeiras impressões – Yamaha YBR 125 Factor 2009
Primeiras impressões – Yamaha YBR 125 Factor 2009
Primeiras impressões – Yamaha YBR 125 Factor 2009
capa noticia Primeiras impressões - Yamaha YBR 125 Factor 2009
Primeiras impressões - Yamaha YBR 125 Factor 2009
Primeiras impressões - Yamaha YBR 125 Factor 2009