Honda CBR 600 F

Honda CBR 600 F
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Honda CBR 600 F

A Honda CBR 600F é uma motocicleta esportiva de quatro cilindros em linha da série CBR. A primeira geração do modelo foi vendido mundialmente de 1987 a 1990. Enquanto isso, os modelos subsequentes são designados como CBR 600 F2, F3, F4 e F4i, respectivamente. E em 2011, a Honda lançou a última encarnação da moto com o mesmo nome.

Honda CBR 600F: ficha técnica, consumo, fotos e vídeos

A Honda CBR 600 chegou ao mercado brasileiro em 1992, e desde então tem passado por várias gerações. A nível mundial, o modelo de primeira geração, juntamente com a CBR750F e a CBR1000F foram as primeiras motos esportivas totalmente carenadas de quatro cilindros em linha da Honda.  

Mundialmente, a segunda geração da CBR 600 F foi produzida de 1991 a 1994, enquanto a terceira geração da série foi de 1995 a 1998. A moto teve uma quarta evolução entre 1999 e 2000.  

Enquanto isso, no mercado brasileiro, a saudosa CBR 600F do final dos anos 90 e início dos anos 2000 tinha motor carburado. Um propulsor compartilhado com a Hornet, que foi lançada no Brasil em 2004. A usina entregava 96,5 cv a 12.000 rpm, no tradicional quatro cilindros em linha, com 16 válvulas e tinha torque de 6,43 kgf.m a 9.500 rpm.

Aliás, no Brasil, a última geração da CBR 600F foi apresentada ao mercado nacional em 2011, tendo ganhado a companhia da CBR 600 RR em 2014. Essa última CBR 600F compartilhava também a mesma ciclística e motorização da naked Hornet.

Evoluídas, F e Hornet tinham o mesmo motor de quatro cilindros em linha, 599,3 cm³, 16 válvulas com duplo comando no cabeçote e refrigeração líquida, já alimentado por injeção eletrônica. Um propulsor com 102 cv de potência máxima a 12.000 rpm e torque máximo de 6,5 kgf.m a 10.500 rpm. Uma máquina com consumo médio de 15,9 km por litro, dependendo claro da mão do piloto!

Na parte ciclística, a carenada tinha quadro mono–trave superior fundido em alumínio, com o motor fazendo parte da estrutura. Enquanto isso, o conjunto de suspensões tinha garfo invertido na dianteira com uma balança monoamortecida na traseira. E ao contrário da Hornet 2012, o garfo invertido contava com regulagem de compressão e retorno.

Conjunto, preço e fim da linha

Outra novidade no modelo CBR 600F 2011/2012 eram os semi guidões, em vez do guidão mais confortável da versão naked Hornet - era um meio termo entre a naked e a esportividade da CBR 600 RR. O modelo 600F era também dotado de um tanque de combustível exclusivo, com capacidade inferior ao da Hornet - 18,1 litros contra 19 litros da naked.

Essa última versão da CBR 600F chegou ao Brasil nas opções standard com freio a disco nas duas rodas e com a opção dos freios C-ABS (Combined ABS). O modelo chegou em novembro de 2011 em duas cores: branca e preta. O preço público sugerido era de R$ 32.500 para a Standard e R$ 35.500 para a versão com freios C-ABS.  

A CBR 600 F foi vendida no Brasil até 2019, quando a CBR 650 R ocupou seu lugar.

Ficha Técnica

Cilindrada: 599
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 102 cv a 12.000 rpm
Torque Máximo: 6,53 kgf.m a 10.500 rpm
Transmissão: 6 velocidades
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Garfo telescópico / 109 mm
Partida: Elétrica
Chassi: Aço
Suspensão traseira: Mono-shock / 128 mm
Peso (seco): 191
Comprimento: 2150
Largura: 742
Altura: 1152
Altura do Banco: 803
Distância entre Eixos: 1437
Pneu Dianteiro: 120/70 ZR17 M/C (58W)
Pneu Traseiro: 180/55 ZR17 M/C (73W)
Capacidade do tanque: 18
Balança: Convencional

Outras Versões

CBR 600 F:   1997 / 1996 / 1995 / 1994 / 1993 / 1992
CBR 600 F (ABS):   2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2000 / 1999 / 1998
CBR 600 F (STD):   2014 / 2013 / 2012 / 2002 / 1999
mais opções

Todas as Avaliações da Honda CBR 600 F

Recomendo
Classificação
Prós:
Moto equilibrada de fácil pilotagem. Freios muito bons mesmo na versão STD. Suspensão dianteira ajustável (compressão e retorno). Boa potência , respostas rápidas entre 9.000-12.000RPM, sim é um motor de alta, mas não compromete o uso urbano ou uma tocada mais suave. Mecânica confiável.
Contras:
Falta indicador de marchas e o tacômetro poderia ter mais destaque. Dificuldades em apontar contras, kkk.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
6
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 16/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
32 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
Motor: Excelente potência para viagens ou passeios, é possível ultrapassar qualquer veículo na estrada. Tem uma velocidade final aproximada de 245km/h, e é possível rodar tranquilamente a 140km/h, bem mais do que a velocidade máxima permitida nas vias públicas; Faróis: Iluminam bem tanto o alto quanto o baixo; Visual: É uma moto muito bonita, com suas carenagens bem encaixadas e bom acabamento na pintura; Escapamento: O som dos 4 cilindros é música para os ouvidos. Seu ronco é grave em baixa rotação e vai ficando agudo em alta. Muito instigante; Aerodinâmica: A proteção que a bolha oferece é suficiente até uns 120km/h. Acima dessa velocidade será necessário "colar a barriga no tanque" e ficar bem encaixado na proteção da bolha, que cumpre bem o seu papel; Pneus: São muito bons, compatíveis com a velocidade da moto e é EXCELENTE em curvas. transmite muita confiança ao piloto; Suspensão: Possui diversas regulagens de carga e retorno da mola. A suspensão dianteira também é regulável; É uma moto bonita, que chama a atenção onde você passar, pelo visual e pela bela música emanada pelo escape 4x1. Sem dúvida uma moto divertida para uso cotidiano e pequenas viagens. Comprei zero km e não tive problemas. Tem motor de sobra.
Contras:
Ergonomia: Para pessoas um pouco mais altas (1,83m) andar mais de 1 hora cansa. Dói as costas (lombar) e ombros, o que força realizar mais paradas para descanso; Consumo: É um consumo relativamente alto (17km/l) e consequente baixa autonomia para viagens (tanque de 15l), porém devido à sua ergonomia, as paradas para alongamento são bem-vindas. As pernas ficam bem flexionadas, o que é compatível com a proposta da moto, mas incomoda um pouco, chegando a ficar dormentes após trajetos mais longos; Peças: Não precisei de peças de reposição que não fossem padrão da revisão. Os pneus são caros e duram pouco mais de 5000km devido à alta tração e potência da moto. Garupa: Não é moto para andar com garupa. O assento é estreito e desconfortável; Suspensão: Pela proposta da moto ser esportiva e não touring é esperado que se atinja o fim de curso da suspensão em terrenos mais acidentados. Chega a raspar o fundo da moto em quebra-molas mais acentuados.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
5000
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Alto
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 23/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
28 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
A moto tem uma tocada racing sem ser uma esportiva, muito boa na estrada e na cidade. Fácil de pilotar, porém, quando o giro sobe o DNA CBR aparece e a moto dócil fica uma fera. Estou a mais de três anos com ela e nunca apresentou nenhum tipo de problema.
Contras:
Chegou a hora de trocar e a desvalorização está bem acima da média do mercado de médias e altas cilindradas.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada, Pista
Quilometragem:
13
Manutenção:
Dentro do esperado
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 15/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
31 pessoas gostaram
mais opções

Outras motos Honda à venda

De R$ 36.800,00 a R$ 36.800,00 entre 5 ofertas
Honda CBR 600 F
R$ 36.800,00
Honda CBR 600 F
Honda CBR 600 F
R$ 36.000,00
Honda CBR 600 F
Honda CBR 600 F
R$ 39.800,00
Honda CBR 600 F
Honda CBR 600 F
R$ 38.000,00
Honda CBR 600 F
Honda CBR 600 F
R$ 35.500,00
Honda CBR 600 F

Guias de motos Honda

foto moto honda/cbr-600-f Honda CBR 600 F
Honda CBR 600 F
foto moto honda/nxr-bros-160 Honda NXR 160 Bros
Honda NXR 160 Bros
foto moto honda/pop-110i Honda Pop 110i
Honda Pop 110i
foto moto honda/america-classic Honda America Classic
Honda America Classic
foto moto honda/vt-600 Honda VT 600
Honda VT 600

Notícias sobre motos da Honda

capa noticia Comparativo Honda CBR 600 F e Kawasaki Ninja 650 R
Comparativo Honda CBR 600 F e Kawasaki Ninja 650 R
Comparativo Honda CBR 600 F e Kawasaki Ninja 650 R
capa noticia Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
capa noticia Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
capa noticia Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'