Honda VRF 1200

Honda VRF 1200
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Honda VRF 1200
Nova referência na categoria Sport Touring, a motocicleta é totalmente inovadora. Possui câmbio automático com opção de trocas manuais, além do exclusivo sistema de dupla embreagem em motocicletas, que proporciona uma pilotagem prazerosa e emocionante.

Ficha Técnica

Cilindrada: 1.236,70
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Líquido
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 172.70 a 10000 rpm
Torque Máximo: 13.20 a 8750 rpm
Transmissão: Automática
Injeção: Eletrônica
Suspensão dianteira: Invertida
Partida: Elétrica
Chassi: Alumínio
Peso (seco): 264,00kg
Peso em movimento: 0,00kg (MVOM)
Largura: 740mm
Altura: 1222mm
Altura do Banco: 815mm
Distância entre Eixos: 1545
Pneu Dianteiro: 120/70ZR – 17 M/C 58W
Pneu Traseiro: 190/55ZR – 17M/C 75W

Outras Versões

VRF 1200F:   2020 / 2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010
mais opções

Todas as Avaliações da Honda VRF 1200

Recomendo
Classificação
Comentários:
A moto é muito boa, pode-se deita-la no limite com segurança O cambio é um capítulo a parte Prefiro colocar sempre na função S em estrada. Perfeita nas reduções e acelerações.
O modo D poderia ser eliminado, pois nesse modo, a moto troca de marcha muito cedo antes dos 3 mil rpm. De um farol a outra ela já está em 5 marcha
Agora se vc quer chutar o balde, basta cambiar nos botões, indicador para subir e polegar para reduzir, parece que vc está manuseando um joy stick
O motor v4 parece não ter fim 150/180/200/250 e a danada querendo mais...
é uma moto com mercado restrito, o que é bom por causa dos amigos do alheio e ruim por ser pouco conhecida pelo motociclistas,não muito acostumados com essa tecnologia de cambio automático.
Prós:
tecnologia de ponta, com segurança alta.o design é bonito e limpo, com destaque para a balança monobraço, a ponteira em inox e as belas rodas. Carenagem eficiente em medias e altas velocidades, desviando o fluxo do vento do piloto. opções de cambio manual no punho e automático. Transmissão por cardã, sem se preocupar com corrente frouxa.
Contras:
a posição do piloto poderia ser mais touring. Na cidade não é prática, vc tem que rebater os espelhos para andar entre os carros. É beberrona quando exigida, mas tb não se pode esperar milagre de um motor de mais de 170cv.
As vezes vc se atrapalha com a mudança de marcha nos botões e acaba buzinando em vez de cambiar.
Como toda carenada, é um pé no saco realizar qualquer manutenção. até para uma simples troca de óleo
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Estrada
Quilometragem:
9000
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 21/04/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
87 pessoas gostaram
mais opções

Outras motos Honda à venda

De R$ 50.000,00 a R$ 50.000,00 entre 1 oferta
Honda VRF 1200
R$ 50.000,00
Honda VRF 1200

Guias de motos Honda

foto moto honda/vfr Honda VFR
Honda VFR
foto moto honda/lead Honda Lead
Honda Lead
foto moto honda/cbx-150 Honda CBX 150 Aero
Honda CBX 150 Aero
foto moto honda/vtx Honda VTX
Honda VTX
foto moto honda/cb-650-r Honda CB 650 R
Honda CB 650 R

Notícias sobre motos da Honda

capa noticia Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
capa noticia Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
capa noticia Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
Após Honda e Yamaha, outra marca lança 'aventureira incomum'
capa noticia Motos Honda: 4 modelos que vieram ao BR, saíram e você não viu
Motos Honda: 4 modelos que vieram ao BR, saíram e você não viu
Motos Honda: 4 modelos que vieram ao BR, saíram e você não viu