GUIA DE MOTOS

Honda Shadow 750

A Honda Shadow 750 surgiu em substituição da Shadow 600. A motocicleta estradeira evoluiu em praticamente todos os sentidos e ganhou um visual mais sofisticado, além disso, agora ela dispunha de um motor maior e mais potente. Quando chegou no mercado o modelo estreou definitivamente o conceito de design “Custom Classic” na linha.

5 14

Recomendação

satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Leia as Avaliações

Ficha Técnica

  • Cilindrada: 745
  • Tipo de Motor: 4 tempos
  • Arrefecimento: Berço duplo tubular de aço
  • Combustível: Gasolina
  • Potência Máxima: 45,5 cv a 5.500 rpm
  • Torque Máximo: 6,5 kgf.m a 3.500 rpm
  • Transmissão: 5 velocidades
  • Injeção: Eletrônica
  • Suspensão dianteira: Telescópica com bengalas convencionais, 117 mm de curso
  • Partida: Elétrica
  • Ajuste da suspensão dianteira:
  • Chassi: Aço
  • Suspensão traseira: Bichoque, 90 mm de curso
  • Peso (seco): 229
  • Peso em movimento: (MVOM)
  • Comprimento: 2430
  • Largura: 835
  • Altura: 1125
  • Altura do Banco: 650
  • Distância entre Eixos: 1655
  • Pneu Dianteiro: 90/90-21
  • Pneu Traseiro: 160/80-15
  • Capacidade do tanque: 14
  • Ajuste da suspensão traseira: Amortecedores reguláveis em pré-carga de mola
  • Balança: Bichoque

Outras Versões

  • Shadow 750:   2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009 / 2008 / 2007 / 2006 / 2005

  • Shadow 750 (ABS):   2015 / 2014 / 2013 / 2012 / 2011 / 2010 / 2009

Todas as Avaliações Desta Moto

Recomendo

Prós: Fui proprietário de várias motocicletas, dentre elas trail, esporte e custom. Antes da Shadow 750 fui dono de uma YS Drag Star 650cc. A Drag é uma excelente moto e muito bonita por sinal. Porém, a injeção eletrônica da Shadow fez toda a diferença com acelerações muito lineares. A Honda se comportou muito superior à Dragstar. No início tive uma certa resistência em relação a Shadow, pois estava a procura de uma Harley Daividson. Todavia, ao me deparar com os absurdos valores cobrados por Harleys tanto na motocicleta quanto na manutenção optei por uma japonesa muito conhecida em nosso mercado. Não quer dizer que mais adiante eu não a troque por uma Harley, más, no presente momento estou super satisfeito com a minha nova aquisição, uma Honda Shadow 750 2010 com apenas 4000 kms. Pesquisei, outrossim, a Suzuki Boulevard M800, uma moto muito boa e com mecânica superior a da Shadow, todavia, para quem busca uma moto custom em sua essência acaba rejeitando o excesso de pretos e poucos cromados da Boulevard, fazendo com que ele ficasse em segundo plano. O torque da Shadow é muito bom em baixas rotações. Advirto, quem quer moto para apostar corridas, raly e etc não vá de Custom, ou seja, nenhuma custom prestará. Agora, quem procura uma motocicleta para lazer, clássica, muito confiável, baixíssimas manutenções, bonita, e um estilo custom por natureza vá de SHADOW de olhos fechados. Em termos de conforto, existem no mercado vários acessórios que dará ao condutor um prazer inquestionável de pilotar uma estradeira, como por exemplo um bom parabrisas, banco confort (Ere ou pedrinho), pedaleiras avançadas, encosto para piloto e garupa e etc. Deixo aqui algumas considerações, primeiro... Moto Custom é moto para HOMEM... E segundo, nesta praia não há espaço para frescuras! Custom, ou você ama ou você odeia. rs Não pretendo sair das Custom tão cedo. Por vários fatores, e um deles é o baixo índice de roubos e furtos!
Contras:Não são contras e sim características das motos custom. Muitos reclamam da ausência de conforto, não só na Shadow, mas nas demais motocicletas do segmento. Quem quer conforto para longas viagens ou garupa vá de Varadeiro, V-Strom, Teneré 660, dentre outras. Custom é uma paixão. O Fato de você conduzir uma motocicleta que parece um caminhão de tanta força em baixas rotações, robustez e ainda mais quando está equipada com um escapamento JJ, Tourbal dentre outros que valorizam o ronco grave do motor não tem preço! É necessário a instalação de alguns acessórios para que a Custom passe a dar ao condutor muito prazer.

Recomendo

Prós: muito boa, belo visual
Contras:em viagens mais longas as costas começam a pegar um pouco.

Não Recomendo

Prós: Penso, penso e não vejo nada nessa moto, que todos vêem. Tem outras opções pelo mesmo preço, melhores e mais bem resolvidas. Mas ela tem uma grande vantagem, não é vibradora e tem seu funcionamento bem macio, redondo e silencioso e também é economica, entre 18 e 23 km/l
Contras:Tudo, a começar por curvas na estrada, ela começa a contornar a curva e gera uma tendencia de queda, ai vc corrige, e vai, novamente, logo, curvas, somente até 95 km/h no máximo. Não há como manter um cruzeiro de 110/120 km/h constante. Freio, com o novo pneu fino na frente, mesmo com o ABS ela trava a roda com facilidade. Potencia: Falta força em subidas para acompanhar as outras motos, que digo serem mais positivas. Banco. Péssimo, o cara que desenhou ele devia ter raiva da bunda e fez pelo seu gosto, tem que trocar na hora e colocar um ERE.

Recomendo

Prós: Manutencao mais barata e facil de ser feita, economica (entre 20 a 25 Km/L), particularmente eu que sou iniciante no mundo das motos e esta e minha primeira moto... nao encontrei dificuldade em pilotar.
Contras:Banco nada confortavel...(muito duro), ja tive um problema eletrico com a luz de aviso da reserva (resolvido rapidamente na cc Honda por R$ 150,00), o carona sofre um pouco pois o curso do amortecedor traseiro e curto.

Recomendo

Prós: Tudo
Contras:Nada

Recomendo

Prós: Muito macia e confortável! Suspensão boa para o estilo. Confiabilidade exemplar! Moto com mais de 8 anos de uso e não deu nenhum defeito! Nunca precisou limpar ou regular o carburador. Mesmo assim o consumo é de 18 a 22 km/l, como nova!! A bateria ainda é a original!! Tem estrutura firme para levar muito peso! Já viajei eu, garupa e mais 30kg e a moto continua com ótimo comportamento dinâmico. Cardan: Perfeito! O único problema é que vicia! Bonita, sempre alguém quer bater papo sobre a moto
Contras:Na cidade é grande demais para o trânsito pesado. É baixa. Coloquei um protetor de cárter e pneu 170 na traseiro (original é 160) e melhorou bem! Assim raramente nunca raspa embaixo. Desempenho tímido. Chega a 150, 160km/h, mas sem prazer de pilotar. Gostoso é andar nos 110km/h, sem esforço! A 130 km/h está quase sem força e o consumo sobe bem! É uma moto para andar sem pressa!

Recomendo

Prós: Bonita, com visual clássico, manutenção fácil e pouco frequente, ou seja não incomoda, roda muito bem em boas estradas, excelente custo beneficio, confortável para o piloto, possui um bom torque em baixas rotações, transmissão por cardã, diminui a manutenção
Contras:Consumo, pouco confortável para o garupa, a ciclística não ajuda em estradas sinuosas, falta potencia no motor, sofre para manter 120 km/h de cruzeiro. complicado trocar o pneu traseiro, o que pode ser ruim em longas viagens, caso este venha a furar.

Recomendo

Prós: Tenho uma 2008/2009. Comprei zero. Não dá defeito; é economica; tem boa aceleração; mais silenciosa do que as concorrentes, por causa da sua refrigeração liquida.
Contras:Tanque pequeno (com a mesma capacidade de uma CG); pneu com câmara; faltam mostrador de gasolina, relógio e mostrador de marcha (esses fazem muita falta).

Recomendo

Prós: Consumo. Durabilidade. Extensa rede de concessionárias.
Contras:Bancos duros. Suspensão traseira. Pouca capacidade do tanque de combustível.

Recomendo

Prós: conforto visual consumo
Contras:curvas em alta
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

Não tenha medo ou receio. Procure participar de um grupo de motociclistas ou conversar com quem é do ramo que facilmente fará a escolha correta. A Honda Shadow tem tradição no mercado, assistência técnica em abundância e uma infinidade de acessórios. Penso que nem Jesus Cristo quando veio a Terra agradou a todos, não será a Honda Shadow que agradará. Más, pode acreditar que esta máquina o fará muito feliz. E, por onde passar de crianças a idosos pararão para apreciar a beleza dessa máquina nipônica.

pros

Fui proprietário de várias motocicletas, dentre elas trail, esporte e custom. Antes da Shadow 750 fui dono de uma YS Drag Star 650cc. A Drag é uma excelente moto e muito bonita por sinal. Porém, a injeção eletrônica da Shadow fez toda a diferença com acelerações muito lineares. A Honda se comportou muito superior à Dragstar. No início tive uma certa resistência em relação a Shadow, pois estava a procura de uma Harley Daividson. Todavia, ao me deparar com os absurdos valores cobrados por Harleys tanto na motocicleta quanto na manutenção optei por uma japonesa muito conhecida em nosso mercado. Não quer dizer que mais adiante eu não a troque por uma Harley, más, no presente momento estou super satisfeito com a minha nova aquisição, uma Honda Shadow 750 2010 com apenas 4000 kms. Pesquisei, outrossim, a Suzuki Boulevard M800, uma moto muito boa e com mecânica superior a da Shadow, todavia, para quem busca uma moto custom em sua essência acaba rejeitando o excesso de pretos e poucos cromados da Boulevard, fazendo com que ele ficasse em segundo plano. O torque da Shadow é muito bom em baixas rotações. Advirto, quem quer moto para apostar corridas, raly e etc não vá de Custom, ou seja, nenhuma custom prestará. Agora, quem procura uma motocicleta para lazer, clássica, muito confiável, baixíssimas manutenções, bonita, e um estilo custom por natureza vá de SHADOW de olhos fechados. Em termos de conforto, existem no mercado vários acessórios que dará ao condutor um prazer inquestionável de pilotar uma estradeira, como por exemplo um bom parabrisas, banco confort (Ere ou pedrinho), pedaleiras avançadas, encosto para piloto e garupa e etc. Deixo aqui algumas considerações, primeiro... Moto Custom é moto para HOMEM... E segundo, nesta praia não há espaço para frescuras! Custom, ou você ama ou você odeia. rs Não pretendo sair das Custom tão cedo. Por vários fatores, e um deles é o baixo índice de roubos e furtos!

contras

Não são contras e sim características das motos custom. Muitos reclamam da ausência de conforto, não só na Shadow, mas nas demais motocicletas do segmento. Quem quer conforto para longas viagens ou garupa vá de Varadeiro, V-Strom, Teneré 660, dentre outras. Custom é uma paixão. O Fato de você conduzir uma motocicleta que parece um caminhão de tanta força em baixas rotações, robustez e ainda mais quando está equipada com um escapamento JJ, Tourbal dentre outros que valorizam o ronco grave do motor não tem preço! É necessário a instalação de alguns acessórios para que a Custom passe a dar ao condutor muito prazer.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Menos de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 4000
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção:
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

moto muito confortável e bonita, custo beneficio excelente para quem quer uma custom de porte a um custo acessível. Estilo clássico.

pros

muito boa, belo visual

contras

em viagens mais longas as costas começam a pegar um pouco.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 27000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu não recomendo!

Comentarios

Amigo, quer uma custom silenciosa, boa, que tem só vantagens. Vá na Yamaha e compre a Midnight Star. Ah! Vc não gostou dela, e quer uma com cara de bandida? Vá na Suzuki e compre uma Boulevard. Ah! Quer uma moto exclusiva? Vá na Kawasaki e compre a Vulcan 900, existe 3 versões pra te agradar. Todas essas vc compra por 29-31 mil. A unica moto que perde pra Shadow 750, é a HD 883. Aquilo é de matar.

pros

Penso, penso e não vejo nada nessa moto, que todos vêem. Tem outras opções pelo mesmo preço, melhores e mais bem resolvidas. Mas ela tem uma grande vantagem, não é vibradora e tem seu funcionamento bem macio, redondo e silencioso e também é economica, entre 18 e 23 km/l

contras

Tudo, a começar por curvas na estrada, ela começa a contornar a curva e gera uma tendencia de queda, ai vc corrige, e vai, novamente, logo, curvas, somente até 95 km/h no máximo. Não há como manter um cruzeiro de 110/120 km/h constante. Freio, com o novo pneu fino na frente, mesmo com o ABS ela trava a roda com facilidade. Potencia: Falta força em subidas para acompanhar as outras motos, que digo serem mais positivas. Banco. Péssimo, o cara que desenhou ele devia ter raiva da bunda e fez pelo seu gosto, tem que trocar na hora e colocar um ERE.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Menos de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Estrada
  • Quilometragem: 2300
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção:
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

Esta e minha primeira moto (2010 Prata) 12.000 km e ja rodei 1000. Moto linda e super gostosa de andar e pilotar. Realmente so faz curva em alta usando o contra-esterco. Nao esquenta tanto como uma refrigerada a ar. Sou apaixonado por ela...

pros

Manutencao mais barata e facil de ser feita, economica (entre 20 a 25 Km/L), particularmente eu que sou iniciante no mundo das motos e esta e minha primeira moto... nao encontrei dificuldade em pilotar.

contras

Banco nada confortavel...(muito duro), ja tive um problema eletrico com a luz de aviso da reserva (resolvido rapidamente na cc Honda por R$ 150,00), o carona sofre um pouco pois o curso do amortecedor traseiro e curto.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Menos de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Pista
  • Quilometragem: 12000
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção:
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

pros

Tudo

contras

Nada

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 21000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

pros

Muito macia e confortável!
Suspensão boa para o estilo.
Confiabilidade exemplar! Moto com mais de 8 anos de uso e não deu nenhum defeito!
Nunca precisou limpar ou regular o carburador. Mesmo assim o consumo é de 18 a 22 km/l, como nova!!
A bateria ainda é a original!!
Tem estrutura firme para levar muito peso! Já viajei eu, garupa e mais 30kg e a moto continua com ótimo comportamento dinâmico.
Cardan: Perfeito! O único problema é que vicia!
Bonita, sempre alguém quer bater papo sobre a moto

contras

Na cidade é grande demais para o trânsito pesado.
É baixa. Coloquei um protetor de cárter e pneu 170 na traseiro (original é 160) e melhorou bem! Assim raramente nunca raspa embaixo.
Desempenho tímido. Chega a 150, 160km/h, mas sem prazer de pilotar. Gostoso é andar nos 110km/h, sem esforço! A 130 km/h está quase sem força e o consumo sobe bem!
É uma moto para andar sem pressa!

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada
  • Quilometragem: 39000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Baixo
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

pros

Bonita, com visual clássico, manutenção fácil e pouco frequente, ou seja não incomoda, roda muito bem em boas estradas, excelente custo beneficio, confortável para o piloto, possui um bom torque em baixas rotações, transmissão por cardã, diminui a manutenção

contras

Consumo, pouco confortável para o garupa, a ciclística não ajuda em estradas sinuosas, falta potencia no motor, sofre para manter 120 km/h de cruzeiro. complicado trocar o pneu traseiro, o que pode ser ruim em longas viagens, caso este venha a furar.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 40000
  • Manutenção: Dentro do esperado
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

Comprei uma zero quilometro, 2008/2009. O site deveria dar mais atençao ao ano-modelo, do que o ano-fabricação. Eu acho que essa moto deveria vir de fabrica com pneu sem camara, com indicador de nivel de gasolina (vc não sabe quanto tem no tanque e precisa fazer contas de quantos quilometros rodou, e/ou esperar a luzinha acender). Deveria vir também com um tanque maior (14,4 litros é muito pouco!!), e com indicador de marcha (várias vezes tive que testar se estava na ultima marcha); Se o pneu furar é um deus-nos-acuda, pq para consertá-lo vc precia retirar até o escapamento e a moto, por não ter cavalete central não fica em pé. Então se furar um pneu vc deve procurar uma oficina de motos. Apesar disso tudo, durante esses quatro anos, foi uma boa companheira.Recomendo.

pros

Tenho uma 2008/2009. Comprei zero. Não dá defeito; é economica; tem boa aceleração; mais silenciosa do que as concorrentes, por causa da sua refrigeração liquida.

contras

Tanque pequeno (com a mesma capacidade de uma CG); pneu com câmara; faltam mostrador de gasolina, relógio e mostrador de marcha (esses fazem muita falta).

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 23000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Baixo
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

Essa é apenas a opinião de quem possui motos há cerca de 9 anos, sendo os últimos 18 meses com uma Shadow 750 ano 2010.
A Shadow é uma custom e, como tal, tem exatamente o comportamento dessa categoria.
Peso compatível, manobrabilidade com alguma restrição, posição do motociclista confortável, a exceção dos bancos, que a Honda insiste em mantê-los duros, trazendo desconforto quando rodando tanto nas nossas estradas quanto cidades.
Fascinante na estrada, comporta-se bem mesmo no trânsito das cidades. Salvo se o motociclista quiser maior agilidade, característica que somente encontrará na leveza das pequenas cilindradas.
A concepção da suspensão traseira, amortecimento duplo, embora compatível com a categoria da moto, poderia ser revista, para melhorar o conforto. Mesmo ajustando os amortecedores para a posição mais macia, ainda há desconforto. "Rabo duro" é legal somente no visual, pois com a tecnologia hoje disponível, poderíamos ter uma suspensão mais confortável sem prejudicar o aspecto estético e visual da motocicleta, razões principais para quem escolhe essa categoria.
O consumo é excelente para um motor de 750 cc. Hoje, tendo rodado exatos 12.405 Km, e abastecido com 490 litros de gasolina, fiz uma média global de 25,32 km/litro. Observe que neste total rodei em estradas e cidades e não descartei nenhuma medição, considerando tanto as piores médias quanto as melhores. No entanto, a capacidade do tanque poderia ser um pouco maior em se tratando de uma autêntica estradeira, havendo eterna preocupação do motociclista quanto ao abastecimento de combustível.
A extensa rede de concessionárias Honda é incomparável a qualquer outra marca instalada no país. O atendimento, apesar de satisfatório, poderia ser diferenciado, não havendo nenhuma exclusividade ao cliente.
Seus instrumentos são suficientes, mas reduzidos ao mínimo necessário para a operação segura da motocicleta. Como sugestão, indico a instalação de um conta-giros, que em muito contribui na condução do motor, evitando operá-lo na faixa vermelha em aceleradas mais fortes e uma luz indicadora de última marcha.
Foi uma pena a montadora optar por retirar as plataformas, pois aumentam sobremaneira o conforto do motociclista, permitindo alterar a posição das pernas com frequência e protegendo do intenso deslocamento de ar quando em velocidades acima de 110 a 120 km/hora.
Indicaria a Shadow a um amigo sim, tendo em vista os aspectos abordados acima e, como último comentário, a confiabilidade que a marca tem no país.

pros

Consumo.
Durabilidade.
Extensa rede de concessionárias.

contras

Bancos duros.
Suspensão traseira.
Pouca capacidade do tanque de combustível.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Lazer
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 12500
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda Shadow 750
eu recomendo!

Comentarios

pros

conforto
visual
consumo

contras

curvas em alta

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Menos de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada
  • Quilometragem: 500
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção:
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
Site Ramar Ventures

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

Cotar Seguro da Sua Moto