GUIA DE MOTOS

Honda NX 350 Sahara

A NX 350 Sahara foi uma motocicleta fabricada pela Honda de 1989 a 1999. Sucedeu o modelo XLX 350R e foi substituída pelo modelo NX4 Falcon. A Sahara pode ser considerada uma 3 em 1. É uma moto para uso urbano. Também pode trafegar bem na estrada devido a uma velocidade de cruzeiro compatível com a realidade brasileira. Também oferece conforto e estabilidade por possuir carenagem e bolha. Foi o modelo utilizado pela ROCAM no período de 1994 a 2000.

5 23

Recomendação

satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Leia as Avaliações

Ficha Técnica

  • Cilindrada: 339
  • Tipo de Motor: 4 tempos
  • Arrefecimento: Ar
  • Combustível: Gasolina
  • Potência Máxima: 31.50 cv a 7500 rpm
  • Torque Máximo: 3.10 kgf a 6500 rpm
  • Transmissão: 6 marchas
  • Injeção: Carburada
  • Suspensão dianteira: Garfo Telescópico, curso de 215 mm
  • Partida: Elétrica
  • Ajuste da suspensão dianteira:
  • Chassi: Aço
  • Suspensão traseira: Mono-amortecedor Pro-Link,curso de 200 mm
  • Peso (seco): 144
  • Peso em movimento: (MVOM)
  • Comprimento: 2089
  • Largura: 815
  • Altura: 1315
  • Altura do Banco: 835
  • Distância entre Eixos: 1395
  • Pneu Dianteiro: 2.00 - 21 51R
  • Pneu Traseiro: 4.60 - 17 62R
  • Capacidade do tanque: 14
  • Ajuste da suspensão traseira:
  • Balança: Convencional

Motos Deste Modelo à Venda

VER TODAS De R$ 17.500,00 a R$ 17.500,00 entre 1 oferta

Outras Versões

  • NX 350 Sahara:   1999 / 1998 / 1997 / 1996 / 1995 / 1994 / 1993 / 1992 / 1991 / 1990

Todas as Avaliações Desta Moto

Recomendo

Prós: Uma motocicleta que virou cult. Não troco minha Sahara por nenhuma Falcon ou XRE. O banco menos confortável em viagens mais longas pode ser compensado com um Erê. Torque maravilhoso. Arranca muito. Marcha de baixa responde rápido em meio ao trânsito. Tamanho pouco incomoda. Velocidade de cruzeiro pode ser de 110/120 km/h tranquilamente. Mesmo hoje, com uma moto maior (NC 700),nunca venderei minha Sahara.
Contras:Sem contras.

Recomendo

Prós: Moto forte e resistente transpõem os obstáculos de nossas vias com facilidade não chama muito atenção (Ponto positivo pra quem quer ter moto em SP) se bem cuidada vai longe.
Contras:Alguns mecânicos fuleiros já arrumam empecilhos para mexer nela alegando antiguidade, algumas peças caras, velocidade final (não é seu proposito)

Recomendo

Prós: Excepcional motocicleta para uso diário, leve, excepcional dirigibilidade, motor e suspensão fortes, pouco visada para roubo, aceita bem garupa.
Contras:Consumo um pouco alto, banco duro após uma hora de uso.

Recomendo

Prós: Manutenção barata, facilidade de encontrar peças nos dias de hoje, estabilidade, versátil, bom torque, desempenho muito bom na estrada.
Contras:Traseira um pouco baixa, banco duro, pedal câmbio com o tempo fica com folga, isso é crônico.

Recomendo

Prós: Essa é a Sahara, uma moto pau pra toda obra. Serve pra qualquer ocasião. Tem bom torque em baixas rotações. As vezes você tá em quarta, quinta assim, e a moto tem motor sem precisar enrolar o cabo. Já fiz muitas viagens, o desempenho dela é muito bom.
Contras:Por ser mais velhinha tende a dar uns problemas né, tem que fazer a manutenção com cuidado. Tipo, respiros do motor, não tem luz do óleo, mas aí tem que analisar com cuidado. Na estrada a minha fica com 6500rpm a 110km/h, fica um pouco acelerada mesmo na 6ª marcha, mas tem bastante torque. Eu uso a relação original. Deveria ficar com no máximo 5500rpm pra ter um pouco mais de conforto porque a função da 6ª marcha seria isso, mas como eu não sou engenheiro mecânico eu não posso criticar muito o desenvolvimento do câmbio.

Recomendo

Prós: moto muito boa tive duas e achei muito forte e econômica muito boa para chão e asfalto eu abusava muito da minha sahara se eu encontrasse uma impecavel compraria outra
Contras:esquenta muito se vc não tiver um bom mecânico ela fica cheia de vazamentos só isso o resto e excelente

Recomendo

Prós: Visualmente acho linda, manutenção barata, peças fáceis de achar, suspensão macia, encara qualquer terreno, tenho amigos que usam na trilha e apesar de ser pesada para este uso, na mão de quem conhece é um trator e anda junto com importada. Para viagens/ cidade/ terra é ótimo, muito versátil, já peguei muito temporal na estrada com ela e a bitela rasga poça d'água que vc nem percebe. Uma ciclística excelente. A bolha e as carenagens protegem o piloto muito bem. Não tenho reclamações! Peguei a minha de um amigo do meu tio, Uma Sahara verde 98 (comprei em jan/2012) com 13 mil km, fiz mais 25 mil km com ela 90% na estrada, e não tenho reclamações. Tive que vender p/ pegar uma moto maior, e ficou muita saudade dela, quem sabe um dia eu num compro ela de volta!!!
Contras:Autonomia, banco é cansativo após 2 horas, farol a noite achei um pouco fraco ( farol baixo é bom, mas não vai longe, farol alto vai longe, mas perde iluminação perto), resolvi com 30 reais adaptando um auxiliar embaixo da carenagem, e a velocidade de cruzeiro fica em 110 a 120km/hora, ótimo nas rodovias, mas as vezes falta um pouco, nada grave.

Recomendo

Prós: Bom Porte, nao eh uma moto estupida e nem fraca, na medida certa. Otima na cidade, bem agil. Na estrada, a carenagem faz toda diferenca. Farol bem ajustado, amplia bem o foco de luz. Economica, ate certo ponto (depende da tocada), prefiro andar com mais torque por 20 km/l do que numa 125 por 10 km/l a mais. Imponente, todo mundo olha quando voce para ao lado, principalmente com um escape esportivo. Suspensao pro-link.
Contras:Banco eh meio duro, nada percepitivel, exceto em longas viagens. Falta de marcador de combustivel. Falta de freio a disco na roda traseira. Dependendo de onde voce mora, pode ser dificil de se encontrar pecas. Se fosse bicilndrica seria perfeita.

Recomendo

Prós: Polivalente, anda em qualquer terreno sem problemas, o motor dá conta com folga se for andar dentro do permitido. Manutenção eu nunca tive, mas para "fazer" o motor com peças originais é um tanto caro, porém é muito durável. Peca um pouco no conforto, mas dá um banho de dirigibilidade.
Contras:Conforto, vibração (normal) e barulho das carenagens.

Recomendo

Prós: Recomendo... e muito. Mas não para folgados que não cuidam devidamente, pois é uma moto que requer atenção para manter sua realeza. Uma queda bruta é prejuízo garantido. É forte em qualquer situação, tem boa potencia em rotação média-baixa, torque equilibrado... anda a 105Km/h a 6000 rpms com relação original e 115-118 com pinhão de 15, quase não sentindo perda de torque... apenas em retomadas de velocidade em alta, com passageiro. Com pequenas modificações bobas chega a 150Km/h antes do vermelho... quase uma XT600. 0 a 100 em 9,3 segundos (teste nos anos 90 na revista duas rodas). Velocidade de cruzeiro boa para curtas distancias (105 -110/h). É linda, mais ainda com pequenas mudanças (piscas traseiros coreanos, retrovisor, protetor de disco e bengalas importado, aeroquip, pneu e sanfona de xt600 em aro ligeiramente mais largo, fibra de carbono camaleão em algumas partes etc). Uma sexta marcha também é um alívio ao motor e aumento do equilíbrio oferecido. Anda bem em qualquer faixa de giro e com meia embreagem consegue sair até de sexta marcha sem stress. Sua altura do escape/carburador permite vencer alagamentos e rios, mas não tão profundos. Como moto ao dia a dia é perfeita, especialmente em cidade e offroad leve-moderado... responde rápido, ultrapassa rápido, não fica amarrada em fileiras, é maleável e controlável. Farol H4 potente e com facho bem distribuído se tiver a lente original, painel preso na carenagem, baixo custo de manutenção, peças intercambiáveis com várias outras motos Hondas (família NX, XR, XL, CB, CRF, CBX e até CG). É divertida de pilotar e o ronco? Aaaa... esse nenhuma monocilíndrica tem. Com o escape fechado ou original é perfeito, perfeito, perfeito. Inconfundível. Seu centro de gravidade também é equilibrado para quem tem a moto entre as pernas em qualquer situação. Lubrificação a carter úmido... ou seja, nada de muita putaria. Abaixo... aonde está escrito condições de teste, tenho Sahara a quase 20 anos (entre poucas outras ao mesmo tempo... falcon, xlx, XRE, sxt 27.5). Já andei em algumas outras... prefiro a sahara sem dúvidas.
Contras:Algumas peças originais Honda que custam uma fortuna são descartáveis.. a exemplo de uma no cabo do afogador/carburador. Melhor mandar fazê-las em bronze. O freio traseiro poderia ser a disco, embora ela tenha uma frenagem equilibrada. Um indicador de combustível seria útil, apesar da época do projeto. Às vezes ela pede reserva em situações enroladas no transito e dá leves sustos, embora o motor as vezes dê uma amolecida avisando a falta. O tanque de combustível tem mais de 14 litros, mas uma pequena parte da gasolina simplesmente não desce. Se quase deitar a moto ganha 1-2 Km até o posto. O bagageiro traseiro tem baixa capacidade de carga, bem como muitas hondas. Pela característica mista universal dela e ser pau para toda obra, acho que ele deveria ter vindo reforçado de fábrica. O material do escape original é vagabundo e caro arrombando com o tempo... adaptei o inox de uma Yamaha WR450 japonesa na minha para nunca mais acabar e ficar deliciosamente com o ronco original. O desenho do filtro de ar o torna único e difícil de achar (salvo se usar a manha do filtro de fiesta). Em um offroad pesado, o guia do para-lamas dianteiro pode ficar com barro preso e endurecido, exigindo a retirada. O peso dela também pode ser complicado para baixinhos ou franzinos. Tenho 1,72/85Kg e para mim é sem dificuldades significativas.
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

Sem contras.

pros

Uma motocicleta que virou cult. Não troco minha Sahara por nenhuma Falcon ou XRE. O banco menos confortável em viagens mais longas pode ser compensado com um Erê. Torque maravilhoso. Arranca muito. Marcha de baixa responde rápido em meio ao trânsito. Tamanho pouco incomoda. Velocidade de cruzeiro pode ser de 110/120 km/h tranquilamente. Mesmo hoje, com uma moto maior (NC 700),nunca venderei minha Sahara.

contras

Sem contras.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano
  • Quilometragem: 85000
  • Manutenção: Dentro do esperado
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

Utilizo a minha para ida e volta ao trabalho cerca de 90 Km por dia , comprei usada e aos poucos estou reformando ela mas posso dizer que é muito forte e achei econômica também medindo em média 25 Km/l o único porém é que ela não tem muita velocidade final mas isso não é um problema pois esse não é seu proposito.

pros

Moto forte e resistente transpõem os obstáculos de nossas vias com facilidade não chama muito atenção (Ponto positivo pra quem quer ter moto em SP) se bem cuidada vai longe.

contras

Alguns mecânicos fuleiros já arrumam empecilhos para mexer nela alegando antiguidade, algumas peças caras, velocidade final (não é seu proposito)

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Menos de um ano
  • Tipo de Uso: Utilitário (Trabalho)
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 600000
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção:
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

Está é minha terceira Sahara. Descobri que não posso viver sem uma. Não venderei mais. Será sempre uma das minhas motocicletas.

pros

Excepcional motocicleta para uso diário, leve, excepcional dirigibilidade, motor e suspensão fortes, pouco visada para roubo, aceita bem garupa.

contras

Consumo um pouco alto, banco duro após uma hora de uso.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Estrada
  • Quilometragem: 21500
  • Manutenção:
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

pros

Manutenção barata, facilidade de encontrar peças nos dias de hoje, estabilidade, versátil, bom torque, desempenho muito bom na estrada.

contras

Traseira um pouco baixa, banco duro, pedal câmbio com o tempo fica com folga, isso é crônico.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 28000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

pros

Essa é a Sahara, uma moto pau pra toda obra. Serve pra qualquer ocasião. Tem bom torque em baixas rotações. As vezes você tá em quarta, quinta assim, e a moto tem motor sem precisar enrolar o cabo. Já fiz muitas viagens, o desempenho dela é muito bom.

contras

Por ser mais velhinha tende a dar uns problemas né, tem que fazer a manutenção com cuidado. Tipo, respiros do motor, não tem luz do óleo, mas aí tem que analisar com cuidado. Na estrada a minha fica com 6500rpm a 110km/h, fica um pouco acelerada mesmo na 6ª marcha, mas tem bastante torque. Eu uso a relação original. Deveria ficar com no máximo 5500rpm pra ter um pouco mais de conforto porque a função da 6ª marcha seria isso, mas como eu não sou engenheiro mecânico eu não posso criticar muito o desenvolvimento do câmbio.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 20000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

pros

moto muito boa tive duas e achei muito forte e econômica muito boa para chão e asfalto eu abusava muito da minha sahara se eu encontrasse uma impecavel compraria outra

contras

esquenta muito se vc não tiver um bom mecânico ela fica cheia de vazamentos só isso o resto e excelente

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra
  • Quilometragem: 55000
  • Manutenção: Dentro do esperado
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

Depois de tudo que escrevi, só tenho um comentário, é tão boa que não perde valor!!!! Comprei a minha por R$7.000,00 e passei no rolo da outra moto por R$7.000,00. Se tivesse mais R$7.000,00 comprava ela de volta!!!!!Sem querer ser chato, mas a minha era digna de colecionador!!!
A mulekada nova não curte esse estilo, mas quem conhece de moto garanto que o Saharão é referência em média/baixa cilindrada!!!

pros

Visualmente acho linda, manutenção barata, peças fáceis de achar, suspensão macia, encara qualquer terreno, tenho amigos que usam na trilha e apesar de ser pesada para este uso, na mão de quem conhece é um trator e anda junto com importada. Para viagens/ cidade/ terra é ótimo, muito versátil, já peguei muito temporal na estrada com ela e a bitela rasga poça d'água que vc nem percebe. Uma ciclística excelente. A bolha e as carenagens protegem o piloto muito bem. Não tenho reclamações! Peguei a minha de um amigo do meu tio, Uma Sahara verde 98 (comprei em jan/2012) com 13 mil km, fiz mais 25 mil km com ela 90% na estrada, e não tenho reclamações. Tive que vender p/ pegar uma moto maior, e ficou muita saudade dela, quem sabe um dia eu num compro ela de volta!!!

contras

Autonomia, banco é cansativo após 2 horas, farol a noite achei um pouco fraco ( farol baixo é bom, mas não vai longe, farol alto vai longe, mas perde iluminação perto), resolvi com 30 reais adaptando um auxiliar embaixo da carenagem, e a velocidade de cruzeiro fica em 110 a 120km/hora, ótimo nas rodovias, mas as vezes falta um pouco, nada grave.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada
  • Quilometragem: 35000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Baixo
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

pros

Bom Porte, nao eh uma moto estupida e nem fraca, na medida certa.
Otima na cidade, bem agil.
Na estrada, a carenagem faz toda diferenca.
Farol bem ajustado, amplia bem o foco de luz.
Economica, ate certo ponto (depende da tocada), prefiro andar com mais torque por 20 km/l do que numa 125 por 10 km/l a mais.
Imponente, todo mundo olha quando voce para ao lado, principalmente com um escape esportivo.
Suspensao pro-link.

contras

Banco eh meio duro, nada percepitivel, exceto em longas viagens.
Falta de marcador de combustivel.
Falta de freio a disco na roda traseira.
Dependendo de onde voce mora, pode ser dificil de se encontrar pecas.
Se fosse bicilndrica seria perfeita.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 22000
  • Manutenção: Difícil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

É uma moto ótima, daquelas que topam tudo, não tenho o que reclamar, e quando for trocar a minha o único motivo é a idade dela, de resto, só alegria!

pros

Polivalente, anda em qualquer terreno sem problemas, o motor dá conta com folga se for andar dentro do permitido. Manutenção eu nunca tive, mas para "fazer" o motor com peças originais é um tanto caro, porém é muito durável. Peca um pouco no conforto, mas dá um banho de dirigibilidade.

contras

Conforto, vibração (normal) e barulho das carenagens.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 62000
  • Manutenção: Fácil de encontrar
  • Custo de Mantenção: Normal
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
Avaliação
Avaliou Honda NX 350 Sahara
eu recomendo!

Comentarios

Amo minha Sahara Gomes. Quarta... desde a primeira. 91, 92, 97, 99 tendo rodado uns 200 mil Km ao total. Moto inspirada no Paris Dakar e as campeãs nos anos 80... muito falado na época. Talvez a negocie em uma 4 cilindros grande (blackbird, meu pequeno grande desejo) e assim que terminar de pagar eu procure outra NX original (quem sabe a mesma?). Senão esta eu levo para aonde for... até o caixão. Visual marcante. Conforto bom para piloto se não forem distancias muito longas (mais que 200Km seguidos) ou o motociclista não tiver problemas de coluna/idade esticada. Senão da para sentir o cansaço. Na terra faz bonito.... sem exageros. Mas se tirar a carenagem aí vira um monstro. Depois da Sahara a Honda desceu muito de nível. No desempenho atingimos 31,5cv a 3,18 kg.f.m de torque puxando 144Kg à seco em rotações medias (7000-7500 rpm) distribuidos em 6 marchas. Excelente relação peso x potencia para uma monocilindrica de 1991 com poucas mudanças nos anos. Aerodinâmica carenada. Mesmo sem baixo cx fura o vento, poeira, chuva, pedrinhas, insetos, fumaça, oferece conforto, estabilidade e proteção. Sente-se falta quando pega uma moto nua. O consumo depende se está bem regulada como todas as carburadas... ficando em torno de 20 a 24 Km/L abaixo de 100/h e 16 a 18Km/L acima disto (estágio 2 do carburador). Minha terceira Sahara chegou a fazer 32/L. A dirigibilidade com guidon curvo original, sem alongador e pneus MT60 é excelente, em meu caso chegando a raspar pé no chão em curvas conhecidas e acima de 100/h (significativo, para uma categoria não esportiva). Menos de 1,70 em terra pode ser problemático a alguns. A roda dianteira aro 21 e boa altura motor/solo permite superar obstáculos facilmente.... uma maravilha. Em buracos, pouco se sente o impacto. Exceto em ruas que seja o próprio buraco (comum no Brasil).
Em resumo... a Honda fez besteira (normal) com aquela ideia idiota de projetar uma moto para casal (barbie falcon). Depois as outras não tão equilibradas como a Sahara e ainda com aquela sacanagem de farol Ligado 24h (só na Honda). Quem teve Sahara desde nova e usufruiu sem deixar na garagem (característica de muitos apaixonados por motos) sabe o que estou dizendo. É uma moto para deixar saudades. Ou se possível, tê-la junto com outras maiores de diferentes categoria (4 cilindros para meu caso). No dia a dia e como pau para toda obra ela é magnânima.

Obs: Sahara não é trator como uns dizem, tem majestade. Tratores são Harleys e similares, cujo tem que ter apenas torque (força) em baixa rotação desequilibrando o resto e assim conseguir carregar a própria ferragem. Muita ferragem.

pros

Recomendo... e muito. Mas não para folgados que não cuidam devidamente, pois é uma moto que requer atenção para manter sua realeza. Uma queda bruta é prejuízo garantido.
É forte em qualquer situação, tem boa potencia em rotação média-baixa, torque equilibrado... anda a 105Km/h a 6000 rpms com relação original e 115-118 com pinhão de 15, quase não sentindo perda de torque... apenas em retomadas de velocidade em alta, com passageiro. Com pequenas modificações bobas chega a 150Km/h antes do vermelho... quase uma XT600. 0 a 100 em 9,3 segundos (teste nos anos 90 na revista duas rodas). Velocidade de cruzeiro boa para curtas distancias (105 -110/h). É linda, mais ainda com pequenas mudanças (piscas traseiros coreanos, retrovisor, protetor de disco e bengalas importado, aeroquip, pneu e sanfona de xt600 em aro ligeiramente mais largo, fibra de carbono camaleão em algumas partes etc). Uma sexta marcha também é um alívio ao motor e aumento do equilíbrio oferecido. Anda bem em qualquer faixa de giro e com meia embreagem consegue sair até de sexta marcha sem stress. Sua altura do escape/carburador permite vencer alagamentos e rios, mas não tão profundos.
Como moto ao dia a dia é perfeita, especialmente em cidade e offroad leve-moderado... responde rápido, ultrapassa rápido, não fica amarrada em fileiras, é maleável e controlável. Farol H4 potente e com facho bem distribuído se tiver a lente original, painel preso na carenagem, baixo custo de manutenção, peças intercambiáveis com várias outras motos Hondas (família NX, XR, XL, CB, CRF, CBX e até CG). É divertida de pilotar e o ronco? Aaaa... esse nenhuma monocilíndrica tem. Com o escape fechado ou original é perfeito, perfeito, perfeito. Inconfundível. Seu centro de gravidade também é equilibrado para quem tem a moto entre as pernas em qualquer situação. Lubrificação a carter úmido... ou seja, nada de muita putaria.
Abaixo... aonde está escrito condições de teste, tenho Sahara a quase 20 anos (entre poucas outras ao mesmo tempo... falcon, xlx, XRE, sxt 27.5). Já andei em algumas outras... prefiro a sahara sem dúvidas.

contras

Algumas peças originais Honda que custam uma fortuna são descartáveis.. a exemplo de uma no cabo do afogador/carburador. Melhor mandar fazê-las em bronze. O freio traseiro poderia ser a disco, embora ela tenha uma frenagem equilibrada. Um indicador de combustível seria útil, apesar da época do projeto. Às vezes ela pede reserva em situações enroladas no transito e dá leves sustos, embora o motor as vezes dê uma amolecida avisando a falta. O tanque de combustível tem mais de 14 litros, mas uma pequena parte da gasolina simplesmente não desce. Se quase deitar a moto ganha 1-2 Km até o posto. O bagageiro traseiro tem baixa capacidade de carga, bem como muitas hondas. Pela característica mista universal dela e ser pau para toda obra, acho que ele deveria ter vindo reforçado de fábrica.
O material do escape original é vagabundo e caro arrombando com o tempo... adaptei o inox de uma Yamaha WR450 japonesa na minha para nunca mais acabar e ficar deliciosamente com o ronco original. O desenho do filtro de ar o torna único e difícil de achar (salvo se usar a manha do filtro de fiesta). Em um offroad pesado, o guia do para-lamas dianteiro pode ficar com barro preso e endurecido, exigindo a retirada. O peso dela também pode ser complicado para baixinhos ou franzinos. Tenho 1,72/85Kg e para mim é sem dificuldades significativas.

CONDIÇÕES DO TESTE

  • Tempo de uso: Mais de um ano
  • Tipo de Uso: Meio de Transporte
  • Terreno Testado: Urbano, Terra, Estrada, Pista
  • Quilometragem: 200000
  • Manutenção: Dentro do esperado
  • Custo de Mantenção: Baixo
satisfação geral
DIRIGIBILIDADE
VISUAL
CONSUMO
CONFORTO
CUSTO X BENEFÍCIO
PERFOMANCE
É expressamente proibida a reprodução de qualquer matéria sem a prévia autorização do Motonline e dos autores (Inciso I do Artigo 29 - Lei 9.610/98).
Proibida a reprodução parcial ou integral mesmo que citada a fonte. Todos os direitos reservados. As matérias assinadas são de exclusiva responsabilidade de seus autores.
Site Ramar Ventures

buscar conteúdo

Encontre anúncios, guias, notícias e conteúdos sobre motos.

Cotar Seguro da Sua Moto