Honda CBX 250 Twister

Honda CBX 250 Twister
Recomendação:
Satisfação Geral:
Dirigibilidade:
Visual:
Consumo:
Conforto:
Custo X Benefício:
Performance:
Leia as Avaliações Deixe sua Avaliações
Sobre a Honda CBX 250 Twister
CBX 250 Twister foi uma motocicleta fabricada pela Honda no Brasil onde teve seu primeiro mercado, sendo posteriormente exportada e fabricada em outros países da América Latina. A moto teve sua fabricação iniciada em abril de 2001, e foi concebida para substituir a CBX 200 Strada, que deixou de ser fabricada no ano de 2002. Em 2006 ela sofreu algumas pequenas modificações estéticas. Esta motocicleta também era vendida na Argentina e no México, além de ser exportada para alguns países da Europa, sob o nome de CBF 250, com pequenas modificações.

Ficha Técnica

Cilindrada: 249
Tipo de Motor: 4 tempos
Arrefecimento: Ar
Combustível: Gasolina
Potência Máxima: 24.00 a 8000 rpm
Torque Máximo: 2.48 a 6000 rpm
Transmissão: 6 marchas
Injeção: Carburada
Suspensão dianteira: Convencional
Partida: Elétrica
Ajuste da suspensão dianteira: Eletrônica
Chassi: Aço
Suspensão traseira: MonoShock
Peso (seco): 139
Comprimento: 2031
Largura: 746
Altura: 1057
Altura do Banco: 782
Distância entre Eixos: 1369
Pneu Dianteiro: 100/80 - 17 M/C 52S
Pneu Traseiro: 130/70 - 17 M/C 62S
Capacidade do tanque: 16
Ajuste da suspensão traseira: Pré-carga
Balança: Convencional

Outras Versões

CBX 250 Twister:   2008 / 2007 / 2006 / 2005 / 2004 / 2003 / 2002 / 2001
mais opções

Todas as Avaliações da Honda CBX 250 Twister

Recomendo
Classificação
Prós:
Uma moto fora de linha, mas que cumpre bem o seu papel, muito acima da media não é tão gastona como dizem nem tão cara de manter como uma primeira pequena moto grande é uma otima opção anda bem é forte só precisa de um poco de manha para pilotar pois é uma moto com personalidade !!!!!!!!!!!!!!!
Contras:
Os contras são os mais faceis de resolver, quanto a lampada fraca do farol basta substituir a original por uma 55/60 watts sem medo de ter seus caminhos bem iluminados e quanto ao barulho de corrente basta remover o aro que fica prezo a coroa, no mais é só diversão muito melhor que uma 125 ou 150 !!!!!!
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
55000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 12/12/2022
SIM
Esta análise foi útil para você?
6 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Poder ser considerada antiga, eu acho que não é, mas bate forte contra as atuais Fazer e 300, cujo modelos eu passo todo todo do lado destas esbanjando beleza e potencia porque , realmente a twister é uma das pouquíssimas motos populares que contem peças com tao harmoniosa combinação.
A twister ainda assusta quem a vê trabalhando com seus 23 cv na roda que aliás é um pneuzão que gruda bem no chão mas os pneus da 300 e fazer são muito melhores mas não tiro a originalidade da minha loira é de jeito nenhum.
Comparam muito a tw, 300 e fazer e realmente acho que são motos iguais, apenas mudando o físico,apenas escolha a que mais o agrada. Pra rodovia vá de Tw e 300, pra cidade vá da Fazer. Quando comprei minha Tw pensei bastante em custo-beneficio mas acabei pegando a Tw por ser linda, não ser tao beberrona (é a moto que sempre quis por uns 5 anos assim comprei a loira que a dona a deixava num quarto coberta num edredom, apenas com 8.100km no hodômetro), mas o real CxB são as injetadas mesmo.
Uma dica pra quem quer comprar uma tw, compre uma moto nova, bastante conservada de baixa quilometragem, verifique - a no funileiro e no mecânico pois estas motos novas são raras hj em dia e é moto pra acelerar sem dó. Compre uma e com certeza seja feliz.
Prós:
Desempenho: Motinha esperta, com arrancada muito forte pro nível 250cc. Na rodovia chega rápido na velocidade de cruzeiro, fácil nos 150 km/h, máximo que consegui chegar numa reta. Na cidade se mostrou bastante competente. Sua retomada na cidade e na rodovia é incrível, com essa motinha já podemos curtir uma viajem CURTA.

Consumo: Poderia ser mais econômica mas a minha faz média de 25 por litro andando como tiozao do interior com avc, acho ótimo pra um motão como a tutu. Falam muito da carburada com a injetada 300, ouvi muitos reclamando que a 300 tb é beberrona, meu amigo mesmo confirmou, se enrolar o cabo bebe mesmo, o mesmo acontece com a tw.

Manutenção: Muito bom os preços de peças essa moto foi feita pra ralar mesmo, motor aguenta pancada. Nao estragou nada ainda, manutenção apenas óleo, filtros, lubrificações de corrente, nada mais.
Contras:
Carburada, um defeito grave que poderia ser resolvido numa moto que até hj é moderna.
Um pouco durona, poderia ser mais macia mas nada que deprecie a moto.
Ladroes ainda a amam, senso 2012 diz que é a terceira moto mais roubada do ano e assim sempre foi.
Maldita bateção de corrente que nunca some mas ameniza apertando a tensão da corrente e lubrificando.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
11000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 14/11/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
3 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
- Desenvolvimento muito bom na cidade e estrada.
- Manutenção barata.
- 6 marchas.
- Moto muito bruta.
- Se regulada com manutenção em dia, não é tão gastona (a minha faz 27km/l na cidade com relação original)
Contras:
- Suspensão desconfortável em terreno irregular.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
45000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 05/08/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
2 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
ótima moto para quem esta começando, tem um desempenho legal e ficou barata de comprar
Prós:
-ótimo desempenho para a categoria
-bonita
-facil de manter
Contras:
-consumo
-sai fácil de frente
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Dei umas voltas
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
0
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 21/02/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Prós:
- Aparência
- 6 marchas (muito boa na pista)
- Motor forte e confiável
- Peças baratas
- Inclina bastante em curvas (por conta da suspensão mais rigida)
- Seguro barato
Contras:
- Consumo um pouco elevado
- Suspensão rígida (moto um pouco dura)
- Muita troca de marcha dentro da cidade
- Lampada do farol fraca
- Frente desalinha muito facil mesmo em tombos bestas
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada, Pista
Quilometragem:
55000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 12/04/2022
SIM
Esta análise foi útil para você?
0 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Prós:
Como uma boa 250, era muito ágil na cidade, peças relativamente baratas. Para viajem longa era desconfortável, mas com boas paradas se vai longe. Moto aguenta bem a pegada. Em 5 anos com ela, não tive dor de cabeça alguma. Fiz mais de 60.000km com ela, e só revisões básicas e muito cuida com ela.
Contras:
Desconfortável, e como era carburada gastava bastante. Temos também o famoso barulho da relação dela.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Quilometragem:
120
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 19/04/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
0 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Prós:
Força bruta, arrancada eficiente, design bonito até hoje, manutenção barata, não dá problema
Contras:
O modelo velho saiu de linha, a atual não tem nada há ver com a antiga.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Menos de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Pista
Quilometragem:
60000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 09/06/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
728 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Prós:
uma das melhores 250 da categoria ( sem carenagem ) confortavel , bonita , facil de dirigir e tem uma força boa.
Contras:
O famoso barulho de corrente da Honda.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Utilitário (Trabalho)
Terreno Testado:
Urbano
Quilometragem:
0
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
1 pessoa gostou
Recomendo
Classificação
Comentários:
É minha moto atual, já tenho ela a 4 anos e não tenho o que reclamar, ótima opção para quem sai de uma 125, apesar de estar a um bom tempo fora de linha é fácil achar peças para ela a um custo razoavelmente barato. Até nas autorizadas Honda, as peças originais já estão bem mais em conta para ela, e na cidade onde moro existem outras lojas que também vendem peças originais e paralelas para ela. Se formos comparar com a concorrência, é óbvio, não existe mais como comparar, pois ainda é carburada e as outras já são flex e outros apliques mais, mas não me importo com isto, cada um deve se sentir bem com a moto que tem.
No Brasil ela já teve a época dela, mas considero uma boa motocicleta; na Argentina ela ainda é fabricada e vendida, ou seja, tem muita gente que gosta dela ainda.
Prós:
- Moto bonita (Estilo)
- Boa para viagens
- Boa para andar dentro da cidade, leve
- 6 marchas
- Motor resistente
- Painel completo

Contras:
- Cansativa em viagens longas
- Consumo
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Lazer
Terreno Testado:
Urbano, Estrada
Quilometragem:
15000
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Normal
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 05/05/2023
SIM
Esta análise foi útil para você?
27 pessoas gostaram
Recomendo
Classificação
Comentários:
Fica um pouco difícil avaliar a minha Twister (apelidada de Duda) de forma imparcial, pois ainda tenho aquela nostalgia de ser a primeira moto. No geral é uma excelente moto.
Uma dica que deixo por experiência própria é cuidado com a manutenção preventiva, se feita corretamente você não terá susto nenhum. Conheça o máximo o passado da moto antes de adquirir, a personalidade do dono reflete no estado de conservação, dono desleixado e você terá dor de cabeça depois de perder tempo corrigindo as "cagadas" dos outros, do que curtir as qualidade dela.
Prós:
- Econômica quando se trabalha na faixa máxima de torque (6000 RPM), a minha têm uma autonomia na média de 315 Km;
- Ótima nas retomada de marcha e arrancada do semáfaro no trecho urbano;
- Motor com dupla personalidade, mansa até 6000 Rpm, forte e quando exigimos acima dos 7000 Rpm;
- Posição de pilotagem mais confortável, mais ereta que a sua sucessora (CB 300R), em longos trajetos;
- Freio um pouco borrachudo, mas muito eficiente;
- Painel digital completo e de fácil visualização das informações;
- Nos meus deslocamentos diários pego um trecho da Rodovia Castelo Branco, e ela anda na velocidade máxima permitida na via (100 Km/h) tranquilamente;
- Suspensão muito estável, sendo um pouco desconfortável em trechos com muita irregularidade;
- Se feita a manutenção preventiva respeitando a quilometragem e utilizando peças originais, ela não exige manutenção corretiva precoce;
- Design se mantém atual apesar de ter saído de linha em 2009, sem falar que ela parece ser uma moto maior do que o real tamanho de 249cc.
Contras:
- O calcanhar de aquiles do modelo é o barulho da corrente, e sempre deve estar atento com relação a lubrificação e tensão correta dela. Apesar de que já estou tão acostumado que não incomoda mais;
- O velho ditado "cavalo que corre come" serve quando anda com ela trocando as marchas perto da faixinha vermelha do conta-giros. É uma delícia, mas pesa no bolso;
- Apesar de ter seis marchas, não vejo muita eficiência na 6ª marcha;
- Muitas trocas de marchas para se trabalhar na faixa de torque ideal;
- Por ser carburada, para exigir performance do motor, é necessário sempre estar com o giro lá em cima;
- Por morar na grande São Paulo, a minha maior preocupação é roubo e furto, 3ª no ranking apesar de estar fora de linha à 3 anos.
Condições do Teste:
Tempo de uso:
Mais de um ano
Tipo de Uso:
Meio de Transporte
Terreno Testado:
Urbano, Terra, Estrada
Quilometragem:
41413
Manutenção:
Fácil de encontrar
Custo de Mantenção:
Baixo
Satisfação Geral
Dirigibilidade
Visual
Consumo
Conforto
Custo X Benefício
Perfomance
Enviada em 25/02/2021
SIM
Esta análise foi útil para você?
mais opções

Outras motos Honda à venda

De R$ 14.700,00 a R$ 14.700,00 entre 15 ofertas
Honda CBX 250 Twister
R$ 14.700,00
Honda CBX 250 Twister
Honda CBX 250 Twister
R$ 15.000,00
Honda CBX 250 Twister
Honda CBX 250 Twister
R$ 8.200,00
Honda CBX 250 Twister
Honda CBX 250 Twister
R$ 15.000,00
Honda CBX 250 Twister
Honda CBX 250 Twister
R$ 9.500,00
Honda CBX 250 Twister

Guias de motos Honda

foto moto honda/cg-125 Honda CG 125
Honda CG 125
foto moto honda/cg-cargo-160 Honda CG Cargo 160
Honda CG Cargo 160
foto moto honda/biz-125i Honda Biz 125i
Honda Biz 125i
foto moto honda/cg-125 Honda CG 125
Honda CG 125
foto moto honda/nc-750 Honda NC 750
Honda NC 750

Notícias sobre motos da Honda

capa noticia Que sucesso! Veja os números da antiga Honda CBX 250 Twister
Que sucesso! Veja os números da antiga Honda CBX 250 Twister
Que sucesso! Veja os números da antiga Honda CBX 250 Twister
capa noticia Fotos e vídeos da Honda CBX 250 Twister
Fotos e vídeos da Honda CBX 250 Twister
Fotos e vídeos da Honda CBX 250 Twister
capa noticia Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
Granado, Mason, Crivilin e mais: time de competições Honda 2024
capa noticia Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul
Aguardada no Brasil, nova Honda 500 cc chega à América do Sul